Montfort

Espaço do Leitor

Perguntas & Respostas | Enviar dúvidas | Livro de Visitas | Assinar Boletim

Pergunta

* Bilocação

De: Pedro Henrique
Enviada em: Segunda-feira, 06 de outubro de 2003
Localidade: Vilhena, RO
Religião: CATÓLICO
Idade: 19
Escolaridade: 2.o grau incompleto

SHALON!!!

QUE A GRAÇA E A PAZ DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO TE ILUMINE E TE CUMULE DE BÊNÇÃO.

EM 1º LUGAR PARABÉNS PELO SITE.

GOSTARIA DE SABER COM MAIS DETALHE O QUE VEM A SER BILOCAÇÃO. SOUBE QUE PADRE PIO TEVE BILOCAÇÃO, E SOUBE TAMBÉM QUE EXISTE UMA PESSOA SE NÃO ME ENGANO NA EUROPA, QUE TEM BILOCAÇÃO, E QUE TAMBÉM HÁ UM PADRE AQUI NO BRASIL QUE TEM TAMBÉM.......GOSTARIA QUE ME EXPLICASSE O QUE VEM A SER PROPRIAMENTE DITO.

SE TIVER COMO GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE A VIDA MÍSTICA DE PADRE PIO.

OBRIDADO!

"DE SIÃO TE ABENÇÕE O SENHOR"
PEDRO HENRIQUE

Resposta

Prezado Pedro Henrique, salve Maria!

Muito obrigado por seu elogio a nosso site Montfort. Peço-lhe que reze a Deus, que nos mantenha fiéis a seu serviço.

A bilocação é um milagre que Deus permitiu a alguns santos para demonstrar o seu poder.

É bem atestado que ela se deu com Santo Antônio de Pádua e com São Francisco Xavier. Ignoro os casos que você se refere com Padre Pio e com outras pessoas, porque ainda não tive ocasião de ler uma biografia desse sacerdote, canonizado há bem pouco tempo.

No caso de São Francisco Xavier, aconteceu nas viagens dele pelo Oceano Pacífico.

Estando ele num navio, que arrastava um barco menor, sobreveio uma tempestade. Para evitar que o barco se chocasse com o navio, durante a tempestade, cortaram-se os cabos que uniam as duas embarcações, e o barco desapareceu, pois a tempestade durou três dias.

O navio procurou o barco no mar, mas nada encontrou, e nem a qualquer sobrevivente.

Chegando a uma ilha, lá estava o barco salvo e ancorado. Houve alegria entre as duas tripulações ao se reencontrarem, pois ambas julgavam a outra naufragada. Quando se perguntou aos homens do barco como haviam conseguido vencer a tempestade, eles afirmaram que contavam com um piloto extraordinário que era o Padre Francisco.

Os homens do navio se espantaram, dizendo que o padre Francisco estava, o tempo todo, no navio, com eles. Os outros juravam o oposto. Constatou-se, assim que São Francisco Xavier estivera em ambos os barcos, ao mesmo tempo, durante toda a tempestade. Assim é o poder de Deus que se preocupa em salvar os homens de qualquer mal.

Possa Deus nos salvar na tremenda crise que se abate em nossos tempos sobre a Igreja Católica, especialmente nestes momentos em que se dará o Conclave e uma eleição papal que se afigura próxima e bem tempestuosa.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

 


Home | Veritas | Cadernos Montfort | Documentos da Igreja
Destaques da Imprensa | OraçõesEspaço do leitor

© Associação Cultural Montfort
Dúvidas relacionadas aos artigos: preencha o formulário