Religião

A "Sacra Milícia” e o Sítio-do-Pica-Pau-Amarelo
Padre Marcelo Tenório

Caríssimos,

Salve Maria!

Soube, através de terceiros, que a chamada “Ordem da Sacra Milícia” ou simplesmente “Ordem de Santa Maria”, publicou em seu site a minha Expulsão alegando “violação explícita ao Artigo 62 § 2º, § 3º e § 4º do Estatuto da Ordem, bem como pela minha reiterada participação ” em atividades (inclusive com palestrante) do grupo autodenominado Montfort, que apesar de dizer-se ´católico´ é conhecido por seus ataques contra o Clero, principalmente contra o Episcopado Brasileiro.”

Vale salientar que a data da publicação desta ” Expulsão” é de 02 de fevereiro de 2017, o que trata-se de uma FALSIFICAÇÃO.

Na verdade fiquei muito feliz com essa NOTA, por dois motivos:

  1. . Fica claro que não faço parte desta dita “Ordem”. Que nada tenho com ela, o que muito me alegra, pois não compactuo com mentiras e enrolações.
  2. . Fica clara que a data da “Nota de Expulsão” foi Falsificada, como mostrarei abaixo.: a Falsificação parece ser o “comum das coisas” por lá.

O fim da nota é que é engraçado e possui até um Tom Solene como se fora emitida por uma grande autoridade. O dito ” príncipe” não assina a nota, mas a mesma é emitida em nome da ” Casa Principesca Trivulzio-Galli de Mesolcina. Vale perguntar: que Casa principesca é essa? Onde fica? Alguém tem foto? Financiada pela Caixa Econômica, ou esse nome imponente é igual ao “Palácio das Missangas”, da feira livre de Caruaru?..E nem estou levando em conta que,no Paraná, tem até sem teto com sobrenome “Galli”. Será que faz parte da ” Casa Principesca”?

A expulsão dá-se em caráter definitivo, atendendo às Bulas Fundacionais e ao Estatuto da Ordem. O referido perde também qualquer título ou privilégio outrora recebido da Casa Principesca de Trivulzio-Galli de Mesolcina.”

 

Essa nota, claro, mereceria uma secção de HUMOR, pois me lembra as brincadeiras de criança :

” Que que eu sou? Que que eu sou? Que é que eu sou?

Sou Rei!

Sou Rei!”

Vamos à verdade dos fatos. A nota acima tem a data FALSIFICADA, aliás falsificação parece ser, como já disse, o forte desta “Ordem-de-Araque”

Vejamos algumas das FALSIFICAÇÕES COMPROVADAS e que estavam no site deles:

FOTO FALSIFICADA:

Essa Foto acima seria do bisavô do “Príncipe”. Aliás o dito Príncipe nos mandou a foto do quadro (que contem essa foto) como se fosse prova de sua nobreza.

FOTO ORIGINAL:

 

Trata-se do Arquiduque Eugênio da Áustria, grão mestre dos Cavaleiros Teutônicos. Na falsificação acima também foi inserido, símbolos próprios da dita “Ordem de Santa Maria” Observem as botas de ambos, as mãos de ambos e as dobras do manto. Ou seja: uma falsificação mal feita.

” Podemos ver, pelos detalhes, que o
rosto e brasão foram adulterados. Note‐se, em primeiro
lugar, a posição dos pés e mãos, que é idêntica, e em
segundo a posição das dobras da capa, que também é
exatamente a mesma.
Foram alteradas, como mostram os detalhes, a insígnia no
centro da cruz e o rosto e chapéu da figura. Nesse mesmo
detalhe do rosto, podemos ver logo acima do lado direito
da cabeça, pequenas falhas brancas causadas pela
ineficiência no manejo de imagens do autor da falsificação.”

( Por um observador )

 

Encontre essa foto aqui.

Também o site da “Ordem” estampava FOTO , abaixo, do Dr. Plínio Correia fundador da TFP, como membro da Ordem.

FOTO ORIGINAL, abaixo

Trata-se de Eduard Gaston

Você também pode encontrar essa foto aqui.

Há mais falsificações, mas creio que já é suficiente. Basta apenas uma única mentira para desmoronar todo o resto.

Minha saída desta falsa Ordem aconteceu precisamente no dia 09 de março deste ano. Não somente eu sai, mas o bispo que apoiava e alguns outros padres.

No dia anterior, 08 de março, diante das desconfianças, tanto da autenticidade da Ordem, já que dita Dinástica – como da nobreza do auto proclamado príncipe, analisando o material que nos enviaram, comprovando a falsificação de fotos tidas como históricas ( da Ordem) , postadas no site da mesma, fizemos uma reunião com o bispo e os padres que apoiavam a dita Ordem. A reunião aconteceu via grupo de watsapp. O dito príncipe foi colocado ao grupo e foi pedido que ele comprovasse sua descendência de nobreza., sem a qual não existe Ordem Dinástica alguma. Como era de se esperar, ele assumiu o papel de vítima e saiu do grupo, sem comprovar nada com nada. Diante das evidências , deixamos imediatamente a Ordem, o bispo, alguns padres e eu.

Ora, nada mais fácil que comprovar sua genealogia. Facílimo. Basta um simples documento pessoal dos avós, bisavôs que são tão próximos. Nada foi apresentado e nem será , simplesmente porque a nobreza nem longe passou.

Então, “Alteza”, vai provar a nobreza verdadeira, tanto quanto essas fotos?… Ou prefere continuar nomeando Duques, Duquesas , Sabugos falantes e Condes de Rabicó?

“..Goiabada de marmelo..Sítio-do-Pica-Pau-Amarelo……”

O que mais me fez sorrir, foi essa parte da nota: ” O referido perde também qualquer título ou privilégio outrora recebido”

Que macaquice é essa? Que título?Que privilégio ?

Mesmo se isso tudo fosse verdadeiro, nunca estive e nem estarei preso a Título nem privilégios, quanto mais uma nobreza tupiniquim. Nobreza por nobreza, fico com a da Santa Igreja Católica e Romana..

Já quanto aos Títulos, teve gente que chegou a pagar cinco mil reais… por papel tão verdadeiro quanto nota de trezentos….

“Que Rei sou Eu?

Sou Rei!

Sou Rei!

Sou Rei!…”

 

 

Abaixo, meu Desligamento da falsa Ordem em 09 de março de 2017, bem como a nota de Desligamento do Bispo que antes apoiava:

DESLIGAMENTO DA SACRA MILÍCIA OU ORDEM DE SANTA MARIA

Portanto é Falsa a Data de minha ” Expulsão”. Aliás não se expulsa quem já saiu.

Mas,

” Cuidado com a Cuca, que a Cuca te pega.

Te pega dalí..Te pega de lá.”

Pe. Marcélo Tenorio

 

 


    Para citar este texto:
"A "Sacra Milícia” e o Sítio-do-Pica-Pau-Amarelo"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/religiao/milicia_sitio_pica_pau/
Online, 12/12/2017 às 11:56:16h