Religião

Maria, fonte de nossa confiança
Rafael Acácio

 Rafael Acácio

  [caption id="attachment_8560" align="aligncenter" width="300" caption="Não estou eu aqui, que sou tua Mãe?"][/caption] Nosso Senhor, conforme narrado no evangelho de São João (Jo, 19, 27), se dirige à sua Santíssima mãe dizendo “Mulher, eis aí o teu filho!” e, logo em seguida, voltando-se ao discípulo amado, complementa “Eis aí tua mãe”. Jesus Cristo, em sua bondade infinita, pouco antes de morrer, nos deixou uma mãe espiritual. Por isso, diz Santo Afonso de Ligório, não é por acaso que todos que possuem devoção a Santíssima Virgem Maria não conseguem chamá-la de outro modo senão de “mãe”. Essa preciosa Mãe que nos foi entregue no calvário, nos ama tanto que pediu a Deus a nossa salvação desde o momento em que ela consentiu que o Verbo Eterno se fizesse seu filho. Vendo a Santíssima Virgem o amor do Eterno Pai para com os homens, em querer seu filho morto pela nossa salvação, e o amor do Filho em querer morrer por nós, Maria, consentiu com toda Sua vontade, que seu filho morresse pela salvação da humanidade. Assim, quando Nosso Senhor disse a sua mãe “mulher, eis aí teu filho” pode ser interpretado, conforme ensina Santo Afonso, como se o Salvador dissesse: Mulher, eis aí o homem que em consequência da oferta que tu fazes de minha vida pela sua salvação, já nasce para a graça; eu te declaro sua mãe. Maria é, portanto, nossa mãe. É por meio dela que alcançamos as graças necessárias para nossa salvação. Foi no calvário, entre tantas dores, que a Mãe de Deu ofereceu seu Divino filho a nós. Foi no calvário que nossa Santa Mãe nos gerou para a vida na graça. Depois do amor de Deus, pode existir amor maior que o de Maria? Diz Santo Afonso que se o amor que todas as mães têm aos filhos, todos os esposos a suas esposas, e todos os santos e anjos a seus devotos, se unisse em um só amor, não chegaria a igualar o amor que Maria tem a uma só alma. Felizes são aqueles que são filhos de Maria! E, como filhos, depositamos total confiança nela. Devemos ter uma esperança convicta de que nossa boa Mãe vai nos dar tudo que é necessário para nossa salvação. Nossa Senhora é a estrela que devemos seguir para não afundarmos nas tempestades da vida. Confiando em nossa amabilíssima mãe evitamos o naufrágio e chegamos ao seu Divino filho, nosso salvador. Durante a vida, continuamente estamos expostos às tentações pecaminosas que o demônio põe em nossos caminhos para perder nossas almas. Por muitas vezes nos encontramos em situações de tristeza ou desânimo, além de muitos pecados, como a inveja e o orgulho. Se, diante de uma tentação, buscarmos sozinhos enfrentar o pecado que o demônio nos apresenta, certamente perderemos essa luta, mas, se acompanhados de Nossa Mãe, que nos toma pela mão nas situações difíceis da vida, venceremos. Na luta contra a tentação, nossa principal arma é a devoção na Rainha dos Céus. É preciso invocá-la sempre e confiar que ela cuidará de nós. Nesse sentido, diz São Bernardo, em um belíssimo sermão:   Quando te assaltarem os ventos das tentações, quando vires aparecer os escolhos da desgraça, olha para a estrela, invoca a Maria. Se és sacudido pelas ondas do orgulho, da ambição, da maledicência, da inveja, olha a estrela, invoca Maria. Se a cólera, a avareza, as seduções carnais vierem sacudir a leve barca de tua alma, levanta os teus olhos, olha para Maria. Se, perturbado pela lembrança atroz de teus crimes, envergonhado pela vista da imundice de tua consciência, aterrorizado pela ameaça do juízo de Deus, começas a submergir no remoinho da tristeza e no abismo do desespero, pensa em Maria. Nos perigos, nas angústias, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca a Maria...”.   A confiança em Nossa Senhora é nosso meio mais eficaz contra as tentações do mundo e contra as adversidades da vida. A Virgem Maria, ao aparecer para o jovem Juan Diego em Guadalupe, nos ensina, dentre outras coisas, que devemos ter absoluta confiança em sua proteção. Disse nossa doce Mãe:    “Escuta e entende bem, meu pequeno filho, que nada te assuste, que nada te aflija. Não deixes teu coração perturbado. Não temas esta ou qualquer outra enfermidade ou aflição. Não estou aqui, eu que sou tua Mãe? Não estás debaixo de minha proteção? Não sou a fonte de tua alegria? Não estás sob o manto, na cruz dos meus braços? O que mais podes querer? Que nenhuma outra coisa te perturbe ou aflija...”.   O que mais podemos querer, tendo Maria por Mãe? Estando junto a Nossa Senhora, não há motivo para tristeza, desespero, desânimo, ou qualquer outra inclinação negativa. Junto da Santíssima Virgem estamos amparados, pois estamos com nossa Mãe, que nos conduz ao Céu. Devemos, portanto, nos recomendar continuamente a Santíssima Virgem, para que ela nos tenha sempre sob sua proteção: “Sub tuum praesidium confugimos, sancta Dei Genitrix!” (Sob tua proteção nos refugiamos, ó santa Mãe de Deus). Também São Luis Maria Grignon de Montfort, em uma de suas canções, nos convida a cultivar a confiança em nossa Doce Mãe. Diz a canção de São Luis:

Je mets ma confiance,

Eu coloco minha confiança,

Vierge, en votre secours;

Virgem, no vosso socorro;

Servez-moi de défense,

Servi-me de defesa,

Prenez soin de mes jours;

Cuidai dos meus dias;

Et, quand ma dernière heure

E, quando minha última hora

Viendra fixer mon sort,

Vier determinar minha sorte,

Obtenez que je meure

Obtenha que eu morra

De la plus sainte mort.

Da mais santa morte.

Ah! Soyez-moi propice

Ah! Sejai-me propícia

Avant que de mourir,

Antes de morrer,

Apaisez sa justice,

Apaziguai sua justiça

Je crains de la subir;

Receio o sofrimeto;

Mère pleine de zele,

Mãe cheia de zelo,

Protégez votre enfant,

Protejei vossa criança

Je vous serai fidèle

Eu vos serei fiel

Jusqu´au dernier instant

Até o último momento

Voyez couler mes larmes,

Olhai correr minhas lágrimas,

Mère du bel Amour;

Mãe do belo Amor

Finissez mes alarmes

Ponde um fim aos meus medos

Dans ce mortel séjour:

Neste lance mortal

Venez romper ma chaine,

Vinde romper minhas cadeias

Pour m´approcher de vous,

Para me aproximar de vós

Aimable Souveraine,

Amável soberana,

Que mon sort serait doux!

Que minha sorte será doce!

Sainte Vierge Marie,

Santa Virgem Maria,

Asile dês pécheurs,

Asilos dos pecadores,

Prenez part, jê vous prie,

Tomai parte, eu vos suplico,

A mes justes frayeurs:

Aos meus reais temores:

Vous êtes mon refuge,

Vois sois meu refúgio,

Votre Fils est mon Roi,

Vosso Filho é meu Rei,

Mais Il sera mon juge,

Mas ele será meu juiz,

Intercédez pour moi.

Intercedeis por mim.

A dessein de vous plaire,

Desejando-vos agradar

O Reine de mon coeur!

Ó Rainha do meu coração

Je promets de rien faire

Eu prometo nada fazer

Qui blesse votre honneur:

Que fira vossa honra

Je veux que, par hommage,

Eu quero que, por homenagem,

Ceux qui me sont sujets,

Aqueles que me estão sujeitos

En tous lieux, à tous ages,

Em todos os lugares, de todas as idades

Prennent vos interêst.

Sirvam a vossos interesses

Vous êtes Vierge Mère,

Vós sois Virgem Mãe,

Après Dieu, mon support;

Depois de Deus meu apoio;

Je sais qu´il est mon Père,

Eu sei que ele é meu Pai,

Mais vous êtes mon fort:

Mas vós sois o meu forte:

Faites que dans la gloire,

Fazei que na glória,

Parmi lês bienheureux,

Entre os bea-aventurados,

Je chante La victoire

Eu cante a vitória

Du Monarque dês cieux.

Do Monarca dos céus

    Coloquemos, portanto, toda nossa esperança no doce coração de Maria!   Que ela cuide de todos nossos interesses, até o último momento de nossas vidas!   Que nossos atos, ainda que miseráveis, sejam entregues às mãos de Deus pela Virgem Maria, que é pura misericórdia.   Invoquemos sempre essa estrela de graça, para nos manter firmes na fé Católica, guiando-nos ao porto da Salvação!   Que a Virgem Maria, nossa Soberana Mãe, nos guie para a vida eterna, para que possamos, juntos, cantar a vitória do Monarca dos Céus!     Doce Coração de Maria, sede nossa salvação, Rafael Acácio.

    Para citar este texto:
"Maria, fonte de nossa confiança"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/religiao/maria-fonte-de-nossa-confianca/
Online, 14/12/2017 às 11:20:03h