Política e Sociedade

Valérioduto e Gasoduto
M. Garden

         Parece inacreditável, mas de novo o Presidente Lula não sabia. 
         Antes ele não soube como a cúpula do P.T. construiu um Valérioduto. Agora ele não sabia que Evo Morales queria ficar com o Gasoduto. Ninguém contou para ele, e só para ele não contaram. Os aliados do P.T. sabiam, os aliados de Morales, como Chaves até cooperaram. Mas Lula não sabia. Talvez dê muito trabalho saber. 
         Seus antigos amigos de partido, Delúbio, Genoíno, José Dirceu, fizeram tudo escondido. Evo Morales, seu novo colega da Bolívia, parece que apreendeu, e pegou a Petrobrás sem contar nada para Lula. Lula, ao que parece, gosta de surpresas. Veja-se, por exemplo, o que seu amigo Fidel mandava escondido em caixas de Uísque. Bonita surpresa, não? É claro que Lula não sabia. 
         Como os números não são o forte do Presidente, ele não sabia que o P.T. ficou, ao menos oficialmente, com uma dívida gigantesca. E agora também não soube que a Petrobrás ficava sem um ativo enorme.
         Mas o Presidente tem bom coração, pelo menos para os companheiros de ideologia marxista. (Para o resto, a lei basta.) Quem não se lembra do Lulinha Paz e Amor produzido pelo marketeiro Duda Mendonça, o qual, aliás, também bebeu do Valérioduto? Assim, o Presidente, não falou mal de nenhum de seus amigos do P.T., e também não quis radicalizar contra o seu amigo Morales. Correm boatos que houve queixas reservadas, mas certamente isto não passa de intriga da oposição. Compreender e perdoar os socialistas -- mas só os socialistas - faz parte da cartilha da Teologia da Libertação, pois para eles não há pecado.
         O Presidente foi compreensível com todos do P.T., perdoou a todos, não pediu a punição de ninguém. Afinal de contas eles só fizerem aquilo que todos os outros fazem, a culpa é da lei que obriga os partidos terem caixa 2. O Presidente ainda declarou que o P.T. devia desculpas a população, nunca ninguém do P.T. pediu desculpas e o Presidente parece que esqueceu de cobrar. Evo Morales também foi perdoado rapidamente. Este nem precisou pedir desculpas, pois a culpa da miséria da Bolívia é do Capitalismo Internacional, e do neo-liberalismo. Afinal de contas, na lógica petista, Evo Morales fez aquilo que todo mundo faz, imitou o P.T., pois pegou dinheiro dos outros para pagar suas dívidas.
         Lula também não soube que foi das verbas das estatais, e portanto, dos impostos pagos pela população, que o valérioduto se alimentou. E também não sabe que o aumento do preço do gás vai ser pago pelo contribuinte brasileiro, ainda que se faça de conta que será absorvido pela Petrobrás. Assim, Lula não sabe que a revolução comunista na Bolívia será paga pelo contribuinte brasileiro. 
         Para o Presidente que não sabia, tudo o que foi feito é justificado, tanto pelo P.T. como por Evo Morales, afinal de contas, os fins justificam os meios. 
         No caso do P.T. um pequeno desvio do dinheiro público (já se fala em um bilhão de reais), valeu a pena. O desvio foi compensado pelo propagandístico sucesso do governo Lula, pois o país progride como nunca, apesar de ter um crescimento na América Latina só maior que o Haiti; o Fome Zero deu resultado já que todos os famintos de três anos atrás morreram, de fome... e agora os que sobraram, já estão saciados. Lula já fala que o Brasil é uma ilha de prosperidade. Ele que não sabe de nada, será que ele sabe o que está falando? 
         No caso da Bolívia, sacrificamos a Petrobrás (um bilhão de dólares de investimento), mas também valeu a pena. Afinal, Morales tem sua atitude justificada, pois só pensa em resolver os problemas da pobre Bolívia, a custo do dinheiro e trabalho dos outros, que neste caso é o povo brasileiro, que paga uma das gasolinas mais caras do mundo. De qualquer forma, a boa intenção de Morales justifica tomar uma empresa com o Exército. Pena que a Bolívia não tenha mar, pois Morales poderia ter utilizado os fuzileiros navais! Acho que isto impressionaria até o Governo Americano...
         Assim, o Presidente que não sabe a política interna feita pelo seu partido, não sabe a política externa feita pelos seus aliados.
         Como atribuir um crime de responsabilidade a um homem que sabe tão pouco? 
         O que sabe então o Presidente? Ele certamente sabe onde e quando será a próxima inauguração.
         Mas, se é só isto que ele sabe, será que alguém não sabe por ele? Será que alguém não sabe que se o Presidente admite que Evo Morales pode nacionalizar a Petrobrás, então o governo brasileiro pode nacionalizar qualquer empresa multinacional? E se para tirar a Bolívia da miséria é permitido tomar os bens de uma empresa, porque o governo brasileiro, para baixar os juros, não pode nacionalizar e expropriar o que é dos bancos?
         Caso Lula tenha uma segunda chance -- que Deus não permita --, será que ele sabe o que ele irá fazer ou será que alguém já sabe por ele?

    Para citar este texto:
"Valérioduto e Gasoduto"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/politica/valerioduto_gasoduto/
Online, 26/06/2017 às 02:19:36h