O Papa

Sobre a visita do Papa Bento XVI à Fátima em maio do ano que vem
Orlando Fedeli

 
Ah! Ça ira? Ou ça n´ira pas?
Ah! Ça ira! Cette fois
Ça ira à Fatima!
 
 
BENTO XVI EM FÁTIMA A 13 DE MAIO DO ANO QUE VEM
 
 
     A notícia, que acaba de chegar:
 
     Papa visitará o Santuário de Fátima em Potugal no próximo mês de maio de 2010 (por John Thavis)
 
     CIDADE DO VATICANO (CNS) – O  Papa Bento XVI planeja visitar o santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, no próximo mês de maio, anunciaram os Bispos portugueses.

       O Papa presidirá as cerimônias do dia 13 de maio de 2010, data da primeira aparição da Virgem Maria a três pequenos pastores em 1917. Nenhum outro pormenor do programa papal foi imediatamente indicado, de acordo com a Rádio Vaticana.

      Essa é a segunda viagem do Papa ao exterior anunciada para  2010. O Papa Bento XVI viajará para Malta em abril e também é esperado que ele visite a Grã Bretanha, talvez no outono.

      "Estamos certos de que o povo português, independentemente de sua ideologia ou religião, dará boas vindas a pessoa do Papa que foi e permanece um profeta das causas fundamentais e urgentes  da paz e da liberdade, do diálogo, da justiça e da fraternidade,"  diz uma declaração assinada pelo Arcebispo Jorge da Costa Ortiga de Braga, presidente da Conferência dos Bispos Portugueses.
 
     Quando ainda era Cardeal, o Papa Bento XVI chefiou uma peregrinação internacional a Fátima, em 1996. O Papa João Paulo II visitou Portugal três vezes.
                                   
 
*****
 
     Uma surpresa bem inesperada.
 
     E por que o Papa irá a Fátima no ano que vem?
 
     Não se dão nem os motivos, nem os pormenores. O que aumenta o ponto de interrogação e a importância da notícia.
 
     A Rádio Vaticana não deu o motivo da viagem. Nem os Bispos portugueses anunciaram a razão dessa inesperada decisão. Porque, pelo texto dos Bispos portugueses, parece até que eles mesmos não esperavam, nem sabiam dessa visita.
 
     O Episcopado lusitano espera que o Papa seja bem recebido por todos, não importa de que ideologia (sic!) – evidentemente os de ideologia marxista – e de que religião sejam.
 
     E o Bispo de Braga, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, dá as razões, não da viagem do Papa, mas do porquê Bento XVI deve ser bem recebido por todos em Portugal.
 
     Primeiro porque ele é um… "profeta”.
  
     Profeta?
 
     Que surpresa!
 
     E por quê esse título, completamente inusitado de “profeta”, foi dado agora a Bento XVI?
 
     Teria sido esse um sinal, um lapsus linguae significativo e revelador - "sub consciente" - do que desconfiam ou temem os Bispos portugueses do que Bento XVI fará em Portugal?
 
     Fátima e profecia são palavras profunda e essencialmente ligadas. Pois que Fátima tem um segredo profético que João Paulo II e o Cardeal Ratzinger haviam decidido publicar, por inteiro, no ano 2000. Só não o conseguiram publicar, por causa das manobras “discretas” do Cardeal Sodano, então Secretário de Estado, que se opôs tenazmente à publicação completa do Terceiro Segredo de Fátima. O segredo que fala de um Papa que será morto a tiros e flechadas ao sair de uma cidade arruinada (Roma? A Igreja?) e subir uma montanha com a cruz no topo (Um calvário? Um altar de Missa antiga?).
 
     O Arcebispo de Braga nada diz disso tudo. Provavelmente ele nem quer saber de tudo isso. Segredos não são com ele. Não os quer saber e, muito possivelmente, não que se os saiba. Segredos são para não ser revelados. Embora todo segredo clame por ser conhecido.
 
     Quem não quer conhecer um segredo?
 
     Só os Bispos modernistas não querem saber do segredo de Fátima.
 
     Porque é claro que essa aparição de Nossa Senhora em Fátima não pode ter deixado de falar do maior acontecimento religioso do século XX.
 
     Teria Ela deixado de falar do Concílio de João XXIII e de Paulo VI? Parece óbvio que não.
 
     Mais: teria falado bem? Parece óbvio que não também.
 
     Pois, se no Terceiro Segredo de Fátima, Nossa Senhora tivesse falado bem do futuro Vaticano II e da Nova Missa, se no Terceiro Segredo Nossa Senhora tivesse anunciado frutos excelentes do Vaticano II e da Nova Missa, há muito isso teria deixado de ser segredo, e teria sido trombeteado a todos os ventos.
 
     Portanto, é bem de se desconfiar que Nossa Senhora tenha falado contra o Concílio que ia ser convocado e contra a Missa Nova que seria feita, abusivamente, em nome dele. É o que deixaram escapar os Cardeais Pacelli ( futuro Pio XII) na década de trinta, o Cardeal Oddi, o Cardeal Ciappi, e outros mais.
 
     Por isso tudo, o Arcebispo de Braga diz o que lhe parece e que é bem claro (para ele). Para ele.
 
     O Papa deve ser bem recebido em Portugal, porque ele é o “profeta das causas fundamentais e urgentes  da paz e da liberdade, do diálogo, da justiça e da fraternidade”.
 
     Onde será que já li isso?
 
     “Paz, liberdade, justiça, fraternidade..."
 
     É bem conhecido que, para certos Bispos, justiça é a igualdade. Toda desigualdade seria uma injustiça.
 
     Justiça para a nova Teologia é instaurar a igualdade entre os homens.
 
     Portanto, para o Arcebispo de Braga, Bento XVI seria o profeta da “Paz, Liberdade, Igualdade, Fraternidade”.
 
     Tudo com letras maiúsculas.
 
     Como manda a tradição... revolucionária.
 
     Ora, se há alguma coisa a que Bento XVI tem se mostrado avesso é a esse lema camuflado da... Revolução Francesa.
 
     E por que será, então, que Bento XVI decidiu voltar a Fátima?
 
     Ele que é tão vagaroso no decidir e marca sempre longos prazos... Por exemplo. No começo deste ano, os Cardeais Re, Hummes, Kasper, atingiram a idade da demissão (75 anos). São todos Cardeais opositores a Bento XVI. Ele poderia tê-los demitido e reformado a Curia. (Aliás, esqueci-me do Cardeal Bertone, Secretário de Estado). Poderia facilmente ter se livrado deles. Concedeu-lhes, no entanto, dois anos mais de sobrevida...
 
     Em inglês, se perguntaria: “Why?
 
     Em Minas”, província desconfiada, se comentaria:  “Uai...”
 
     O que comprova que Minas não é tão longe da Old Englnad.
 
     Bento XVI age sem pressa. Como se soubesse o tempo que tem, ele que tem 83 anos...
 
     E esse negócio de Paz, Liberdade, Igualdade, Fraternidade não me convence de jeito nenhum.
 
     Ça n’ira pas!
 
     Será que Bento XVI vai à Fátima para fazer o que o Cardeal Sodano não deixou que ele fizesse em 2000?
 
     Irá ele publicar - afinal!!!o Terceiro Segredo, inteiro, completo e terrível?
 
     Ça n’ira pas, dizem e garantem os revolucionários, contrariando o célebre refrão de 1789: Ah ça ira!
 
     Ou será que haverá alguma coisa nova e surpreendente por meio da qual Bento XVI amarrará a nave da Igreja na coluna de Nossa Senhora, como é contado no sonho-profecia de Dom Bosco?
        
     Porque, já que o Arcebispo de Braga alude a profecias, lembro que, com relação a Fátima, há duas: o Terceiro Segredo e a visão de Dom Bosco do Papa que traz o navio da Igreja de volta às duas colunas – a da Hóstia consagrada e a de Nossa Senhora - de onde ela nunca deveria ter saído.
 
     Quer seja publicado o Terceiro Segredo (se ele for afinal publicado!), quer seja feita a proclamação de um novo dogma mariano (Por exemplo, Nossa Senhora medianeira de todas as graças), isso seria o fim do ecumenismo e do, digamos, “espírito do Vaticano II”.
 
     Ora, sem espírito, não há vida espiritual, pois a letra sozinha é morta, e a letra mata.
 
     E por que Bento XVI decidiu agora — exatamente agora — ir a Fátima?
 
     A Rádio Vaticana não dá pormenores. Os Bispos portugueses não dão detalhes. E os fiéis desejam: Ah! ça ira!
 
     Enquanto os infiéis ficam tremendo, e garantindo:  Ça n’ira pas!.
 
     Ça n’ira pas?
 
     Qui vivra verra!
 
     Que tremam os modernistas!
 
     Tremam, porque um sinal apreceu no céu: uma Mulher vestida de sol.
 
     Que tremam, porque as portas do inferno não prevalecerão.
 
São Paulo, 01 de outubro de 2009.
                 Orlando Fedeli

    Para citar este texto:
"Sobre a visita do Papa Bento XVI à Fátima em maio do ano que vem"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/papa/papa-fatima-2010/
Online, 24/05/2017 às 08:36:47h