Igreja

A Criação do Instituto do Bom Pastor é uma Bomba!
Pellicanus (Le Forum Catholique)

(2006-09-17 18:37:11)

A criação do Instituto do Bom Pastor suscitou numerosas reações no Forum Catholique há uma semana já. Para esquematizar, o conjunto do Forum Catholique se regozijou então que a tendência da FSSPX exprimiu sua prudência, ou mesmo a sua desconfiança. Se se vê no Instituto do Bom Pastor alguma forma de reconciliação voltando atrás, tudo isso é o mais clássico possível.
 
Entretanto, me parece que a importância deste acontecimento não se situa nesse nível, mas no nível eclesial. Eis que cinco padres que, saindo da FSSPX, são, não apenas acolhidos pelo Papa sem condições nem retratações, mas mesmo impostos a um clero, sobretudo francês, no momento que, tanto progressistas quanto conservadores são muito freqüentemente hostis àquilo que "integristas" se orgulham de ser. Por meio de um gesto muito forte, Bento XVI, não contente de acolher, impõe.
 
Além da força muito particular deste gesto, interpreto assim seu significado: Pode-se doravante aprovar as sagrações de 1988 estando ao mesmo tempo em comunhão com o Santo Padre.
 
Pode-se doravante criticar Vaticano II (com um mínimo de inteligência) mesmo estando em comunhão com o Santo Padre.
 
É a mensagem, implícita, mas clara, que leio no gesto do Papa. Não sei como aquilo pode justificar-se do ponto de vista da teologia eclesiástica, mas o fato é esse.
 
É nesse sentido que a criação do Instituto do Bom Pastor é uma bomba, e um gesto bem mais audacioso que a liberação total da Missa. Se o Papa libera totalmente a Missa, ele não faz senão usar a autoridade que ele tem em matéria de disciplina litúrgica. Pela criação do Instituto do Bom Pastor, ele atropela de maneira um tanto que desconcertante uma "excomunhão" da qual não se sabe mais bem o que é dela.
 
A criação do Instituto do Bom Pastor é uma bomba, uma bomba que faz explodir unilateralmente o "muro de Berlin" que foi edificado há trinta anos já, entre «A Igreja conciliar » e a FSSPX. Resta agora que, ambos os lados, ousem caminhar sobre os detritos do muro para tornar apreender a se conhecer...
 
Que a FSSPX seja muito prudente e que vigie, antes de tudo, a manter sua unidade, é perfeitamente compreensível.
 
A experiência obriga...
 
Que a FSSPX mantenha o rumo em direção ao objetivo exigindo a liberação da Missa para toda a Igreja, é da mais alta importância para toda a Igreja. É por isso que, aliás, outras boas vontades associam-se à oração nesta intenção.
 
Mas, através da criação do Instituto do Bom Pastor, eu ouço o Vigário de Cristo me dizer: "Os senhores estão de acordo com as sagrações de 1988? Os senhores não querem ouvir falar do Novus Ordo? Os senhores não aceitam certos pontos do Concílio? Nós não os excluímos. Por pouco que os senhores o desejais, os senhores estão em comunhão conosco".
 
Bento XVI não podia ir mais longe neste ponto para agir a fim de restabelecer a confiança.
 
Que Deus complete em todos que ele começou...
 
Deo gratias dez mil vezes!

    Para citar este texto:
"A Criação do Instituto do Bom Pastor é uma Bomba!"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/igreja/ibp_bomba/
Online, 18/08/2017 às 20:49:13h