Crônicas

Carta aberta de agradecimento ao Prof. Sidney Silveira
Orlando Fedeli

 
Muito prezado Sidney, salve Maria.
 
     Estava na Europa, quando você publicou seu texto sobre a pusilanimidade e a coragem. Só hoje, dia 22 de abril, li seu texto generoso – e bem valente, destemido e desafiador – em que você cita e defende meu nome e o que faço em defesa da Fé Católica, pela qual quero viver e morrer.
 
     Quando eu estava sangrando no caminho, seu caridoso samaritano texto cuidou de meus ferimentos. Quando me escarravam em face, você me confortou. Quando muitos desejavam minha... execração, você se levantou em minha defesa.
 
     Se Deus recompensará quem der um copo d’água a um sedento, como esse mesmo Deus, Juiz misericordioso de todos nós, deixará de recompensá-lo por seu ato corajoso, colocando-se ao lado de quem está sendo apedrejado?
 
     E se a árvore boa se conhece pelos frutos que produz, seu artigo foi bem bom, porque logo produziu frutos plenos de caridade, como, em especial, o texto magnânimo de Teresa Moreno. E até de outros que têm restrições pessoais contra minha pessoa, mas manifestaram senso de justiça, reconhecendo o bem e as conversões que Deus obra por meio dos textos e aulas de um velho professor bem odiado e muito caluniado.
 
     A você e a todos os que se manifestaram, meu obrigado sincero do fundo de minha alma e diante de Deus. Possa Nosso Senhor perdoar-nos a todos nós, Ele que recomendou a seus discípulos: “Não alterqueis no caminho”.
 
     Lutemos todos em defesa da Fé, da Missa e do Papa Bento XVI, tão apedrejado hoje e tão só como Jesus no Horto, antes de ser crucificado.
 
    Muito obrigado especialmente a você, meu caro Sidney, que soube unir saber com justiça, gratidão com coragem. Que Nossa Senhora guarde a você e ao nosso amigo comum, de quem não esqueço.
 
    Aproveito a carta de agradecimento a você para declarar a minha gratidão a todos os que me compreenderam de algum modo, especialmente à Teresa por quem, por ser bem fiel a sua consciência, pode se valer Deus de um velho professor para aproximá-la do sol da Verdade, Cristo Nosso Senhor.
 
    Por discrição, não escrevo pessoalmente a cada um que se manifestou benevolamente. Mas por todos rezo a Deus que os recompense por seu ato de justiça.
 
    Estejamos unidos na defesa da Fé.
 
     In Corde Jesu, et gratus semper,
                   Orlando Fedeli

    Para citar este texto:
"Carta aberta de agradecimento ao Prof. Sidney Silveira"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/veritas/cronicas/agradecimento-elogio/
Online, 24/04/2017 às 23:46:42h