Mundo

Depois de 33 anos de extravio, cambojanos resgatam de um rio imagem da Virgem de Lourdes


 

ROMA, 28 Mai. 08 / 07:00 pm (ACI).- Oito pescadores no rio Mekong, Camboja, resgataram com suas redes uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes, de um metro e meio e 160 quilogramas, que tinha sido jogada em seu leito, sob o regime comunista. Habitantes da zona a rebatizaram como Nossa Senhora do Mekong.

Uma vez recuperada a imagem, explica o jornal L'Osservatore Romano, os pescadores, que desconheciam o valor da mesma, a venderam por "sete dólares americanos aos habitantes do povo vizinho, que pensavam utilizar o material para suas casas. Entretanto alguns cristãos no lugar, reconheceram que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes e explicaram aos aldeãos a importância do achado".

"Os habitantes, entendendo que o que tinham entre mãos era uma imagem sacra, cederam-na, em troca de sete sacos de arroz, à paróquia de Areaksat conhecida como Nossa Senhora da Paz", explica o jornal.

Finalmente a estátua foi restituída à comunidade cristã, em ocasião de uma solene procissão, e se realizaram algumas celebrações. Cada dia neste mês de maio consagrado à Virgem, os fiéis se estão reunindo na mencionada igreja para levar flores e oferendas à Mãe.

(destaques nossos)

 

 


    Para citar este texto:
"Depois de 33 anos de extravio, cambojanos resgatam de um rio imagem da Virgem de Lourdes"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/imprensa/mundo/20080528/
Online, 20/09/2017 às 18:54:00h