Igreja e Religião

Bispos eslovacos exortam fiéis a não apoiarem o registro da igreja mórmon

The Associated Press
BRATISLAVA, Eslováquia Bispos Católicos exortam os fiéis contra o registro de uma igreja mórmon na Eslováquia, afirmando que seria uma traição à Igreja Catóica .
 
No início do mês, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias convidou todos os eslovacos "que prezam a liberdade religiosa" a assinarem uma petição apoiando seu pedido de montar uma igreja. A lei eslovaca exige vinte mil assinaturas para que uma igreja seja registrada legalmente.
 
Os Bispos eslovacos emitiram uma declaração, contudo, afirmando que a doutrina da igreja mórmon é "incompatível com a doutrina da Igreja Católica".
 
"Convocamos todos os Católicos... a não assinarem essa petição e a não trairem a Igreja Católica", afirmou a declaração dos Bispos.
 
A igreja mórmon disse segunda-feira que não está buscando fazer proselitismo com fiéis da Igreja Católica.
 
"Nós respeitamos a decisão de todo cidadão, e a petição não visava de maneira nenhuma converter ninguém à nossa fé", afirmou o porta-voz dos mórmons Petr Valnicek. "A liberdade religiosa é só o que visávamos".
 
A Eslováquia, uma nação centro-européia de 5,4 milhões de habitantes, é predominantemente Católica.
 
Há somente cerca de 100 mórmons na Eslováquia, e aproximadamente 2.000 na vizinha República Checa.
 
A igreja mórmon, sediada no estado norte-americano de Utah, alega ter mais de 12 milhões de membros no mundo todo.
 
"A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias respeita as leis de cada nação. Buscando o reconhecimento da lei, o presidente da igreja [mórmon] Gordon B. Hinckley disse que nós 'entramos pela porta da frente', satisfazendo todas as exigências que os governos esperam de nós", afirmou Michael Otterson, um porta-voz dessa igreja em Salt Lake City.
 
"Nesse caso, a igreja [mórmon] tem apreciado trabalhar construtivamente com o ministério governamental responsável por essas questões na República Eslovaca. Essa nação, como membro recente da União Européia, vem enfatizando uma maior abertura, democracia e liberdade de religião, e a igreja [mórmon] é grata por participar de um processo que abençoará a vida de todo o seu povo."
 
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi fundada em 1830, por Joseph Smith. A igreja mórmon reconhece suas diferenças teológicas com a Igreja Católica. Entre as questões de discordância estão o uso que a igreja mórmon faz de escrituras extras, como o Livro de Mórmon, e diferentes interpretações da Trindade, afirmou Otterson.

    Para citar este texto:
"Bispos eslovacos exortam fiéis a não apoiarem o registro da igreja mórmon"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/imprensa/igreja/20060911/
Online, 29/03/2017 às 23:40:51h