Igreja e Religião

Cardeal Cipriani adverte que "o relativismo quer derrubar a fé"

Cardeal Cipriani adverte que "o relativismo quer derrubar a fé"

LIMA, 03 Mai. 05 (ACI) .- O Arcebispo de Lima, Cardeal Juan Luis Cipriani, advertiu que a ditadura do relativismo procura derrubar a fé e anular no homem a "necessidade de apoiar-se na verdade". Durante o programa de rádio Diálogo de Fé, o Cardeal assinalou que o Papa Bento XVI e os cardeais compartilham a preocupação pelo relativismo que é um dos problemas do mundo atual.

O Arcebispo assinalou que esta corrente é a que propõe uma "modernização" da Igreja, quer dizer, que renuncie aos princípios que sempre defendeu. Por isso, o Cardeal Cipriani, chamou os paroquianos a "ter as idéias muito claras" para não serem confundidos por quem promove esta ideologia.

Do mesmo modo, o Cardeal recordou que o relativismo nega a possibilidade de conhecer a verdade absoluta e alimenta a crença em que cada pessoa é possuidora de uma verdade própria.

"Isso tem um enorme problema e quer dizer, para os que defendem esta corrente, que Deus não veio à terra e que suas palavras: eu sou o caminho, a verdade e a vida não têm sentido", advertiu.

Em seu discurso breve, o Primaz da Igreja Católica no Peru assinalou que uma das conseqüências é a mal entendida tolerância, que sugere que "cada um faça o que quiser porque no fundo todos são bons".

O Cardeal advertiu que "o relativismo destroça a capacidade não só da religião, mas também do ser humano no que há uma necessidade de apoiar-se na verdade". Acrescentou que o homem precisa "acreditar nas coisas" e não vê-las "a partir de como qualquer um quiser porque assim lhe convém".

http://www.acidigital.com/noticia.php?id=3008


    Para citar este texto:
"Cardeal Cipriani adverte que "o relativismo quer derrubar a fé""
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/imprensa/igreja/20050504_relativismo_fe/
Online, 23/11/2017 às 18:20:46h