Catecismos

Catecismo de São Pio X
Papa São Pio X

 Introdução
 
 Persignar-se
  
Pelo sinal † da santa cruz, livrai-nos, Deus † Nosso Senhor, dos nossos † inimigos. Em nome do Pai †, e do Filho † e do Espírito Santo †. Amém. Per signun † crucis, de inimicis nostris libera-nos Deus † noster. In nonime Patris † et Fílio † et Spiritu Sancto . Amen
  


Credo

Creio em Deus Pai Todo-Poderoso,
criador do céu e da terra.
E em Jesus Cristo, seu único Filho
Nosso Senhor,
o qual foi concebido pelo poder do Espírito Santo,
nasceu de Maria Virgem,
padeceu sob Pôncio Pilatus,
foi crucificado, morto e sepultado,
desceu aos infernos,
ao terceiro dia ressurgiu dos mortos, subiu ao Céu, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso,
de onde há de vir a julgar os vivos e mortos.
Creio no Espírito Santo.
Na Santa Igreja Católica,
na comunhão dos santos,
na remissão dos pecados,
na ressurreição da carne,
na vida eterna.
Amém.
Credo in Deum Patrem omnipotentem,
Creatorem caeli et terrae.
Et in Iesum Christum, Filium eius unicum, Dominum nostrum,
qui conceptus est de Spiritu Sancto,
natus ex Maria Virgine,
passus sub Pontio Pilato,
crucifixus, mortuus, et sepultus,
descendit ad infernos,
tertia die resurrexit a mortuis,
ascendit ad caelos, sedet ad dexteram Dei Patris omnipotentis,
inde venturus est iudicare vivos et mortuos.
Credo in Spiritum Sanctum,
sanctam Ecclesiam catholicam,
sanctorum communionem,
remissionem peccatorum,
carnis resurrectionem,
vitam aeternam.
Amen.


Ave-Maria
 
Ave, Maria, Cheia de graça, o Senhor é con­vosco; bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. R/. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém. Ave, María, grátia plena: Dóminus tecum: benedícta tu in muliéribus, et benedictus fructus ventris tui Jesus. R/. Sancta María, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc et in hora mortis nos­trae. Amen


Salve Rainha
 

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!
A vós bradamos, os degredados filhos de Eva;
a vós suspiramos, gemendo e choran­do neste vale de lágrimas.
Eia, pois advoga-da nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei; e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ven­tre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
V/. Rogai por nós, santa Mãe de Deus, R/. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Salve, Regina, Mater misericordiae, vita, dulcédo et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, éxsules fiIii Evae. Ad te suspirámus geméntes et flentes in hac lacrimárum valle. Eia ergo, advocáta nostra, illos tuos miseri­córdes óculos ad nos convérte. Et Jesum benedíctum fructun Ventris tui, nobis, post hoc exsílium, osténde.
O clemens, o pia, o dulcis Virgo María! 
V/. Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix. 
R/. Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.
 


Glória

 
V/. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
R/. Assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.
V/. Glória Patri, et Fílio, et Spíritui Sancto. R/. Sicut erat in pricípio, et nunc, et semper, et in saécula saeculórum. Amen


Ato de Contrição

Meu Senhor Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, Criador, Pai e Redentor meu. Por ser vós quem sois e porque vos amo sobre todas as coisas, pesa-me de todo o meu coração de vos ter ofendido, proponho firmemente a emenda de minha vida para nunca mais pecar, apartar-me de todas ocasiões de ofender-vos, confessar-me e cumprir a penitência que me foi imposta. 
Vos ofereço, Senhor minha vida, obras, e trabalhos em satisfação de todos os meus pecados e assim como vos suplico,
assim confio em vossa bondade e misericórdia infinitas que mos perdoareis pelos méritos de vosso preciosíssimo sangue,paixão e morte e me dareis graça para emendar-me e perseverar em vosso santo serviço até o fim de minha vida. Amém.


Mandamentos da lei de Deus

Os mandamentos da lei de Deus são dez: os três primeiros pertencem à honra de Deus e os outros sete ao proveito do próximo.
  1. Amar a Deus sobre todas as coisas.
  2. Não tomar seu santo nome em vão.
  3. Guardar os domingos e festas.
  4. Honrar pai e mãe.
  5. Não matar.
  6. Não pecar contra a castidade.
  7. Não furtar.
  8. Não levantar falso testemunho.
  9. Não desejar a mulher do próximo.
  10. Não cobiçar as coisas alheias.
    Estes dez mandamentos se encerram em dois:
        
        Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.


Mandamentos da Igreja

Os mandamentos da Igreja são cinco:
  1. Ouvir Missa inteira nos domingos e festas de guarda.
  2. Confessar-se ao menos lima vez cada ano.
  3. Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição.
  4. Jejuar e abster-se de carne, quando manda a santa madre Igreja.
  5. Pagar dízimos, segundo o costume.

Sacramentos

Os sacramentos instituídos por Jesus Cristo são sete :
  1. Batismo.
  2. Confirmação.
  3. Eucaristia.
  4. Penitência ou Confissão.
  5. Extrema Unção.
  6. Ordem.
  7. Matrimônio.


    Lição Preliminar
    Da Doutrina Cristã e suas partes principais
     
    “Em seguida Barnabé foi para Tarso, à procura de Saulo. Encon­trou-o e o levou para Antioquia. Durante um ano estiveram juntos na­quela igreja e instruíram muita gente. Foi em Antioquia que, pela pri­meira vez, os discípulos foram chamados cristãos.”
    At 11, 25-26.



  1. Sois cristão?
    Sim, sou cristão pela graça de Deus.
     
  2. Por que dizeis pela graça de Deus?
    Digo: pela graça de Deus, porque o ser cristão é um dom de Deus, inteiramente gra­tuito, que nós não podemos merecer.
     
  3. E quem é verdadeiro cristão?
    Verdadeiro cristão é aquele que é batizado, crê e professa a doutrina cristã e obedece aos legítimos Pastores da Igreja.
     
  4. Que é a Doutrina Cristã?
    A Doutrina Cristã é a doutrina que Jesus Cristo Nosso Senhor nos ensinou, para nos mostrar o caminho da salvação.
     
  5. É necessário aprender a doutrina ensinada por Jesus Cristo?
    Certamente, é necessário aprender a doutrina ensinada por Jesus Cristo, e cometem falta grave aqueles que se descuidam de o fazer.
     
  6. Os pais e patrões estão obrigados a mandar ao catecismo os seus filhos e dependentes?
    Os pais e patrões são obrigados a procurar que seus filhos e dependentes aprendam a Doutrina Cristã; e são culpados diante de Deus, se desprezarem esta obrigação.
     
  7. De quem devemos nós receber e aprender a Dou trina Cristã?
    Devemos receber e aprender a Doutrina Cristã da Santa Igreja Católica.
     
  8. Como é que temos a certeza de que a Doutrina Cristã, que recebemos da Santa Igreja Católica, é verdadeira?
    Temos a certeza de que a Doutrina Cristã, que recebemos da Igreja Católica, é verda­deira, porque Jesus Cristo, autor divino desta doutrina, a confiou por meio aos seus A - póstolos à Igreja Católica, por Ele fundada e constituída Mestra infalível de todos os ho­mens, prometendo-Lhe a sua divina assistência até à consumação dos séculos.
     
  9. Há mais provas da verdade da Doutrina Cristã?
    A verdade da Doutrina Cristã é demonstrada ainda pela santidade eminente de tantos que a professaram e professam, pela heróica fortaleza dos mártires, pela sua rápida e ad­mi rável propagação no mundo, e pela sua plena conservação através de tantos sécu los de muitas e contínuas lutas.
     
  10. Quantas e quais são as partes principais e mais necessárias da Doutrina Cristã?
    As partes principais e mais necessárias da Doutrina Cristã são quatro: o Credo, o Padre-Nosso, os Mandamentos e os Sacramentos.
     
  11. Que nos ensina o Credo?
    O Credo ensina-nos os principais artigos da nossa santa Fé.
     
  12. Que nos ensina o Padre-Nosso?
    O Padre-Nosso ensina-nos tudo o que devemos esperar de Deus, e tudo o que Lhe devemos pedir.
     
  13. Que nos ensinam os Mandamentos?
    Os M andamentos ensinam-nos tudo o que devemos fazer para agradar a Deus; em resumo, amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao próximo como a nós mesmos, por amor de Deus.
     
  14. Que nos ensina a doutrina dos Sacramentos?
    A doutrina dos Sacramentos faz-nos conhecer a natureza e o bom uso desses mei­os que Jesus Cristo instituiu Para nos perdoar os pecados, comunicar-nos a sua graça, e infundir e aumentar em nós as virtudes da fé, da esperança e da caridade.




    Primeira Parte
    Do Símbolo dos Apóstolos, chamado vulgarmente o Credo
     
    “A fé é o fundamento do que se espera e a convicção das realida­des que não se vêem. Foi a fé que fez a glória dos antigos. Pela fé sabemos que o universo foi criado pela palavra de Deus, de sorte que do invisível teve origem o visível. Pela fé Abel ofereceu a Deus sacrifício melhor do que Caim e por ela foi declarado justo, tendo Deus aprovado as suas ofe­rendas, e é pela fé que depois de morto Abel continua a falar.”
    Epístola aos hebreus 4, 1-4

     
    CAPÍTULO I
    Do Credo em geral

  15. Qual é a primeira parte da Doutrina Cristã?
    A primeira parte da Doutrina Cristã é o Símbolo dos Apóstolos, chamado vulgarmente Credo.
     
  16. Por que chamamos ao Credo Símbolo dos Apóstolos?
    O Credo chama-se Símbolo dos Apóstolos, porque é um compêndio das verdades da Fé, ensinadas pelos Apóstolos.
     
  17. Quantos artigos tem o Credo?
    O Credo tem treze artigos.
     
  18. Dizei-os.
    1. Creio em Deus Padre, todo-poderoso, Criador do céu e da terra.
    2. E em Jesus Cristo, um só seu Filho, Nosso Senhor.
    3. O qual foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu de Maria Virgem.
    4. Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado.
    5. Desceu aos infernos, ao terceiro dia ressurgiu doi mortos.
    6. Subiu ao Céu, está sentado à direita de Deus Padre todo-poderoso.
    7. De onde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
    8. Creio no Espírito Santo.
    9. Na Santa Igreja Católica.
    10. Na comunhão dos Santos.
    11. Na remissão dos pecados.
    12. Na ressurreição da carne.
    13. Na vida eterna. Amém
       
  19. Que quer dizer a palavra Credo, eu creio que dizeis no começo do Símbolo?
    A palavra Credo, eu creio quer dizer: eu tenho por absolutamente verdadeiro tudo o que nestes treze artigos se contém; e o creio mais firmemente do que se o visse com os meus olhos, porque Deus, que não pode nem enganar-Se nem enganar-nos, revelou estas verdades à Santa Igreja Católica, e por meio dEla eis revela também a nós.
     
  20. Que contêm os artigos do Credo?
    Os artigos do Credo contêm tudo o que de mais importante devemos crer acerca de Deus, de Jesus Cristo e da Igreja, sua Esposa.
     
  21. É muito útil rezar freqüentemente o Credo?
    É utilíssimo rezar freqüentemente o Credo, para imprimirmos cada vez mais no coração as verdades da Fé.
 

CAPÍTULO II
Do primeiro artigo do Credo

Imediatamente Jesus obrigou os seus discípulos a subir para a barca e a passarem antes dele à outra margem do lago, en quanto ele d es-pedia as turbas, Despedidas as turbas, subiu só a um monte para orar. Quando chegou a noite, achava-se ali . Entretanto, a barca achava-se a muitos estádios da terra e era batida pelas ondas, porque o vento era con­trário. Porém, na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar. E (os discípulos), quando o viram andar sobre o mar, turba­ram-se dizendo : E um fantasma. E, com medo, começaram a gritar. Mas Jesus falou-lhes imediatamente, dizendo: Tende confiança; sou eu, não reinais.
                  Respondendo Pedro, disse: Senhor, se és tu, manda-me ir até on
­de estás por sobre as águas. Ele disse: Vem. Descendo Pedro da barca, ca­minhava sobre a água para ir a Jesus. Vendo, porém, que o vento era for-te, temeu, e, começando a submergir-se, gritou, dizendo: Senhor, sal­va-me! Imediata mente Jesus estendendo a mão, o tomou e lhe disse: Homem de pouca fé, porque duvidaste? Depois que subi ram para a barca, o vento cessou. Os que estavam na barca aproximaram-se dele e o adora­ram, dizendo: Verdadeiramente tu és o Filho de Deus. (
Mt 14, 22-33)



    Para citar este texto:
"Catecismo de São Pio X"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/documentos/catecismo/catecismo_s_pio_x/
Online, 27/04/2017 às 19:45:35h