Montfort Associação Cultural

16 de março de 2006

Download PDF

XI Encontro Nacional de Presbíteros – carta à Dom Murilo Krieger

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Pe Rodrigo Maria
  • Idade: 32
  • Localizaçao: Anápolis – GO – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Sacerdote Católico
  • Religião: Católica

Anápolis, 08 de Março de 2006 
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! 

Excelência Reverendíssima Dom Murilo Krieger S.C.J., Sou Pe Rodrigo Maria, da diocese de Anápolis-GO, tenho 5 anos de ministério. Fui ordenado por D. Manoel Pestana então bispo de Anápolis-GO, no Jubileu do ano 2000. 

Tomo a liberdade de falar com o senhor porque em nosso meio é grande a vossa fama de zelo, ortodoxia e de amor à Santa Igreja e ao Santo Padre. Dom Murilo, é verdadeiramente preocupante o que temos visto e ouvido nestes encontro de padres (regionais e nacionais). Em todos que participei (ao todo quatro) há sempre acessores (normalmente da CNBB ou, “intelectuais” a eles ligados) que se esforçam muito em colocar contradição entre a doutrina da Igreja e uma pretensa “Teologia Latino-americana”, para qual evocam independência em relação à Santa Sé. Busca-se uma “teologia nacional”, “inculturada”, “desatrelada” da Igreja Romana. Neste encontro em Itaicí, os acessores: Pe Virgílio e Pe Gabriele, e outros, fizeram este mencionado esforço. Opõem: zelo eucarístico e adoração à opção preferencial pelos pobres, sacerdote e presbítero, “vinde e vede” e “tomai e comei”, Igreja Católica Romana e Igreja Latino Americana, etc. Criticaram e ridicularizaram o lema do Congresso Eucarístico Nacional. Convidaram o presidente da associação dos padres casados para compor a mesa de honra (juntamente com sua esposa) o qual falou aos padres sobre as “opressões”, conquistas e esperanças. Em um determinado momento, ao ser apresentada a imagem do Papa Bento XVI, ouviu-se vaias por parte de uns aplausos por parte de outros…, embora depois no fim, para tentar consertar, o presidente da mesa pediu uma salva de palmas ao Papa Bento XVI… 

Dom Murilo, para onde está caminhando a Igreja no Brasil? 

Há um cisma informal, mas muito evidente, entre determinados setores da Igreja no Brasil e a Santa Sé. Será que o senhor e os bispos que são mais zelosos, não poderiam intervir nestas coisas e garantir uma acessória mais católica para os padres, será que não se pode envidar mais esforços para evitar que nos seminários se ensine essa teologia anti-católica e anti-romana? No Encontro de Presbíteros do Brasil, a fraternidade e a convivência foram muito boas no aspecto humano (como se poderia viver bem com qualquer outra pessoa), mas não há uma união dos corações em torno da sublime missão sacerdotal. O relativismo moral e dogmático, a falta de zelo eucarístico e a perda de autênticas referências são patentes… 

D. Murilo, nosso povo têm perdido a fé ou têm vivido uma fé e uma moral mal entendida por nossa culpa… o abandono da verdadeira Igreja de Cristo, a desestruturação da família e a perdição da juventude está intimamente ligada a falsificação ou omissão da verdadeira doutrina católica à cerca da pessoa, da doutrina e da Igreja de Jesus Cristo. É necessário fazer alguma coisa. Os católicos têm direito de ter acesso, através de seus padres e bispos, à sã doutrina e a uma liturgia digna. Excelência, o que puder fazer pela Igreja no Brasil por amor a Deus e a esse imenso rebanho, faça. Peço a vossa Benção paternal e recomendo-me as vossas orações. 

Pe Jean Rogers Rodrigo de Sousa (Pe. Rodrigo Maria)

Muito Reverendo e prezado Padre Rodrigo,
Salve Maria.

    Muito obrigado pelo envio desse documento, no qual V. Revma, com muita razão, pede que se faça algo contra o cisma – mais ou menos silencioso — que os Teólogos da Libertação da CNBB promovem no Brasil, e especialmente em meio ao clero.
    Rogo-lhe, Padre, que não se esqueça de nós em suas orações.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Jesus quer salvar todos os homens - Alinny Amorim

Cartas: Ódio às falsas religiões! - Orlando Fedeli

Cartas: Qual Concílio Vaticano II? - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais