Montfort Associação Cultural

23 de novembro de 2004

Download PDF

Voltaire

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Lucas
  • Idade: 18
  • Localizaçao: Salvador – BA – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Religião: Ateu

É impressionante como as idéias manifestadas nesse artigo se assemelham às idéias defendidas pelo IngSoc no livro “1984″ de George Orwell. Basicamente o que vocês dizem é que como a música suscita idéias e estados de espirito, ela deveria ser censurada para que ninguem tenha pensamentos que atentem contra o belo ou contra a verdade. Sendo que apenas vocês podem dizer o que é belo e o que é verdade.Será que vocês já ouviram falar de algo chamado: LIBERDADE? Liberdade de pensamento, liberdade de expressão? Já que vocês gostam de citações, aqui uma boa: “Posso não concordar com uma virgula do que você está dizendo, mas defendo até a morte o seu direito de dizê-lo” Voltaire

Prezado Lucas, salve Maria.

Acabava eu de responder uma carta sua sobre a Inquisição, carta na qual você demonstra seu despreparo completo, me caiu no visor outra missiva sua.

Agora você me fala de LIBERDADE. E me cita Voltaire!!

Voltaire de quem se disse que Sodoma e Gomorra se envergonhariam dele.

Dou-lhe uma pequena informação, meu caro estudante: você sabia que Voltaire, que você cita como defensor da LIBERDADE, era sócio de comerciantes que faziam o comércio negreiro. Voltaire, o seu campeão da LIBERDADE — coisa que certamente você nem sabe o que é — sócio do tráfico negreiro. Liberal, não?

In Corde Jesu, semper, e com toda a ciência,

Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Feminismo - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Dom Vital, a Questão Religiosa no Brasil e a Maçonaria - Octávio Monteiro

Cartas: Padre Fábio de Melo envergonha os católicos - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais