Montfort Associação Cultural

15 de março de 2006

Download PDF

Vocação dos apóstolos S. Pedro e Sto. André

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Luiz Henrique De Moraes Silva
  • Idade: 19
  • Localizaçao: Monte Santo de Minas – MG – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

Caríssimos irmãos da Montfort,

Que a paz de N. Senhor Jesus Cristo esteja com vocês!

Venho, por meio desta, expor-lhes algumas dúvidas pequenas sobre a Sagrada Escritura:

1ª) Em Mc 1,16-18 lê-se:

“16. Passando ao longo do mar da Galiléia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores.
17. Jesus disse-lhes: Vinde após mim; eu vos farei pescadores de homens.
18. Eles, no mesmo instante, deixaram as redes e seguiram-no.”

Já Jo 1,40-42 conta que foi de outra forma que ocorreu o chamado de André e Simão Pedro:

“40. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido João e que o tinham seguido.
41. Foi ele então logo à procura de seu irmão e disse-lhe: Achamos o Messias (que quer dizer o Cristo).
42. Levou-o a Jesus, e Jesus, fixando nele o olhar, disse: Tu és Simão, filho de João; serás chamado Cefas (que quer dizer pedra).”

Afinal de contas, Jesus chamou os dois enquanto pescavam ou André seguiu Jesus e depois levou Simão até Ele?

2ª)Por que, na Bíblia, Jesus é chamado de “Filho do Homem” se Deus não é homem?

Caso já tenham respondido essas perguntas, peço que me indiquem apenas o link para que eu possa sanar minhas dúvidas.

Agradeço a atenção de vocês e felicito-vos pelo trabalho que vocês prestam à Fé católica e à sociedade de um modo geral!

Admiro muito a garra e a humildade com que vocês escancaram a Verdade, sem vergonha ou medo de represálias. Desde que me tornei leitor, vocês têm me ajudado a vencer ignorâncias e preconceitos em diversas matérias e têm me ajudado a esclarecer outras mentes também. Cada leitor assíduo do site Montfort torna-se, naturalmente, um apologeta e um agente a serviço da verdade. Portanto, é um serviço importantíssimo que vocês prestam especialmente aos jovens, tão enganados e iludidos pela “lógica” marxista que se aprende nas escolas e se absorve pelos meios de comunicação. Admiro, de forma especial, o Prof. Orlando Fedeli e espero, um dia, conhecê-lo pessoalmente.

Rezo para que o Espírito lhes dê sabedoria e ânimo para que continuem brilhando como “luzeiros no mundo” e ajudando outros a brilhar.

Que Nossa Mãe Santíssima sempre interceda em favor da Associação Cultural Montfort e que o Espírito de Cristo jamais os abandone!

Abraços fraternos,

Luiz Henrique

Muito prezado  Luis Henrique,
Salve Maria.

     Muito obrigado por suas palavras. Tomara que seja bem como você diz: que cada leitor do site se torne, pela graça de Deus, um combativo defensor da religião Católica. E esses leitores já são muito mais de centena de milhar, por mês. Por isso, lhe rogo que não se esqueça de nós em suas orações.
     Respondendo à sua pergunta, digo-lhe que, na Catena Àurea, São Tomás explica que Santo André e São Pedro haviam sido discípulos de São João Batista, e que começaram a seguir a Nosso Senhor pois São João Batista o apontara como Messias. Porém, ao que parece, quando São João Batista foi preso por ordem de Herodes, eles voltaram a trabalhar como pescadores, e Nosso Senhor insistiu em chamá-los uma segunda vez (CFr. São Tomás, Catena Áurea, Comentário do Evangelho de Sâo Marcos, I, 16-20).
     Nosso Senhor é chamado Filho de Deus, por ser o Verbo eternamente gerado pelo pai. (Das Processões Divinas). Mas como Nosso senhor foi também homem, pois o Verbo de Deus se fez carne no seio da Santíssima Virgem, enquanto homem, Ele é chamado filho do Homem, isto é, descendente de Adão, ou filho de Davi, pois descendia enquanto homem de Davi, por meio de Maria santíssima que era da família de Davi.
     Esperando tê-lo atendido, me despeço,

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Judeus e o Messias - Orlando Fedeli

Cartas: O inferno existe mesmo? - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: O amor infinito do Espírito Santo não nos abandona

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais