Montfort Associação Cultural

14 de outubro de 2005

Download PDF

Um leigo pode fazer sermão na Missa?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: José
  • Idade: 61
  • Localizaçao: São José do Alegre – MG – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Professor (aposentado)
  • Religião: Católica

UMA PESSOA COMO EU, FORMADA EM LETRAS-PORTUGUÊS, HÁ TRINTA E CINCO ANOS,SEMINARISTA DURANTE 12 ANOS ENTRE OS MSC, HOJ E APOSENTADO E E FORMADO EM TEOLOGIA (3 ANOS) POR CORRESPONDÊNCIA, SOB ORIENTAÇÃO DO FREI PE. ESTêVÃO BETTENCOURT, DA ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO, TENDO CURSADO EM MINHA DIOCESE VÁRIOS CURSOS DE TEOLOGIA, POSSO FAZER A HOMILIA DOMICAL???
MEU ADMINISTRADOR PAROQUIAL ME AGRADECEU MUITO NO 23º DOMINGO COMUM ANO A., DA SEMANA PASSADA. O MEU PÁROCO AGIU CORRETAMENTE EM ME DAR ESTE PRIVILÉGIO???

MUITO OBRIGADO PELA RESPOSTA ABALIZADA. PAX IN CHRISTI.

Muito prezado Professor José Carlos,
salve Maria !
 
    Agradeço-lhe sua confiança, meu caro Professor, mas a sua pergunta me surpreende.
    De um lado o senhor se apresenta como Professor de Português, ex seminarista, e que fez curso de Teologia (por correspondência), orientado por Dom Estevão Bettencourt.
    De outro lado, o senhor, apesar de toda essa formação, me pergunta o óbvio: se leigo pode fazer sermão na Missa.
    Claro que não.
    O que lhe permitiram foi um absurdo.
    Evidentemente, nenhum leigo, por mais culto que seja, pode fazer o sermão dominical. Essa é função reservada ao clero, própria ao sacerdote.
    Ao clero cabe administrar os sacramentos, ensinar os fiéis, inclusive pregando a homília, e governar a Igreja. Os leigos não podem fazer nada disso. Só em caso de morte iminente um leigo pode administrar o Batismo. O sermão é o modo comum do padre exercer sua função magisterial na paróquia.
    Só depóis da confusão trazida pelo Vaticano II se poderia ter essa dúvida: se um leigo pode fazer o sermão..
    A pergunta que você me faz é resultante da protestantização que penetrou na Igreja após a Missa Nova e após o Concílio Vaticano II. É nas igrejolas protestantes que os leigos pregam. Na Igreja Católica, não.
    Portanto, recuse esse privilégio indébito e contrário à doutrina católica.
    Um forte abraço.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Dies Unus: considerações sobre um dia da Criação - Fábio Vanini

Oração e Vida Espiritual: Quinto Domingo após a Páscoa

Cartas: Razão e instinto

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais