Montfort Associação Cultural

11 de dezembro de 2006

Download PDF

Um absurdo: quem é Felipe de Aquino para ser contra o que disse o Papa?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Felipe Aquino
  • Idade: 55
  • Localizaçao: Lorena – SP – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Apresentador da Tv Canção Nova
  • Religião: Católica

Assunto: um absurdo!

Quem é Orlando Fedeli para criticar até o Papa?
Lamentável!
Prof. Felipe Aquino
Site:
www.cleofas.com.br
Tel 0xx12 3152 6566

     Fundamentados no que escreveu o Cardeal Ratzinger e o que ensinou Bento XVI fizemos algumas críticas ao que disse e fez Bento XVI na sua recente visita à Turquia. Citamos os textos em que nos fundamentamos.

    O Cardeal Ratzinger escreveu que todo fiel tem direito de criticar afirmações de Papa, em discursos que não envolvem a infalibilidade, quando nesses discursos o Papa não diz algo perfeitamente.
   
Doutra parte, é possível e até necessário criticar os pronunciamentos do Papa, se não estiverem suficientemente baseados na Escritura e no Credo, ou seja, na fé da Igreja universal. Onde não houver, nem a unanimidade da Igreja universal, nem o claro testemunho das fontes, não pode também haver uma definição que obrigue a crer. Faltando as condições, poder-se-á também suspeitar da legitimidade [de um pronunciamento papal].” (Joseph Ratzinger, Das Neue Volk Gottes – Enwürfe zur Ekkleseologie, Düsseldorf: Patmos-Verlag, 1969, trad. br. por Clemente Raphael Mahl: O Novo Povo de Deus, São Paulo: Paulinas, 1974, p. 140. destaques nossos).
 
    E ainda recentemente, ao anunciar a publicação de um livro seu sobre Jesus Cristo, o Papa Bento XVI, sabia e humildemente, ponderou:

Creio que não é necessário dizer expressamente que este livro não é em absoluto um ato magisterial, mas a expressão de minha busca pessoal do «rosto do Senhor» (salmo 27, 8). Portanto, cada um tem liberdade para contradizer-me. Só peço às leitoras e aos leitores uma antecipação de simpatia, sem a qual não existe compreensão possível“. (Bento XVI, Prefácio ao livro Jesus de Nazaré, a ser editado em fevereiro de 2007, apud Zenit.org 23 de Novembro de 2006).

     Contra o que disse Ratzinger e o que ensinou Bento XVI, o Professor Felipe de Aquino — aquele que defende que se tenha mais do que uma língua — me escreveu o seguinte:
 
De “Felipe Aquino” <felipeaquinoc@…>
Assunto: um absurdo!

Quem é Orlando Fedeli para criticar até o Papa?
Lamentável!
Prof. Felipe Aquino
Site:
www.cleofas.com.br

 
    Portanto, o Professor Felipe de Aquino, contradizendo o Cardeal Ratzinger e o Papa Bento XVI nega que é possível e até necessário criticar os pronunciamentos do Papa, se não estiverem suficientemente baseados na Escritura e no Credo, ou seja, na fé da Igreja universal”.
    Nega o que observou Bento XVI ao escrever: 

Creio que não é necessário dizer expressamente que este livro não é em absoluto um ato magisterial, mas a expressão de minha busca pessoal do «rosto do Senhor» (salmo 27, 8). Portanto, cada um tem liberdade para contradizer-me”.

 
    Justo Felipe de Aquino que defende as heresias dos livrecos do Padre Jonas Abib e os absurdos da RCC vem se meter a guardião da fidelidade ao Papa.
    O Professor Felipe de Aquino deveria estudar mais o que a doutrina católica ensina sobre o dogma da infalibilidade e não criticar  quem faz críticas fundamentadas e respitosas.
    De tanto seguir quem diz palavras sem nexo,– o blá-blá-blá carismático — Felipe de Aquino acabou por não entender o nexo das palavras.
    De tanto acreditar em palavras sem sentido, Felipe de Aquino acabou por não compreender o sentido das palavras.
    Ou será que ele entendeu o que escrevi e se faz de desentendido?
    E esse fazer-se de desentendido, provém da ignorância doutrinária ou do ódio de sectário?
    São contradições de um cego que pretende guiar cegos.

In Corde Jeus, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Papa Adriano VI - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Frei Cantalamessa: Crimes atrozes sem solução

Artigos Montfort: Quo Vadis, Domine? - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais