Montfort Associação Cultural

20 de janeiro de 2010

Download PDF

TV Aparecida, a TV da teologia da libertação

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Alexsandro
  • Localizaçao: Londrina – PR – Brasil
  • Escolaridade: Superior incompleto
  • Profissão: Supervisor de Construção
  • Religião: Católica

Ao amigo e professor Orlando Fedeli

Eu assisti em um programeco da Tv aparecida onde um herege dizia que as criticas contra a teologia da libertacão eram pré-conceituosas e que as pessoas deviam conhecer melhor a obra de Marx.

Esse mesmo herege ainda disse que Tomás de Aquino se baseou em Aritótoles ( pagão), que Santo agostinho se paseou em platão ( pagão) e que portanto nós poderíamos nos basear em Marx para fazer uma teologia.

Esse herege elogiou alguns heresiarcas da TL como por exemplo o tal padre Libânio e terminou dizendo que a teologia da libertação era a versão Brasileira da teologia católica e que a teologia tomista era um ” eco ” que vinha da europa.

O senhor acha possivel comparar a obra de marx as obras de Tomás de Aquino e Santo agostinho?

Existe alguma lógia nesta comparação ? ( Tomas de aquino se baseou em aristótoles, Santo agostinho em platão e portanto os teologos da libertção em marx.)

muito obrigado mais uma vez professor.
fique com Deus

Alex Agostini.

Muito prezado Alexsandro,
Salve Maria.

     É incrível como muitos Bispos brasileiros trabalham para fazer o mal.

     Permitir que na Rádio Aperecida se digam essas tolices e mentiras é uma traição à Fé. Aristóteles e Platão eram pagãos, mas, apesar disso, descobriram grandes verdades metafísicas. Aristóteles provou que Deus existe. Platão descobriu a causa formal. Foram as verdades metafísicas descobertas por esses filósofos que foram aproveitads por São Tomás e por Santo Agostinho.

     Marx negou que exista a verdade e negou a existência de Deus. Marx negou toda a Metafísica. Os teólogos da libertação defendem o ateísmo. Frei Boff escreveu que era preciso “nós nos livrarmos “daquele velho barbudo lá em cima” que quer nos impor mandamentos” (Frei Leonardo Boff, “Pelos Pobres, contra a Pobreza”, Conferência feita em Teófilo Ottoni, p. 54). 

     Defender a Teologia da Libertação, condenada pela Igreja, é defender o comunismo.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Missa Nova e a hermenêutica da ruptura - Eder Silva

Cartas: Ignorância atual sobre o passado - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Um santo fora da lei - André Melo

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais