Montfort Associação Cultural

4 de janeiro de 2005

Download PDF

Traição de Judas

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Anselmo
  • Localizaçao: Formiga – MG – Brasil

Senhor Orlando Fedeli, homem de bem! Salve Maria!

Gostaria de lhe fazer uma pergunta sobre uma carta que lí a respeito da traição de Judas recentemente publicada a pedido de um jovem.

Apenas pergunto, a título de esclarecimento: Se jUdas não tivesse traído Jesus, o Mestre não teria sido entregue,não teria morrido e consequentemente não se realizaria o plano da salvação.Como fica isso?

Será que Deus, na sua inifinita sapiência, já teria oportunamente planejado algo para que Jesus fosse para cruz? Afinal no horto ele assumiu o cálice de dor, e a sua missão já estava setenciada pelo próprio Pai.

Desculpe a minha ignorância, mas gostaria de sua preciosa e tão conhecida unção para ajudar-me.

Regina Coeli, leatare , aleluia!

Muito prezado Anselmo, salve Maria!

Nosso Senhor Jesus Cristo, sendo Deus, tinha mérito infinito em qualquer de suas ações. Portanto, um simples pulsar de seu Coração já tinha mérito infinito, e era capaz de redimir todos os pecados do mundo. Ele quis morrer por nós para que compreendêssemos como Ele nos ama. Vendo a imensidão de seu sacrifício, compreendemos melhor a sua misericórdia e amor infinitos.

A Providência divina guiou os fatos sem anular a liberdade humana.

Judas traiu livremente a Cristo. E Nosso Senhor tentou salvá-lo até o fim. Repare que quando da traição, Cristo chamou Judas de “amigo”, procurando atraí-lo.

Escreva-me sempre, que quero ser seu amigo.

Esperando tê-lo ajudado, me subscrevo atenciosamente.

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Oração e Vida Espiritual: Quinto Domingo depois de Pentecostes

Cartas: Beatificação de Anna Katherine Emmerich - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Desigualdade & igualdade: considerações sobre um mito - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais