Montfort Associação Cultural

9 de março de 2006

Download PDF

Testemunho sincero e corajoso sobre a RCC

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Rodrigo Eduardo
  • Idade: 23
  • Localizaçao: Londrina – PR – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Profissão: Aux Administrativo
  • Religião: Católica

Caro Professor Orlando, mais uma vez lhe escrevo desejando saúde!!

Parabéns por seu fantástico trabalho e sua inteligencia!

Por vários anos fui membro da RCC, por alguns motivos que não vem ao caso a deixei, e continuo trabalhando fielmente à Igreja na Liturgia e Catequese entre outros.

Tenho estudado, rezado e pensado muito sobre o tempo que servi nesse movimento, o de positivo e negativo, porém quero pensar sem sentimentalismo e sem rancor…quero analisar com a razão.

Recentemente dando uma olhada na biblioteca da minha paróquia caiu em minha mãos um livro do qual eu ainda não havia ouvido falar “O Fim de Semana de Duquesne”…fala sobre a origem da RCC. A escritora fala da origem da RCC da qual ela, alguns teologos leigos e estudante da tal universidade em Pittsburg-Pensilvania-EUA, desejaram após ler o livro de um escritor protestante (ex-católico) A Cruz e o Punhal,que também queriam ter a experiencia que os protestantes pentecostais tinham com o Espirito.

Engraçado como pessoas que pertenciam a verdadeira Igreja fundada sobre Pedro, pudessem deixar de lado toda doutrina Santa toda Tradição da verdadeira Igreja, para se aconselharem e pedirem para ser batizados pelas mãos daqueles q tanto odeiam a Madre Igreja. Em seus relatos a escritora descreve uma serie de visitas à casa de senhoras e senhores protestantes, estudam a palavra, estudam o referido livro…pedem dicas de como orar em linguas, de como profetizar, e como se abrir ao Espírito e por fim imploram para ser batizados no Espírito. É lastimável!

Em uma festa de aniversario de um padre, é descrito q enqto oravam o Espirito Santo agia da seguinte forma: Um jovem deu um enorme grito e disse que esperimentava naquele momento uma presença tão grade de Jesus como jamais experiementara…outra pessou começou a rir incontrolavelmente, outra começou a chorar e contorcer-se no chão. Muito estranho.

Engraçado é que em minha Paróquia várias pessoas que aantes se diziam católicas abandondonaram a igreja para entrar em algum segmento protestante, e foram apoiadas e até aplaudidas por amigos da renovação carismatica…Tudo isso pq? Pq ao invés que estudaram a doutrina da igreja com a razão e com fé, e se submeteram ao Papa, querem antes satisfazer seu caprichos e desejos, quer supostamente orando em linguas ou repousando ou sei lá oquê!

Tudo isso pq? Com q finalidade? Meu ojetivo não é meter o pau na RCC, tenho varios amigos lá, e sim dizer que ao invés de fazer todo aquele discurso bonito e falso sobre a origem da RCC, digam que ela tem origem protestante, falem sob orientação de quem ela começou a aconter…se questionem sobre seus lideres…sobre oque está oculto. Tem muita gente boa lá dentro que acaba sendo iludida e até manipulada pelo enfase e poder das palavras…Pessoas que se convertem momentaneamente pela emoção, e depois de alguns anos se sentem vazias pois a emoção e a novidade acabaram! Como aconteceu comigo… Ou então entram para alguma coordenação de movimento e acabam caindo no farisaismo, não se questionam mais, não se abre a discussões sensatas, enfim se acham os separados e se alguem diz o contrario do que pensam está possuido por um tipo de Demônio.

Repito que não odeio a RCC talvés em algum canto do mundo ela seja realmente boa, porém a que eu conheci em vários grupos, varias paróquias e atualmente em minha paróquia não tem nada de boa…algumas pessoas são sim de tirar o chapéu, mas a fé que professam, escorre ou um dia escorrerá como areia atraves do dedos.

Hj sou mais feliz…vejo que a Igreja, com Pedro em Roma, me conduz a Cristo, estou mais maduro na fé pois me abri sob orientação da verdadeira Igreja ao conhecimento, e o legal é que mesmo saindo da RCC, que colocou em meus ombros fardos que eu não podia carregar, mantive meus verdadeiros amigo, e o respeito devido ao meu testemunho e trabalho nas pastorais, de todos! Qdo alguem pede algum opnião a respeito da renovação, não exagero em nada, digo apenas a verdade!

Peço perdão se ofendi alguns amigos da RCC, mas como diz o Santo Apósto: “É necessário obedecer antes a Deus que aos homens!”

Um abraço!

P.S > Algguns protestante  “admiram”, a RCC pq se parece muito com eles, não se iludam…pelas costas, não os seguidores humildes, mas os cabeças do protestantismo apunhalam!

Muito prezado Rodrigo Eduardo,
salve Maria !
 
    Mais ainda que agradecer suas palavras generosas e mesmo exageradas com relação à minha pessoa, a leitura de sua carta me leva a cumprimentá-lo pela coragem de seu testemunho sobre a RCC.
 
    Tudo em seu testemunho revela sinceridade, análise correta e equilibrada da realidade da RCC, mas, acima de tudo, revela uma coragem que só pode nascer de uma honestidade de visão que afirma a verdade sem se preocupar com o que se venha a dizer de sua pessoa.
 
     Que Nossa Senhora abençoe seu testemunho, que certamente ajudará a abrir os olhos de muitos que estão sendo enganados pela RCC.
 
    E que Deus o mantenha sempre nessa retidão de alma que sua carta revela, é o que lhe deseja
 
in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: RCC e CNBB - Orlando Fedeli

Cartas: Obrigada por mostrar os erros da RCC - Orlando Fedeli

Cartas: Sopro de Vida na Igreja - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais