Montfort Associação Cultural

6 de outubro de 2010

Download PDF

Sobre o casamento interracial

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Rodrigo Silva Barros
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Religião: Protestante

Prezado Sr. Fedeli,

É com muito prazer que lhe escrevo novamente, pois, embora estejamos em oposição quanto à nossa fé, eu não posso deixar de admirar a tenacidade e a erudição com que o senhor defende a Igreja Católica Romana. De modo que leio os seus artigos de muito bom grado e com boa vontade, mesmo os mais picantes contra a minha fé. Transmito o mesmo elogio aos seus alunos e mantenedores da Associação. Decerto a vossa atitude é um exemplo de como eu devo exercer Apologética.

Gostaria de que me comentasse sobre a posição histórica de Roma na questão específica do casamento interracial (ou miscigenação), bem como descrevesse em poucas palavras a atitude da Igreja na História frente à proibição legal deste tipo de casamento em alguns países. Peço também que me indique bibliografias.

Essa questão me surgiu devido ao renascimento de partidos políticos nacionalistas na Europa que diferem do racismo darwinista ao admitirem que a raça nativa que representam não é superior às demais. Mas, como já fez ao menos uma parte da Cristandade até recentemente (cerca de 40 anos), defendem que a miscigenação pelo casamento é pecado. Pois, embora todas as tribos e raças sejam igualmente do Senhor, e iguais em dignidade, elas devem copular apenas entre si para que mantenham a diversidade criada por Deus. É o que alegam.

Um abraço e desejo que a Igreja de Roma expulse os traídores de seu meio, até porque o mundo é mais seguro quando ela é mais forte.

Pelo menos desejo isso até que nós protestantes e calvinistas não façamos Roma proclamar as “Institutas” (risos).

Um forte abraço.

Data: 5 Set 2008

Muito prezado  Renato,
Salve Maria.

     Muito lhe agradeço suas palavras de elogio a nosos trabalho no site Montfort em defesa da Fe católica. Suas palavras tem valor dobrado pelo fato de que, sendo o senhor protestante, apesar disso, lealmente reconhece o valor de nossa luta em defesa da Fe Católica. Possa a Mãe de Deus lhe obter de seu divino Filho o que ela pediu um dia para os noivos de Caná da Galiléia: a transformação da água em vinho. Que a pedido dela Jesus o transforme não só em admirador de quem defende a Fé católica, mas fazendo-o também um defensor dela. Enquanto aguardo que Deus lhe conceda essa graça, seria um prazer tê-lo como amigo pessoal meu. Sua lealdade e sinceridade me levam a estimá-lo sobremaneira.
     
A Igreja católica não proibe casamentos entre pessoas de raças diferentes. O que ela vê como imprudência é o casamento de pessoas de religiões diferentes, pois isso redundará em problemas na educação dos filhos.
     
Caso você se interesse sobre isso, talvez encontre ajuda no Catecismo Romano ou Catecismo de Trento. Talvez o ajude também ler a encíclica de Pio XI sobre o Matrimônio ou a Divini illius Magistri de Pio XI.
     
O evolucionismo leva ao racismo. É o que se vê claramente nas teorias criminosas do nazismo. Na Sagrada Escritura, Deus jamais probiu o casamento inter racial a não ser por motivo religioso. Nunca por diferença de raça.
     
Um abraço bem amigo

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Carta aberta da Associação Cultural Montfort aos digníssimos senadores da República Federativa do Brasil - Orlando Fedeli

Cartas: Direito de propriedade - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: “Desculpe-nos o engano”

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais