Montfort Associação Cultural

21 de outubro de 2004

Download PDF

Simpatia + Doçura

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: João Inácio Wetternick
  • Localizaçao: Porto Alegre – RS – Brasil

Impressionante a falta de caridade nas respostas à seção de cartas. Acabo de ler “A Fé vem pelo ouvido” enviada por Bianca, em 02.06.2002.

Este sr., Orlando Fedeli, por favor, não vê que hoje há um esforço em se aproximar dos irmãos dispersos? Isto é estar em comunhão com o Papa? O Papa jamais fala neste tom.

A palavra é uma espada, machuca. Queira por favor responder as cartas com um tom mais ameno, sem ferir a pessoa. Ora, se Jesus usasse essa didática iria mais afastar do que atrair.

Não estou apregoando que nos tornemos vendilhões de nossa fé, o que nós temos é que atrair as pessoas à Verdade, sem ficarmos apontando mutuamente os erros uns dos outros.

Realmente, as palavras de Bianca não foram entendidas. Ela deu uma aula de elegância, mas parece que não foi suficiente. Seguem as respostas de sempre obstinadamente no mesmo tom. E, de acordo com a vossa resposta, a conclusão que se tira é que o Espírito Santo não opera lá na Igreja Evangélica deles, e Jesus tão pouco passa perto. O que é um absurdo.

Atitude farisaica esta vossa. Se tivesse o email de Bianca iria me desculpar pelos srs. Espero que ela não generalize e creia que todos os católicos têm essa postura.

Não esqueçam que a divisão entre os cristãos é UM ESCÂNDALO. Ficar batendo nesta tecla é contra-producente.

João Inácio Wetternick
curso superior completo
(se é que isto quer dizer alguma coisa)

                                Simpatia + Doçura…
                                …com calda farisaica
 
    Muito prezado João Inácio,
Salve Maria!
 
    Você me escreve :
 
    ”A palavra é uma espada, machuca. Queira por favor responder as cartas com um tom mais ameno, sem ferir a pessoa. Ora, se Jesus usasse essa didática iria mais afastar do que atrair”.
 
    Que a verdade é uma espada eu o sei muito bem. Por isso ela deve ser bem manejada. 
   
    Como fez São Paulo.
 
    Você a maneja mal.    
    
    Daí se machucar e machucar. 
 
    João, “meta a espada na bainha, porque quem com a palavra fere, com a palavra será ferido”
   
     Você afirma que Jesus não feria com palavras, e que, se Ele usasse essa didática que uso, Ele não atrairia ninguém.
 
    Será que você não leu nunca que Ele chamou os fariseus de hipócritas, de raça de víboras, de filhos do diabo? 
 
    E você não leu que Ele usou até o chicote contra os vendilhões no templo?
   
    Que chicote, e que espada da palavra não usaria Cristo, hoje, contra os vendilhões do Templo?
 
    E contra os que deturpam a Escritura, que diria Cristo ?
   
    Claro que Ele não usou só a palavra fustigante. Usou também a palavra de misericórdia. Mas Nossa Senhora, no Magnificat , nos alertou que ““A Misericórdia de Deus se estende de geração em geração para aqueles que O temem (Luc., I, 50).
 
    Não para aqueles que O desafiam com soberba herética.
   
    Assim como se cura o doente combatendo a doença, assim se atrai para verdade, combatendo e refutando as heresias e as mentiras.  
 
   E se você tivesse razão contra mim e contra o método que uso, como explica você que o site Montfort, usando o método que você condena, tem convertido a muitos, e tem mais de 120.000 acessos por mês?
 
   Se há coisa que atrai, é a proclamação clara e firme da verdade.
   
   Nas últimas décadas, os católicos têm aplicado constantemente o seu método “Simpatia + Doçura
 
   E qual o resultado?
 
   Fracasso completo.
 
   No máximo, o método “Simpatia + Doçura“, com seu melaço e falsidade, só tem atraído moscas.
 
   As igrejas estão cada vez mais… às moscas.
   
   E como você afirma que Espírito Santo atua numa seita protestante?
 
   Isso é contra a Fé Católica.
 
   O Espírito Santo pode dar – e dá constantemente – graças atuais para que um herege se converta.
 
   Mas o Espírito Santo não pode dar a graça santificante a quem está em pecado grave contra a Fé. Isso só poderá ocorrer se a pessoa se converter e aceitar a Fé Católica inteira.
 
   Será que o Espírito Santo aceita a heresia?
 
    Meu caro, é dogma proclamado pelo IV Concílio de Latrão( 1215) de que “Fora da Igreja não há salvação”.
 
    Se há alguém, bem intencionado, numa seita, Deus é suficientemente poderoso para dar-lhe as graças atuais a fim de  que ela encontre a verdadeira Igreja de Cristo, que é uma só: a Igreja Católica Apostólica Romana.
   
    Sei muito bem que, hoje, muitos – que se dizem católicos – têm a sua postura, que é a dos hereges modernistas, que pensam que Deus atua e salva em qualquer religião.
 
    Mas essa postura é uma impostura (no sentido que é uma enganação) , pois a Igreja condenou solenemente no Syllabus aquilo  que você defende em sua carta:
 
    Confira você mesmo o que condenou Pio IX.
   
    Erro 15 condenado no Syllabus de Pio IX:
” Todo homem é livre de abraçar e de professar a religião que, guiado pela luz da razão, considerar como verdadeira”
    (Denzinger,  1715)
   
    Erro 18: ” O protestantismo não é outra coisa senão uma forma diversa da mesma verdadeira religião cristã, e nele se pode agradar a Deus da mesma forma que na Igreja Católica” (Denzinger , 1718).
   
    O que você escreveu cai exatamente sob esta condenação de Pio IX.
 
    Espero então que você volte atrás, pelo menos por aceitar o ensinamento solene de Pio IX. Porque, se você rejeitá-lo, cairá sob a sua condenação.
 
    Você me acusa de ter atitude farisaica.
 
    Nosso Senhor mostrou que o farisaísmo coava um mosquito e engolia camelos. Isto é, se fazia de escandalizado com uma ninharia e aprovava pecados enormes.
 
    Ora, você se faz de escandalizado porque eu tratei com firmeza católica uma herege, para defender a Fé, para possivelmente convertê-la ou a outros leitores, e engole a heresia do indiferentismo religioso–que é um pecado gravíssimo contra a Fé –que foi condenado solenemente no Syllabus.
   
    Então, meu caro, quem é o fariseu.
 
    Claro que a divisão dos cristãos é um escândalo.
 
    Concordo inteiramente. Mas quem fez a divisão?
 
    Foram Lutero e Calvino e os demais heresiarcas que fizeram a divisão.
 
    Quem mantém a divisão é quem se separa da única Igreja de Cristo.
 
    E você, ao defender quem vive escandalosamente na divisão, você mantém e defende a divisão.
 
    O que é um novo escândalo.
 
    Pior ainda: você acusa a Igreja de ser a culpada pela divisão. O que é uma injustiça e um escândalo ainda maior de sua parte.
 
    Quem é o fariseu então?
   
    Batendo nessa tecla tenho convertido numerosos hereges.
 
    E você? Conte nos dedos quantos você converteu com seu método Simpatia + Doçura, mergulhado em calda farisaica.
 
    Não quero encerrar sem concordar em algo com você. Afinal, alguma coisa você devia acertar. Não se pode errar em tudo.
 
    E em que concordo eu com você?
 
    Com sua frase derradeira: “curso superior completo (se é que isto quer dizer alguma coisa)”.
   
    Concordo.
 
    Não quer dizer grande coisa.
   
    Pobre país, onde há uma Faculdade em cada esquina!
 
    Aqui, como dizia o Eça, “todos são doutores”.
 
    Mas além dos Doutores da lei, há também alguns que são escribas. E há muitos outros que são fariseus. 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais