Montfort Associação Cultural

28 de janeiro de 2005

Download PDF

Serpente de bronze e outros símbolos

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Oswaldo de Paula Garcia
  • Localizaçao: Maringá – PR – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Aposentado
  • Religião: Católica

A figura da serpente sempre representou o Diabo. Não obstante, quando se trata da serpente presa a um haste, esta mesma figura representa Cristo crucificado. Por que?

Muito prezado Osvaldo,
salve Maria!
 
    Em primeiro lugar, devo dizer-lhe que um símbolo, normalmente, é ambíguo.
    O fogo pode representar o amor de Deus, como também o inferno. O leão representa Cristo, leão de Judá, e representa o demônio, pois São Pedro diz que o diabo ruge entre nós procurando a quem devorar.
    A pomba é símbolo da mansidão, pois que Jesus nos recomendou ser mansos como as pombas (Mt., X, 16), mas também a pomba pode ser símbolo de estupidez , pois que, no Antigo Testamento Deus nos diz que a pomba e insensata ( Sof. III, 1). A serpente é símbolo do diabo, mas Cristo a apresenta também como símbolo da prudência ( Mt., X,16) , pelo seu modo cauto de atacar e de se defender.
    No caso da serpente de bronze, Deus mandou Moisés fazer uma serpente de bronze e pendurá-la num madeiro. Quem fosse picado por serpentes venenosas( símbolo do demônio) e olhasse para a serpente de bronze, era curado .
    Iss era uma figura profética de Jesus Cristo, que foi dependurado na cruz,por nossos pecados. Mas quem olha para Jesus crucificado, arrependido de seus pecados, pode alcançar o perdão.
     Por isso, a serpente de bronze é símbolo de Jesus crucificado.
    E São João profetiza sobre os Judeus dizendo: “E eles levantarão os olhos para aquele que eles transfixaram (Jo., XIX, 37) prevendo a conversão futura dos judeus.
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Por uma boa Bíblia - Orlando Fedeli

Oração e Vida Espiritual: São Romualdo, dia 7 de fevereiro no calendário tradicional

Oração e Vida Espiritual: Festa da Cátedra de São Pedro e Sexta Feira das Têmporas da Quaresma – Liturgia

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais