Montfort Associação Cultural

12 de abril de 2013

Download PDF

Segundo Domingo após a Páscoa: Domingo do Bom Pastor

http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ravenna,_mausoleo_di_galla_placidia,_buon_pastore_(prima_met%C3%A0_del_V_secolo).jpg

Fonte: Missa Tridentina na Paróquia São Sebastião, Campo Grande

 

2ª Classe – Paramentos Brancos
Para ler/baixar o Próprio completo desta Missa, clique aqui.
Santo do diaSão Justino, mártir (m. 167)
Epístola 1ª de São Pedro Apóstolo 2, 21-25.
Caríssimos: Cristo sofreu por nós, deixando-vos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. Ele não cometeu pecado, nem se encontrou falsidade na sua boca; quando O amaldiçoavam, não amaldiçoava; sofrendo, não ameaçava, mas entregava-se àquele que o julgava injustamente: foi Ele mesmo que levou os nossos pecados, em seu corpo, sobre o patíbulo, a fim de que, mortos para os nossos pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados. Porque vós éreis como ovelhas desgarradas; agora, porém, já voltastes ao pastor e guardião das vossas almas.
Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 10, 11-16.
Naquele tempo: disse Jesus aos fariseus: Eu sou o bom Pastor. O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas. O mercenário, porém, que não é pastor, e a quem não pertencem as ovelhas, apenas vê aproximar-se o lobo, deixa as ovelhas e põe-se a salvo: e o lobo arrebata e dispersa as ovelhas! O mercenário foge, porque não passa de mercenário, não se preocupando com as ovelhas. Eu sou o bom Pastor: Conheço as minhas ovelhas, e as minhas ovelhas conhecem-Me,– assim como o Pai Me conhece e Eu conheço o Pai. Também dou a minha vida pelas minhas ovelhas. Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil, e importa que Eu as traga: elas ouvirão a minha voz e haverá um só rebanho e um só pastor.
Traduções das leituras extraídas do Missal Quotidiano por Pe. Gaspar Lefebvre OSB (beneditino da Abadia de Santo André) – Bruges, Bélgica: Biblica, 1963 (com adaptações).
Comentário ao Evangelho do dia feito por 
São João Damasceno (aprox. 675-749), monge, teólogo e doutor da Igreja
Exposição da fé ortodoxa, 1 (extraído do site Evangelho Quotidiano, com adaptações a/c blog; apud site Per Ipsum).
Oração de um pastor ao Bom Pastor
Ó Cristo, meu Deus, Tu abaixastes-Te para me levares aos ombros, a mim, ovelha perdida (Lc 15, 5), e colocaste-me em verdes prados (Sl 22, 2). Refrescaste-me nas fontes da verdadeira doutrina (ibid) por intermédio dos Teus pastores, de quem Tu mesmo eras pastor antes de lhes confiares o Teu rebanho. [...] E agora, Senhor, chamaste-me [...] para estar ao serviço dos Teus discípulos, não sei por que desígnio da Tua Providência, pois só Tu o sabes.
Mas, Senhor, aligeira o pesado fardo dos meus pecados que Te ofenderam gravemente; purifica o meu espírito e o meu coração. Guia-me por caminhos retos (Sl 22, 3), como uma lâmpada que me ilumina. Dá-me a coragem de propagar a Tua palavra; que a língua de fogo do Teu Espírito (At 2, 3) me dê uma língua perfeitamente livre, e me torne sempre atento à Tua presença.
Sê o meu pastor, Senhor, e sê comigo o pastor das Tuas ovelhas, de modo que o meu coração não se desvie nem para a direita nem para a esquerda. Que o Teu Espírito me dirija pelo caminho reto, de modo a que as minhas ações se realizem até ao fim segundo a Tua vontade.

Publicações relacionadas

Cartas: Santa Missa em Salvador - Alberto Zucchi

Oração e Vida Espiritual: Sábado da Semana da Paixão

Oração e Vida Espiritual: Sábado da Segunda Semana da Quaresma

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais