Montfort Associação Cultural

26 de julho de 2007

Download PDF

Santo Agostinho e Papa Leão XIII contra o Ecumenismo da CNBB

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Daniel André
  • Localizaçao: Mesquita – RJ – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Professor de História
  • Religião: Católica

Santo Agostinho e Papa Leão XIII contra o Ecumenismo da CNBB

Caríssimo professor Fedeli,

Salve Maria!

Recentemente, a CNBB publicou uma nota, tentando explicar, ou melhor confundir o ensino do magistério da Igreja sobre a önica Igreja de Cristo. Concluindo a nota, Dom José Alberto Moura reafirma a estima da CNBB aos irmãos e irmãs ortodoxos, anglicanos, reformados e evangélicos e se diz consciente de que «aquilo que nos une é muito maior do que quanto ainda nos separa».

http://www.zenit.org/rssportuguese-15665

Ora, foi repetida a mesma balela de sempre : «aquilo que nos une é muito maior do que quanto ainda nos separa».

Mas, se percorremos o ensino dos Padres, e do Magistério encontramos ensinos preciosos e radicalmente contrários ao chavão repetido pela turma do “oba-oba”.

Vejamos se as doutrinas abaixo concordam com a opinião infeliz emitido pelo documento da CNBB:

“Não pode haver nada de mais perigoso do que aqueles hereges os quais, enquanto percorrem toda a doutrina sem erros, com uma só palavra, como uma gota de veneno, infectam a pura e simples fé divina e depois a tradiçao apostólica” (Auctor Tractatus de Fide Orthodoxa contra Arianos, citado pelo papa Leão XIII, carta encíclica Satis Cognitum, 19)

“Essa foi exatamente a maneira de se comportar da Igreja, e isso, também, pelo juízo dos santos Padres, os quais sempre tiveram como excomungados todos os que se afastaram, ainda pouco, da doutrina proposta pelo magistério legítimo” (Papa Leão XIII, carta encíclica Satis Cognitum, 19)

“(…)Agostinho observa que podem pulular erros de toda espécie; e se alguém aderir ainda que a um só deles, por isso mesmo, separa-se da unidade católica. “Quem crê nestas coisas [as heresias indicadas ], por isso mesmo não se deve julgar ou dizer-se cristão católico. Pode haver e formarem-se também outras heresias que não são lembradas nesta nossa obra; se alguém aderir a alguma delas, não seria cristão católico.” (Papa Leão XIII – da Carta Satis Cognitum, 19)

“(…)Agostinho diz (Enarrationes in Psl. 54, 19): “em muitas coisas concordam comigo, e, numa poucas não; mas por causa daquelas coisas em que não estão de acordo comigo, para nada lhes aproveitam as muitas coisas nas quais concordam comigo.”E com razão; pois os que tiram da doutrina cristã o que lhes apraz, baseiam-se não na fé mas no seu próprio juízo,[...] obedecem mais a si mesmos do que a Deus. “Vós – dizia Agostinho – que nos evangelhos credes no que quereis e não credes no que não quereis, acreditais em vós mesmos antes do que no evangelho. (Liv XVII, Contra Faustum Manichaeum, 3) (Papa Leão XIII – da Carta Satis Cognitum, 21)

Ora, está bem claro, o ensino infalível e de sempre da Igreja.

Daniel.

Muito prezado Professor Daniel,
Salve Maria.

     Excelentes suas considerações e citações de Leão XIII e de Santo Agostinho desfazendo a falácia dos Bispos seguidores do Concílio Vaticano II salientando o que une e não olhando o que nos separa dos hereges. Muito lhe agradeço tão oportunas citações.
     Vou publicá-las no site Montfort imediatamente, tão oportunas elas são. 
     Caso o senhor venha um dia a São Paulo, peço-lhe que me avise, porque recebe-lo-ia com honra em minha casa ou na Montfort.      
     Os defensores da Fé devem se unir para melhor combater.
     Um abraço de um companheiro de luta em defesa da Fé.
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais