Montfort Associação Cultural

6 de fevereiro de 1999

Download PDF

Símbolos: sal sobre lesma

Por Orlando Fedeli, Montfort.org.br

A Sagrada Escritura nos recomenda examinar as coisas criadas, porque elas, simbolicamente, nos falam das virtudes e dos vícios humanos, assim como das qualidades invisíveis de Deus (Cfr. Rom I, 20). Por isso, lemos no livro da Sabedoria: “A própria vista destes animais não mostra nada de bom neles, porque foram excluídos da aprovação e da benção de Deus” (Sab. XV,19).

Assim, a lesma é, naturalmente, nojenta. Ela é um animal noturno, que detesta a luz do sol. E, quando se joga sal sobre ela, ela se desfaz como se fosse um escarro. E nesse ódio à luz, e nessa aversão ao sal, há um símbolo de maldade que causa nojo. Pois não disse Cristo dos bons, que seriam eles o sal da terra e a luz do mundo? A luz, pela difusão da verdade. O sal, porque é ele que alimenta as plantas, mantendo-lhes a vida. E a lesma detesta o sol e o sal, simbolizando, assim, os pecadores, cujo modo de viver é asqueroso, por terem detestado a luz da verdade e o sal do bem e da vida.

Oportunamente, faremos outras análises sobre os símbolos encontrados na natureza.

TAGS

Publicações relacionadas

Cadernos de Estudo: O Iluminismo – Trevas na época das luzes - Ronaldo Mota

Cadernos de Estudo: Maurice Zundel : Um herege escandaloso e descarado - Orlando Fedeli

Cadernos de Estudo: O Paraíso de Dante - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais