Montfort Associação Cultural

6 de dezembro de 2010

Download PDF

Sacerdote afirma que não há problema em se estudar em escolas protestantes

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Ricardo Machado
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Profissão: Assistente Comercial
  • Religião: Católica

Caro professor Orlando,

Assistindo recentemente a um programa católico, deparei-me com uma pergunta direcionada a um sacerdote e a uma leiga, sobre o fato do filho de um telespectador católico estudar em escola de seita protestante. Fiquei pasmo ao ouvir a resposta dos dois ao telespectador: disseram a ele que “não havia problema, mas que por outro lado é importante que o pai assuma com firmeza sua posição de pai e converse sempre com o seu filho para que não haja confusão em sua mente, afinal a família é católica“.
Ora professor, acho que esta resposta foi extremamente vaga, ao passo que imagino que o sacerdote e a leiga deveriam ter repudiado a idéia de uma criança de família católica ser educada em meio a uma seita protestante! Não há meio-termo! Ou a criança é protestante e estuda em escola protestante, ou é católica e não deve jamais estudar em uma escola dessas. Não estimo preconceito com minha colocação, mas devemos ter em mente que a escola é a segunda casa da criança, por que então como católicos não direcionar os filhso a uma escola de tradição católica? Como permitir que o seu filho estude num local em que não se crê no Santissímo Sacramente, se nega a devoção à mãe de Cristo, se omite livros bíblicos, se usa o Espiríto Santo como muleta?
Que Deus ajude cada vez mais os colaboradores deste site na propagação da única fé cristã verdadeira: a católica! Rezemos pelo Santo Padre, o papa, para que seja iluminado em meio as trevas da igreja.

Data: 22 Jul 2008

Muito prezado Ricardo,
Salve Maria.

     Seu posicionamneto diante desse problema nada tem de preconceituoso. É um posicionamento coerente. Admitidos certos princípios fica-se obrigado a agir em consequência lógica deles. Ou se é católico, ou não se é.
     A educação escolar deve ser uma complementação da educação familiar.
     Pais católicos têm a obrigação, diante de Deus, de educar os filhos na religião católica. Foi o que prometeram ao se casr diante do altar. Na cerimônia matrimonial, o sacedote pergunta aos noivos se eles se comprometem a educar os filhos de acordo com a religião católica. Mandar os filhos a uma escola protestante é trair esse dever e esse compromisso. O padre que deu mau conselho, e a leiga que o apoiou dando mau conselho traíram a fé para seguir o ecumenismo do Concílio Vaticano II, para o qual qualquer religião salva.
     Eu o parabenizo por sua coerência e lhe agradeço as boas palavras em favor do site Montfort.
     Reze por nós.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: “Leia a Bíblia?” - Orlando Fedeli

Cartas: Só há salvação dentro da Igreja Católica?Doutores da Lei?? - Orlando Fedeli

Cartas: Bíblias evangélicas - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais