Montfort Associação Cultural

13 de outubro de 2006

Download PDF

Resposta do Padre pop (Itamar Gonçalves)

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Andre Luis Sena Santos
  • Idade: 16
  • Localizaçao: Maringá – PR – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Profissão: Estudante
  • Religião: Católica

Pax Christ, caríssimo Professor Orlando Fedeli.

Sou um leitor assíduo deste site, admiro muito a sua inteligência, bem como o seu amor pela Igreja nossa Mãe.

Eu lhe escrevo esta carta para contribuir com o senhor, quanto aquele artigo que o senhor publicou sobre o “escandaloso padre pop”:

http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=padre_pop&lang=bra

Ao ler este artigo eu fiquei tão indignado, que, enviei vários e-mails para este tal padre, pedindo explicações, mesmo sabendo das evidências, mesmo tendo aos meus olhos sua heresia. Eis na íntegra a resposta do sacerdote sacrílego:



Ola. Boa tarde, senhor André Luiz.

Estou a responder ao que você leu na internet.

1. Eu não brigou com o mendigo que recebeu a Eucaristia e deu um pedaço ao cachorro. Eu não fiquei bravo com ele, chingando-o. O que fiz?
1. Fiz uma oração, uma meditação pensando, Senhor quem é o melhor amigo desse homem. Se é verdade que o que é bom para mim eu desejo a meus amigos; se a Eucaristia que o Corpo e Sangue do Senhor, é bom para ele e ele A ofereceu ao cachorro, o que nós, seres humanos somos para este homem de rua que toda semana almoça aqui na Igreja de São Domingos?
2. Pedi a uma pessoa para falar com ele orientando-o que, a Eucaristia, que é o Corpo e Sangue de Jesus, não pode ser dada a nada, senão para pessoas. O pão, a comida – arroz e feijão, que ele come isso sim ele pode partilhar com seu cão, seu amigo, como ele sempre me fala. Você acha que fiz mal?

Meus irmãos são protestantes. Nasci na Assembléia de Deus, meus pais eram da Assembléia de Deus até a morte. Você acha que, para eu ser católico teria que brigar e perder a amizade com meus irmãos? Eu disse na Revista Notícia – o que está na internet não é a minha entrevista inteira, está parte; parte que interessa a ser-me caluniado e mal entendido- eu me relaciono com meus irmãos como pessoas de uma mesma família e não com religião.
Com isso penso no que o Apóstolo Tiago fala: A verdadeira religião que agrada a Deus é socorrer o órfão e a viúva…Falei mal?

Quanto a homoxessualismo. Eu não tenho direito de condenar e nem de discriminar a ninguém. Se alguém tem uma outra conduta deve cuidar para ser íntegro, assim como o hétero deve ser íntegro quando assumi uma vida a dois, se fiel ao cônjuge. Não é porque é hétero que pode ter relação como toda e qualquer pessoa. Eu não faço discriminação a ninguém. O s que me procuram ofereço a orientação da Igreja, a orientação da Palavra de Deus. Uma conduta de pessoas chamadas a viver Deus.
Tem muita gente para condenar, ser um “doutor da Lei”.e muito mais ainda como a “mulher pecadora”.

Minhas orações a você. Itamar, pe



Esta foi a resposta dele, tão superficial, e dotada de sacrilégio contra o Sacrossanto Corpo de nosso Senhor Jesus Cristo. Este fato confirma o que o senhor de modo admirável defende: o pastoral concílio Vaticano II, influenciou para que a fé se tornasse fria e superficial, fez dos sacerdotes, que deveriam salvar almas e conduzí-las ao céu, meros funcionários das coisas sagradas, acomodados, sem amor à Sagrada Ecaristia e a Igreja.

AA nós cabe rezar, e pedir a Deus que envir santos operários a Sua messe, que envie novos “Cura d”ars”, novos “Padre pio”, novos “João de Sahágun”, que envie sacerdotes dispostos a morrer pela Igreja na salvação das almas, para a Glória de Deus.

Em Cristo e em Santo Agostinho para amar e servir;

Um fraterno abraço;

André Luís Sena Santos
Vocacionado Agostiniano Recoleto

Muito prezado André,
Salve Maria.
 
     Muito obrigado por suas palavras de apoio, de elogio de solidariedade com aquilo que a Montfort defende: a Fé Católica como sempre foi ensinada pela Igreja.
     A resposta desse padre Itamar só confirma que ele é um profanador do Santíssimo Sacramento. Seria muito bom que você mandasse cópia desta carta que me escreveu ao Bispo de Limeira, para que o Bispo conheça como esse Padre Itamar, o Profanador do Santíssimo Sacramento, não retira e nem se arrepende do que fez. Esse Padre tem que ser punido e tem que ser afastado, se não se retratar. Caso o Bispo se recuse a tomar as providências enérgicas exigidas por tão grave pecado, escreva uma queixa ao Vaticano contra o Padre Profanador e contra o Bispo que não o pune.
    Vamos à luta.
    Escreva-me sempre.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais