Montfort Associação Cultural

26 de janeiro de 2005

Download PDF

Readmissão de padres casados e suspensão temporária da lei do celibato

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Valdemir
  • Localizaçao: Belém – PA – Brasil
  • Religião: Católica

A IGREJA CATÓLICA CONTA NO BRASIL COM 15 MIL PADRES PARA EVANGELIZAR E ASSISTIR ESPIRITUALMENE CENTO E CINQUENTA MILHÕES DE BRASILEIROS, UMA MÉDIA DE UM PADRE PARA CADA DEZ MIL PESSOAS.

PRECISAMOS URGENTEMENTE DE ORDENAR 135 MIL PADRES PARA OBTERMOS A PROPORÇÃO DE UM PADRE PARA MIL PESSOAS. OS VAZIOS DA IGREJA CATÓLICA VEM SENDO PREENCHIDO PELAS RELIGIÕES EVANGELICAS. UM PASSO IMPORTANTE A IGREJA CATÓLICA DO BRASIL DARIA READMITINDO NO MINISTERIO SACERDOTAL OS QUINZE MIL PADRES CASADOS E REVOGAR A LEI DO CELIBATO PARA ORDENAÇÃO DE NOVOS PADRES .APÓS ATINGIRMOS A PROPORÇÃO DE UM PADRE PARA CADA MIL PESSOAS , PODER-SE-IA VOLTAR A EXIGIR A LEI DO CELIBATO . O QUE O SENHOR ACHA DESTA SUGESTÃO ?

Muito prezado Valdemir,
salve Maria !

Deus lhe conceda um ano cheio de graças, e, entre elas, a de fazer bons cálculos.

Você erra muito nas suas contas.

A desproporção entre sacerdotes e povo a evangelizar era muito maior quando Cristo mandou seus doze apóstolos evangelizarem o mundo.

Doze Apóstolos converteram o mundo.

Quando os jesuítas vieram a Brasil, eram seis, para alguns milhões.

São Francisco Xavier estava sozinho diante da Ásia e e converteu multidões.

Isso porque mais vale um padre santo do que milhares de padres tíbios.

O que converte o povo, meu caro Valdemir, é a graça de Deus, que só chega ao povo por meio de padres santos.

No século XIX, o Cura de Ars, São João Maria Vianey, converteu multidões, apesar de ser um padre com poucos dotes naturais, mas tão santo, que o diabo dizia, que se houvesse dois padres como ele no mundo, todo o domínio do diabo estaria perdido.

E São João Bosco conseguiu sustentar cerca de 150.000 jovens abandonados, nas cidades italianas do século XIX. Deus, meu caro, não precisa de número. Precisa de boa vontade de poucos, para que fique mais patente a ação sobrenatural.

Deste modo, é muito mais eficiente um padre respeitador da lei do celibato, do que milhões de padres que não foram fiéis a seus votos, e que, por isso não podem dar bom exemplo ao povo.

Esperando ter-lhe feito compreender que a ação de Deus é sobrenatural, e que, os cálculos humanos nada valem diante da ação da graça, me despeço atenciosamente,

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

Replica

Prezado amigo e irmão em Cristo Prof Orlando Fedeli

Recebi com alegria sua resposta a minha dúvida.Concordo com os fatos históricos da evangelização da humanidade e de nosso país, tão bem explicitado pelo senhor.

Entretanto a minha dúvida se refere ao tempo presente. Eu, assim como o senhor e todo o povo católico , nos ressentimos da falta presencial de um padre em nossas vidas. Nas capitais ha um padre para atender dez mil fieis. Este padre por razoes fisicas se limita a celebrar missas e dispensar sacramentos. Ele nao pode evangelizar , visitar as familias e nem fazer atentimento pastoral . Ha centenas de municipios no Brasil que nao contam com um unico padre para lhes assistir, ao menos sacramentalizar. Sao para estes fieis que o Instituto Santo Expedito deseja a revogaçao da lei do celibato ate que sejam ordenados padres suficientes para atender o Povo de Deus . A readmissao de padres santos para prover de imediato quinze mil comunidades sem padres seria uma boa medida, muito agradavel a Deus.

Gostaria de ouvir sua opiniao sobre minha proposta

Valdemir

Prezado Valdemir,
salve Maria.

Estranha-me muitíssimo que um membro de um Instituto religioso que se diga católico, escreva o que o senhor escreveu.

Por acaso, ignora o senhor que Cristo converteu o mundo com apenas doze Apóstolos? Por acaso ignora o senhor que a graça de Deus vale mais do que o número? Por acaso o senhor ignora que, havendo poucos padres na América, mas bem santos, como o padre Anchieta, se converteram milhões?

E como ignora o senhor que o mau exemplo de quem não cumpriu seu dever possa servir de bom instrumento para Deus?

E como o senhor passa por cima do que tem dito o Papa contra a abolição do celibato ?

O senhor mostra tanta ignorância do que é o sacerdócio, do que é a moral católica, e do que é a doutrina da Igreja, que lhe pergunto: seu Instituto Santo Expedito é católico mesmo? Ele é aprovado pela Igreja Católica ? Ou é uma simples associação de ex-padres que se casaram, abandonando o celibato que haviam prometido a Deus ?

Orlando Fedeli

Replica

Caríssimo Prof Orlando Fedel.

Sou um católico apostólico romano como o senhor. Cremos nas mesmas verdades e professamos a mesma fé. Eu apenas
estou oferecendo a minha opinião sobre o assunto. Eu vivi no Oriente Médio um pedaço de minha vida e lá tive contato com outros ritos da Igreja Católica, que admitem a ordenação de seminaristas casados. E acho em minha modesta opinião que esta disciplina poderia ser adotada no Ocidente pelo rito latino romano.

Por favor não me queira mal por pensar assim. É apenas uma opinião. Admiro seu trabalho em defesa da nossa santa Igreja Catolica. Em Cristo que ambos cremos e esperamos

Valdemir

Muito prezado Valdemir,
salve Maria!

Alegra-me que o senhor seja católico, mas lamento que tenha uma opinião tão errada sobre o celibato, e que vai contra tudo o que a Igreja sempre ensinou a esse respeito, como contraria frontalmente o que o Papa João Paulo II tem ensinado sobre esse tema.
Espero, então, que mude sua opinião, porque ela está bem errada. Não lhe quero mal, antes pelo contrário, lhe quero bem, mas esse bem inclui necessariamente a aceitação do celibato eclesiástico como sempre a Igreja o defendeu. Deus o ajude sempre.
Escreva-me quando precisar de algo.

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais