Montfort Associação Cultural

29 de novembro de 2004

Download PDF

RCC e os dons do Espírito Santo

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Edílson
  • Localizaçao: Florianópolis – SC – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Religião: Católica

Caro prof. Orlando Fedeli!

Eu venho acompanhando as mensagens sobre a rcc que os visitantes e o senhor vêm colocando na internet, realmente achei muito interessante as discussões. Eu acho muito importante o trabalho da Montfort em analizar as várias questões que envolvem a fé católica, que aliás eu considero a única que é realmente fé. Estamos passando por um momento difícil no mundo, em que pessoas como o senhor e alguns outros fazem grande diferença nessa luta, para nos ajudar no combate. Quanto a questão sobre RCC e sobre os dons do Espírito Santo, eu vi coisas boas e ruins escritas pelo senhor e pelos visitantes. Eu conheço muitos carismáticos e portanto acredito que possa dar uma opinião. Muitas vezes eu vejo o pessoal da RCC muito cego, pessoas que na sua humildade extrema não entendem muitas coisas que são importantes. Mas eu não diria que a renovação carismática seja ruim, pelo contrário, é um aspecto muito importante da Igreja Católica o dos dons espirituais e devemos ter pessoas muito entendidas no assunto, para que possamos batizar na água e no Espírito Santo todos os homens, mas o fato de a intenção da renovação ser boa não faz com que não existe alguns absurdos por parte de alguns participantes e o fato de o nosso querido Papa João Paulo II falar muito bem da RCC não significa que seus participantes sejam todos uns santos, a RENOVAÇÃO é uma idéia boa, isso não significa que muitos hábitos dos praticantes não devam ser mudados. A Renovação surgiu em um momento difícil até posso dizer recente e por isso é compreensível que ela tenha que passar por diversas transformações, mas ela é indispensável para a Santa Igreja. Peço perdão aos carismáticos e ao professor se em algum momento causei constrangimento, mas o importante é que o Reino só persiste se estiver unido, segundo as palavras do Nosso Senhor Jesus Cristo, meu objetivo não era agredir ninguém, mesmo porque o ódio é a arma do inimigo, a nossa arma é a da paz, então paz a todos, e este ano façamos o melhor Natal de todos os anos!
Edílson, de Florianópolis

Muito prezado Edilson,
Salve Maria!
 
    Meu caro, nossas posições são antagônicas.
    Você afirma que há pessoas erradas, ou até más, na RCC, mas que ela é boa.
    Eu digo o contrário: a RCC tem princípios protestantes e por isso é péssima, embora possam existir pessoas iludidas, mas boas, lá dentro.
    Você critica pessoas.
    Eu critico princípios.
    Não nos entendemos.
    Você quer a paz.
    Eu, como católico, pertenço à Igreja militante. E quem milita, luta contra alguém: os hereges hoje infiltrados na Igreja.
    Você julga que a paz é o fundamental.
    Eu sei que Nosso Senhor Jesus Cristo nos disse:
    “Não julgueis que vim trazer a paz à terra. Não vim trazer a paz, mas a espada. Porque vim separar o filho de seu pai, e a filha de sua mãe, e a nora de sua sogra (Mt. X, 34-35).
    Você quer união acima de tudo.
    Cristo veio separar os bons dos maus, os fiéis dos hereges.
    Fico com Cristo.
    Na luta.
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Nova carta, depois de uma década - Alberto Zucchi

Cartas: Revolucionários da Canção Nova - Orlando Fedeli

Cartas: Em defesa da RCC – confissões - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais