Montfort Associação Cultural

27 de agosto de 2009

Download PDF

Quem nega a presença real de Cristo na Eucaristia tenta se justificar defendendo o Concílio Vaticano II

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Arturo Fatturi
  • Localizaçao: Imbituba – SC – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Profissão: Professor Universitário
  • Religião: Católica

Caro Sr. Orlando Fedeli.

Faz tempo acompanho sua luta por uma Igreja íntegra e sem a corrupção de alma e consciência que assistimos hoje. Por último surgiu a polêmica com este Sr. Fabio de Melo e com o Sr. João (alcunhado Joãozinho). Como faço parte de outras listas “conservadoras” (?) assisti ao programa esclarecedor em que estes dois Srs. atacam vários ensinamentos da Igreja Católica Apostólica Romana, bem como da fundamentação da Fé Cristâ.

Eu já sabia que algum dia os lobos sairiam da “pele de cordeiro” e teriam de enfrentar o cuidador do rebanho. Graças a Deus eles lhe concederam este papel. O Sr. tem competência suficiente para argumentar com estes Srs. Obviamente que o Sr. nada pode fazer contra ataques que não tem base argumetnativa alguma. Este me parece ser o caso do ataque ou desafio que lhe fez o Sr. João (alcunhado joãozinho). As perguntas são todas faláciosas. Como o Sr. bem sabe, mas talvez os leitores não saibam, tais argumentos são falácias (armadilhas) lançadas por uma pessoa de má índole, mal intencionada ou que não sabe argumentar (uma hipótese pouco provável, no presente caso). Reproduzo as perguntas que lhe foram feitas e coloco ao lado as possíveis falácias em que incidem:

Sr. Orlando, responda com sinceridade:
1. O sr. aceita este documento oficial da Igreja e o subscreve? IGNORATIO ELECHII
2. O sr. aceita o Concílio Vaticano II? IGNOTATIO ELECHII
3. O sr. aceita o Magistério infalível do Santo Padre? IGNORATIO ELECHII
4. O sr. recebeu da Igreja Missio Canonica? AD HOMINEM OFENSIVO
5. Qual o seu bispo? AD BACCULUN
6. Seu site tem Nihil Obstat e Imprimatur? AD HOMINEN CIRSUNSTACIAL
In Corde Jesu
Dr. Pe. João Carlos Almeida, scj

Me parece que a única forma de responder a estas supostas pergntas é analisando o erro de onde surgem ou o objetivo que pretendem atingir. Seja como for, nelas não há argumentos. Tratasse de uma maneira polida de ofender (a linguagem nos permite tais subterfúgios). Se nos seminários se estudasse mais lógica e menos algumas bobagens modernistas, os Padres teriam melhor formação. Mesmo assim, uma formação sólida não impede que almas corrompidas contiunem convivendo no rebanho. Como sabemos estas pessoas são enviados do já conhecido “simio dei”, o inimigo de Cristo.

Mas isto em nada me surpreende pois este Sr. Jõao também “ataca” de terapeuta médico ou psicólogo. Lembro de uma edição de seu show na Tv CançãoNova em que uma Sra. telespectadora pedia ajuda para o caso de impotência sexual do marido. Esta Sra. confiou que o Sr. Jõao lhe forneceria uma reposta Cristâ. Contudo o que se assistiu foi o maior despautério: o Sr. João colocou a causa do problema na vida moral do doente levantando suspeitas sobre o hábito da “masturbação” na adolescência. Um absurdo dito por uma pessoa que ocupava o cargo de “diretor” (na época) de um seminário, alguém que estudou filosofia (ou deveria ter prestado mais atenção na Filosofia). No mínimo deveria admitir que não têm competência para “pontificar” sobre psicologia ou medicina.

Porf. Fedeli lhe desejo Paz e perseverança neste combate, pois o inimigo usa uma falsa imagem de santidade e bondade ou seja, flexibilidade diante do “diferente”. O que não significa ser Cristão, ao contrário, eles crêem em si mesmos. Uam atitude típica de carismáticos.

Que Deus ilimine sua razão elhe dê forças para o combate

Att.

Arturo Fatturi
Professor de Filosofia, UNISINOS
Mestre em Filosofia, UFRGS, UFSC
Doutorando em Filosofia, UFSCar

Muito prezado Professor Arturo, salve Maria.
 
     Muito lhe agradeço seu apoio, que, provindo de um professor de Filosofia, me honra sobremaneira. Porém, a maior honra que sua carta me dá é a de reconhecer que luto pela Santa Igreja e pela Fé católica que esses maus sacerdotes solapam sibilinamente, negando a fé na presença real de Cristo na Eucaristia, quer por suas  palavras escorregadias , quer por seus gestos e atitudes.
 
     Esse pobre sacerdote, muito ignorante de doutrina e de filosofia, desafiou-me com essas pergunas que responderei com alegria.
 
     Repare, meu caro Professor, que ele nem procurou mais se defender da heresia dele que deixei exposta ao sol da Verdade. Repare ainda que ele não procurou discutir os temas de Metafísica que levantei e que ele, mesmo sendo Doutor, desconhece.
 
     Ele vergonhosamente fugiu do debate e, em sua fuga, levantou esse escudo do Vaticano II, que ele julga um escudo “INFALÏVEL”.
 
     Pobre escudo feito de isopor fenomenológico! E mais ainda, pobre escudado!
 
     Ele não percebe que, levantando esse escudo, ele só comprovou que QUEM NEGA A PRESENÇA REAL DE CRISTO NA EUCARISTIA TENTA SE JUSTIFICAR, DEFENDENDO O CONCÍLIO VATICANO II.
 
     Ele confessa, pois, uma relação profunda entre as heresias que defende e a doutrina desse Concílio Pastoral, que seria melhor chamar de lupífero.
 
     O câncer da heresia anti eucarística defendido por ele, posto a nu, revelou a sua fonte mais profunda : a Fenomenologia do Vaticano II.
 
     Longe de me por em apuros, o desafio dele me permitirá mostrar que os hereges atuais se abeberam das fontes fenomenológicas do Vaticano II. Daí vem sua corrupção doutrinária.
 
     Agradeço-lhe, Professor, seus votos e suas orações, pois delas muito preciso, já que uma oração que sempre rezo, reconhecendo minha indignidade e meu pouco valor diz:
 
     “Dignare me pugnare pro Te, virgo sacrata.
       Et da mihi virtutem contra hostes tuos”.
 
      Em sua orações, Professor, peça pois a Nossa Senhora que me torne digno de defender a Fé e que Ela me dê forças contra seus inimigos.
 
     Um abraço amigo, Professor. E escreva-me sempre.
 
In Corde Jesu, semper,
     Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Polêmica sobre as tais ´Católicas` pelo Direito de Decidir

Cartas: Jesus quer salvar todos os homens - Alinny Amorim

Cartas: Falta de Caridade - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais