Montfort Associação Cultural

21 de dezembro de 2013

Download PDF

Quarto Domingo do Advento: Liturgia Tridentina

Fonte: Missa Tridentina na Paróquia São Sebastião, Campo Grande

 

4º DOMINGO DO ADVENTO
1ª Classe – Paramentos Roxos
Para ler/baixar o Próprio desta Missa, clique aqui.
São João Batista batizando no Rio Jordão.
1ª Epístola de São Paulo Apóstolo aos Coríntios 4, 1-5.
Irmãos: Assim, que todos nos considerem como ministros de Cristo, e dispenseiros dos mistérios de Deus. Ora, o que se requer nos dispenseiros é que sejam fiéis. Quanto a mim, pouco me importa ser julgado por vós, ou em juízo humano; pois nem sequer a mim mesmo me julgo. É fato que a minha consciência de nada me acusa; todavia, nem por isso me dou por justificado, porque o Senhor é quem me julga. Portanto, não julgueis antes do tempo, até que venha o Senhor: Ele não só porá às claras o que se acha escondido nas trevas, mas também descobrirá os desígnios dos corações: e cada um receberá, então, de Deus, o louvor que merece.
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 3, 1-6.
No ano 15º do imperador Tibério César, sendo Pôncio Pilatos governador da Judeia; Herodes, Tetrarca da Galileia; Filipe, seu irmão, Tetrarca da Itureia e da província da Traconítida; e Lisânias, Tetrarca da Abilena; sendo Pontífices Anás e Caifás: o Senhor falou a João, filho de Zacarias, no deserto. Percorreu ele toda a zona do Jordão, pregando o batismo do arrependimento para a remissão dos pecados, como está escrito no livro dos oráculos do profeta Isaías: “Uma voz clama no deserto: Preparai os caminhos do Senhor, e endireitai as suas veredas: que todos os vales subam, e que todos os montes e colinas se abaixem; que os maus caminhos se tornem direitos, e que os escarpados se aplanem: e todo o homem verá a salvação de Deus.”
Traduções das leituras extraídas do Missal Quotidiano por Pe. Gaspar Lefebvre OSB (beneditino da Abadia de Santo André) – Bruges, Bélgica: Biblica, 1963 (com adaptações).
Comentário ao Evangelho do dia:
São Gregório Magno (c. 540-604), papa, doutor da Igreja
Homilias sobre o Evangelho, nº20 (extraído do site da Diocese de Cruzeiro do Sul/AC, apud Per Ipsum)
“Preparai o caminho do Senhor, aplanai as veredas por onde Ele virá.”
È evidente para todo o leitor que João não pregou apenas, mas conferiu também um batismo de penitência. Não pôde, no entanto, dar um batismo que remisse os pecados, pois a remissão dos pecados só nos é dada no batismo em Cristo. Por isso o evangelista diz que ele “pregava um batismo de arrependimento para a remissão dos pecados” (Lc 3,3); não podendo ele próprio dar um batismo que perdoasse os pecados, anunciava esse ainda por vir. Tal como as suas palavras de pregação eram
precursoras da Palavra do Pai feita carne, assim o seu batismo [...] precedia o do Senhor, como sombra da verdade (Col 2,17).
Este mesmo João, interrogado sobre quem era, respondeu: “Eu sou a voz d’Aquele que grita no deserto” (Jo, 1, 23; Is 40, 3). O profeta Isaías chamara-lhe “voz”, pois ele precedia a Palavra. Aquilo que gritava é-nos ensina do a seguir: “Preparai os caminhos do Senhor, aplanai as veredas por onde Ele virá”. Aquele que prega a fé verdadeira e as boas obras, que faz senão preparar a estrada nos corações dos ouvintes para o Senhor que vem? Possa a graça toda-poderosa penetrar nestes corações, iluminá-los com a luz da verdade [...].
Acrescenta São Lucas: “Todos os vales sejam levantados, todas as montanhas e colinas sejam abaixadas”. Que designam aqui estes vales, senão os humildes, e os montes e as colinas, senão os orgulhosos? Com a vinda do Redentor, segundo a sua própria palavra, “quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado” (Lc 14,11). Pela fé no mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo feito homem
(1 Tm 2,5), aqueles que n’Ele crêem receberam a plenitude da graça, enquanto os que se recusam a crer foram humilhados no seu orgulho. Todos os vales serão levantados porque os corações humildes, ao acolherem a palavra da santa doutrina, serão cumulados pela graça das virtudes, segundo o que está escrito: “Das fontes fez jorrar rios, que serpenteiam nos vales” (Sl 104,10).

Publicações relacionadas

Oração e Vida Espiritual: Quarto Domingo do Advento

Notícias e Atualidades: Também em Campo Grande o Tríduo Pascal

Oração e Vida Espiritual: Terça Feira da Primeira Semana da Quaresma – Liturgia Tridentina

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais