Montfort Associação Cultural

29 de setembro de 2010

Download PDF

Purgatório

Autor: Celso Gubitoso

  • Consulente: Yves Marcel de Souza Garcia
  • Localizaçao: Manaus – AM – Brasil
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Profissão: Tec Em Telecomunicações
  • Religião: Católica

“Por isso vos digo: todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens, porém, a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada. Todo o que disser alguma palavra contra o Filho do homem, lhe será perdoado; porém o que a disser contra o Espírito Santo não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no futuro” (Mt. XII, 31-32).

Portanto, há pecados que são perdoados no mundo futuro. Com essas palavras Cristo nos ensinou que há pecados que Deus perdoa após a morte. Portanto, existe o purgatório.

Sr. Sou Católico, mais não entendi sua explicação a respeito do purgatório, o que acontece com as pessoas que blasfemaram contra o Espírito Santo? pois o teste diz:porém o que a disser contra o Espírito Santo não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no futuro” haja vista que todos os que viveram uma vida pecaminosa irão para lá se purgar, mas blasfemaram contra o Espírito Santo, não terão direito a vida eterna? agora como Cristo perdoará pecado, sendo que a pessoa está no purgatório? como é o purgatório? a bíblia de jerusalém diz que o Sangue de Cristo nos purifica de todo o pecado, agora se alguem que é pecador como eu e você morrêssemos agora iríamos para o céu com cristo ou primeiro para o purgatório? será que a purificação dos pecados no purgatório não anularia a Cruz de Cristo? Se o sangue de cristo nos purifica de todo o pecado, não seria melhor dizer, O PURGATÓRIO NOS PURIFICA DE TODO PECADO? eu estaria negando deste modo o sacrifício esclusivo de cristo?

Por Favor me esclareça estou em crise em consciência,

Yves Garcia
Manaus – AM

Prezado Yves, salve Maria.
 
     Sobre o pecado contra o Espírito Santo peço que leia a carta a seguir:
http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cartas&subsecao=doutrina&artigo=20040817200445&lang=bra

 
 

 
     É evidente a existência do purgatório pela própria passagem que você citou:
 
 

“Por isso vos digo: todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens, porém, a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada. Todo o que disser alguma palavra contra o Filho do homem, lhe será perdoado; porém o que a disser contra o Espírito Santo não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no futuro”

     Quando é citado “nem neste mundo, nem no futuro” está indicado que há punição temporária, que alcança o perdão, no outro mundo.

 
     Quanto ao purgatório:

  • Quem morre em pecado mortal vai para o inferno.
     
  • Quem morre em estado de graça pode ir para o purgatório ou para o céu. 

    O pecado acarreta duas penas:

 

          a) A pena eterna ou inferno
          b) A pena temporal, que pagamos nesta vida e no purgatório.
 
     Quando se confessa um pecado mortal alcançamos o perdão para a pena eterna (isto é possível devido ao sacrifício de Nosso Senhor), mas não para a pena temporal. Pelos pecados veniais também devemos pagar temporalmente. Estas penas temporais são pagas pelas boas obras e pelos sofrimentos desta vida e pelos sofrimentos no purgatório.
     O purgatório tem as mesmas penas do inferno, incluindo o fogo. A diferença é que a pessoa ficará apenas por um tempo neste sofrimento, não eternamente.
 
     Se não ficou claro escreva novamente.
 
Celso Gubitoso

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Padrinhos de Crisma

Cartas: Por que não o Latim se todas as falsas religiões têm suas línguas ´sagradas`? - Orlando Fedeli

Cartas: Legião de demônios e porcos - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais