Montfort Associação Cultural

12 de janeiro de 2005

Download PDF

Provas de existência de Deus

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Rabisson
  • Idade: 31
  • Localizaçao: Kinshasa – RDC
  • Escolaridade: Superior em andamento
  • Religião: Outras – escreva abaixo

Pergunta Havera ma relaçao entre as provas de existencia de Dieu de Sao Tomas de Aquino e os outros filosofos?

Lendo Jean-Luc Marion vejo que as provas de existencia de Deus nao sao muito apreciadas que a doaçao pleina de Deus.

Como podemos compreender um Deus considerado como um phenomeno que se da? Et essa doaçao nao apresantara seus limites?

Por hoje é tudo

Prezado Rabisson, salve Maria.

As provas da existência de Deus de Aristóteles e de São Tomás de Aquino são absolutamente cogentes. De tal modo elas são conclusivas e verdadeiras que a Igreja Católica, no Concílio Vaticano I, de 1870, declarou que ficam excomungados os que as negam ou as dizem insuficientes.

É claro que os “filósofos” modernos — que não aceitam a verdade objetiva, e nem que o homem possa conhecer a realidade — têm que negar essas provas da existência de um Deus criador. Os “filósofos” modernos, normalmente, são ateus, panteístas, gnósticos, e naturalistas, e, por isso mesmo, não querem que exista um Deus criador do universo, e transcendente a ele.

Dizer que “Deus é um fenômeno que se dá” é uma frase suspeita de misticismo gnóstico. Maurice Zundel diz isso, e ele afirma que o homem é Deus, que Deus é imanente ao homem e ao universo. Além de outras loucuras e heresias. Logo mais farei um trabalho (http://www.montfort.org.br/cadernos/zundel.html) estudando a obra desse gnóstico, cujo pensamento está muito difundido entre os católicos, hoje em dia, embora poucos saibam da existência de Zundel.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais