Montfort Associação Cultural

28 de janeiro de 2005

Download PDF

Protestantismo e conservadorismo

  • Consulente: Maristela
  • Localizaçao: Curitiba – PR – Brasil
  • Religião: Protestante

Prezados Senhores

Percebi como neste site existem conservadores, e isto me chamou a atenção, pois também compartilho do conservadorismo, por isto gostaria de poder contribuir com o que há de mais conservador na história que é a Palavra de Deus:

O QUE A PALAVRA NOS DIZ SOBRE O PRÓPRIO DEUS: ELA NOS APRESENTA O DEUS ÚNICO, SOBERANO, CRIADOR DE TODAS AS COISAS, ONIPRESENTE, ONISCIENTE, DEUS DE AMOR, DEUS FIEL, DEUS JUSTO, O DEUS VIVO A QUEM SEJA DADA TODA HONRA, TODA GLÓRIA, TODO PODER E TODA A MAJESTADE, O VERDADEIRO DEUS QUE SUB-EXISTE E DO QUAL DEPENDE A SALVAÇÃO, QUE MESMO ANTES DA CRIAÇÃO DO MUNDO E DO HOMEM JÁ EXISTIA; DIANTE DISTO É SÁBIO TEMER O SENHOR QUEM DIZ “SOU O QUE SOU”.

Vale ressaltar que, aquele que crê em Deus e não observa/conserva estas palavras extraídas da Bíblia, pratica e aconselha OUTRA COISA, está condenando ao inferno até Isaias, porque mesmo sendo ele profeta não tinha o conhecimento de estruturas eclesiásticas com seus dogmas, bulas, tratados etc…(documentos não inclusos na Bíblia), criados e defendidos por homens com a pretensão de completar a obra de Deus, como se não bastasse Ele dizer que JESUS CRISTO É O CAMINHO PARA A SALVAÇÃO (JOÃO 12:6) E JESUS CRISTO É O ÚNICO MEDIADOR ENTRE O HOMEM E DEUS (TIMÓTEO 3:5) (até o profeta Isaias já sabia); ainda cabe o questionamento: – O que estes mesmos homens pretensiosos estariam criando para adorar e/ou venerar no lugar de Deus Pai, Filho e Espírito Santo se estivessem naquele tempo onde não havia tais estruturas? – Será que estariam adorando algum bezerro de ouro? Daí compreende-se porque será cobrado mais, quanto ao uso do Nome de Deus, daqueles que ensinam e que são formadoras de opinião. Ah! Que alívio para os conservadores da Palavra nesta hora, porque toda a Bíblia já põe a descoberto as intenções de Deus na história, e em APOCALIPSE 22:18 temos: “EU, A TODO AQUELE QUE OUVE AS PALAVRAS DA PROFECIA DESTE LIVRO, TESTIFICO: SE ALGUÉM LHES FIZER QUALQUER ACRÉSCIMO. DEUS LHE ACRESCENTARÁ OS FLAGELOS ESCRITOS NESTE LIVRO;” não ter temor a Deus, NÃO É SÁBIO.

Diante das escrituras é fácil perceber como é simples agradar a Deus, não é necessário ser teólogo, doutor, ter título, fazer apologias, agir com hostilidade e prepotência, BASTA RETRIBUIR O SEU AMOR, COM AMOR, A MANEIRA DE DEMONSTRAR ESTE AMOR A ELE É CRENDO NAS SUA PALAVRA, FÉ NAS SUAS PROMESSAS, E CUMPRINDO SEUS MANDAMENTOS, que ao contrário do que querem que pareça, não são tarefas árduas atribuídas àqueles que querem seguir a Deus, sendo Ele Deus de amor se preocupou com a convivência em harmonia entre os homens e o seu relacionamento com Deus. Agora se o desejo e agradar pessoas, igreja ou o ego, vale tudo, a começar pela inobservância à palavra de Deus, no tocante a sabedoria principalmente onde lemos em TIAGO 3:13-18 “QUEM ENTRE VÓS E SÁBIO E INTELIGENTE? MOSTRE EM MANSIDÃO DE SABEDORIA, MEDIANTE CONDIGNO PROCEDER, AS SUAS OBRAS. SE, PELO CONTRÁRIO, TENDES EM VOSSO CORAÇÃO INVEJA, AMARGURA E SENTIMENTO FACCIOSO, NEM VOS GLORIEIS DISSO, NEM MINTAIS CONTRA A VERDADE. ESTA NÃO É A SABEDORIA QUE DESCE LÁ DO ALTO; ANTES, É TERRENA, ANIMAL E DEMONÍACA. POIS, ONDE HÁ INVEJA E SENTIMENTO FACCIOSO, AÍ HÁ CONFUSÃO E TODA ESPÉCIE DE COUSAS RUINS. A SABEDORIA, PORÉM, LÁ DO ALTO É, PRIMEIRAMENTE, PURA; DEPOIS PACÍFICA, INDULGENTE E DE BONS FRUTOS, IMPARCIAL, SEM FINGIMENTO. ORA, É EM PAZ QUE SE SEMEIA O FRUTO DA JUSTIÇA, PARA OS QUE PROMOVEM A PAZ.”

Espero ter contribuído para que os leitores possam glorificar o nome de Deus também, já que é um site tão complexo, e é muito importante lembrarmos que devemos estar sempre na presença de Deus, para não correr o risco de colocarmos tantas coisas à sua frente e não conseguimos enxergá-Lo mais, não sabermos para que lado estamos indo e principalmente não cumprirmos Seu mandamento que diz: “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM.” ÊXODO 20:3; por favor se alguém foi confrontado com algo, não me considere herege, apenas peço que corrija naquele livro conservador chamado Bíblia, que eu tornarei a lê-lo, pois esta é a única regra de fé que conheço; mas mesmo assim chamada de herege que seja quando confrontada com a doutrina de homens mas nunca com a velha, fiel e conservadora doutrina de Deus, para que eu possa chegar ao final de meus dias e poder imitar a Paulo dizendo: “COMBATI O BOM COMBATE, COMPLETEI A CARREIRA, GUARDEI A FÉ. JÁ AGORA A COROA DA JUSTIÇA ME ESTÁ GUARDADA, A QUAL O SENHOR, RETO JUIZ, ME DARÁ NAQUELE DIA; E NÃO SOMENTE A MIM, MAS TAMBÉM A TODOS QUANTOS AMAM A SUA VINDA.” II TIMÓTEO 4:7-8

Com a paz que vem de Nosso Senhor Jesus Cristo(*), dedico em especial ao Sr. Orlando e o Sr. Marcos, pela admirável veemência com que defendem sua devoção, que Deus esteja vendo isto e que possa usá-los para Sua seara, POIS JESUS DISSE: “ROGAI, POIS AO SENHOR DA SEARA QUE MANDE TRABALHADORES PARA SUA SEARA.” (MATEUS 9:38), que possam trabalhar com este mesmo vigor para pregar a fé em Jesus Cristo que é fundamento da Igreja e mandamento, conforme Marcos 16:15 “IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO(MENSAGEM DAS BOAS-NOVAS DE SALVAÇÃO POR JESUS CRISTO) A TODA A CRIATURA.”, salientando o que Paulo disse em ICoríntios 9:16 “SE ANUNCIO O EVANGELHO, NÃO TENHO DE QUE ME GLORIAR, POIS SOBRE MIM PESA ESSA OBRIGAÇÃO; PORQUE AI DE MIM SE NÃO PREGAR O EVANGELHO”. Lembrando que a salvação depende do Criador e não da criatura, deixo-lhes ainda o maravilhoso conselho dado a Timóteo, por parte de Paulo, que não seja pretensão minha apenas tudo o que vem do nome do Senhor é digno de ser aconselhado, conforme ITIMÓTEO 6:20: “E TU, Ó TIMÓTEO, GUARDA O QUE TE FOI CONFIADO (A VERDADE DO EVANGELHO E DA FÉ CRISTÃ), EVITANDO OS FALATÓRIOS INÚTEIS E PROFANOS E AS CONTRADIÇÕES DO SABER, COMO FALSAMENTE LHE CHAMAM, POIS ALGUNS, PROFESSANDO-O, SE DESVIARAM DA FÉ.”
(*) Gostaria de saudá-los com a paz em Maria, mas na única regra de fé que utilizo, acabei não encontrando para transcrever, e por outro lado posso até de mim mesma desejar, como qualquer outra criatura, mas enfim recorri ao ÚNICO QUE LHES PODE DAR A VERDADEIRA PAZ. CONFORME JOÃO 14:27.

P.S.: Espero que não estejam preocupados com minha religião, outrossim, notem que não estou lhes trazendo nada polêmico nem inovador, apenas transcrevo o que está na Bíblia, e esta é auto explicativa, pois por amor cristão foi que lhes escrevi, não por sentimento faccioso; sei também que dediquei precioso tempo com isto e que não será em vão.

“A GRAÇA SEJA CONVOSCO”. I TM 6:21.
Maristela

Cara dona Maristela,  salve Maria, “mãe de meu Senhor”!

A senhora engana-se ao nos rotular de conservadores, uma vez que por conservador se entende uma pessoa que tem um apego sentimental ao passado. Garanto-lhe que não é esse o nosso caso, posto que adotamos a doutrina católica por princípios, e não por sentimentalismo.

A senhora se diz conservadora, e, bastante adequadamente ao termo, mostra através de sua carta, que tem um apego sentimental e pouco racional à doutrina protestante. Como todo protestante, a senhora distorce e mutila a Sagrada Escritura ao sabor daquilo em que acredita.

Antes de continuar, gostaria de lembrá-la, ou informá-la, que não é de bom tom textos com todas as letras em maiúsculo nos emails, pois são tidos pela maioria das pessoas que acessam a Internet como gritos. Espero que esta não tenha sido a intenção da senhora.

A senhora afirma:

O QUE A PALAVRA NOS DIZ SOBRE O PRÓPRIO DEUS: ELA NOS APRESENTA O DEUS ÚNICO, SOBERANO, CRIADOR DE TODAS AS COISAS, ONIPRESENTE, ONISCIENTE, DEUS DE AMOR, DEUS FIEL, DEUS JUSTO, O DEUS VIVO A QUEM SEJA DADA TODA HONRA, TODA GLÓRIA, TODO PODER E TODA A MAJESTADE, O VERDADEIRO DEUS QUE SUB-EXISTE E DO QUAL DEPENDE A SALVAÇÃO, QUE MESMO ANTES DA CRIAÇÃO DO MUNDO E DO HOMEM JÁ EXISTIA; DIANTE DISTO É SÁBIO TEMER O SENHOR QUEM DIZ “SOU O QUE SOU”.

Concordo com quase tudo o que a senhora afirma. Mas estranho a senhora dizer que o verdadeiro Deus sub-existe.

Quereria dizer com isto que Deus subsiste? Se sim, o que quer dizer a senhora com expressão tão estranha, que de modo algum é atributo de Deus?

Agora, fica bastante difícil concordar com o que a senhora continua a dizer:

está condenando ao inferno até Isaias, porque mesmo sendo ele profeta não tinha o conhecimento de estruturas eclesiásticas com seus dogmas, bulas, tratados etc…(documentos não inclusos na Bíblia), criados e defendidos por homens com a pretensão de completar a obra de Deus”.

A senhora, cara dona Maristela, cometeu um erro grave de lógica.

A Senhora apresenta uma premissa verdadeira. A partir desta premissa verdadeira a senhora chega a uma conclusão falsa, ao dizer que os dogmas bulas e tratados da Igreja contradizem a premissa proposta.

Resumindo, a senhora disse: Deus não muda! A Igreja faz dogmas bulas e tratados a respeito de Deus! Logo os fiéis da Igreja Católica estão condenados ao Inferno!

Alto lá, dona Maristela! Tem erro aí, e não é só de lógica!

Para sua lógica funcionar falta uma premissa que torne a sua conclusão verdadeira. A premissa que falta é uma condenação a qualquer coisa que seja dita sobre Deus que esteja fora da Sagrada Escritura.

A propósito, onde na Bíblia está escrito que toda a verdade está somente na Bíblia?

Se isto é verdade, então é necessário que a Bíblia indique a relação dos livros que sejam válidos.

Onde está escrito, na Bíblia, quais são os livros que compõem a Bíblia?

Sua conclusão a respeito da Igreja Católica é falsa e não se sustenta porque a premissa que toda verdade está somente na Bíblia é falsa!

Jesus fez ainda muitas outras coisas. Se fossem escritas uma por uma, penso que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever (Evangelho segundo São João, 21: 25)

Portanto, nem tudo o que Jesus fez e ensinou está na Bíblia! É o que nos atesta São João Evangelista.

Guardai as tradições que aprendestes, ou por nossas palavras, ou por nossa carta (II Thess. II, 14).

Espantoso não. O próprio São Paulo nos manda guardar a tradição, seja por palavras ou carta”. Veja, minha cara dona Maristela, que São Paulo diz para guardarmos a tradição, por palavras ou por carta. Ele não fala “segui somente a Bíblia…” como os protestante cinicamente alegam.

E aqui, a evidência que falta para acabar de vez com os sofismas e restabelecer a verdade e a lógica. A Igreja é a guardiã não só da Sagrada Escritura, ou do que foi escrito, mas também da Tradição Oral, ambas formando o deposito de Fé. A tradição Oral é chamada de Tradição Apostólica, que vem sendo fielmente guardada pelo Magistério da Igreja. A Tradição Apostólica e a Sagrada Escritura não se contradizem nem podem se contradizer. Portanto, tudo o que a Igreja declara dogmaticamente, através dos papas, se baseiam firmemente na Sagrada Escritura e na Tradição Apostólica, o tesouro da Verdade que lhe foi confiado por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Ao proclamar um dogma, o papa não está completando a obra de Deus, mas colocando em evidência a Verdade já revelada.

A Obra de Deus já está completa, mas o entendimento que o homem tem da obra de Deus não é completo.

Tomemos um exemplo mundano:

Deus criou as estrelas e os corpos celestes, não é verdade?

Conhecemos completamente as estrelas e os corpos celestes? Claro que não! Na verdade conhecemos muito pouco a respeito deles. E no entanto, ninguém diz que os cientistas inventaram as estrelas ou corpos celestes quando lhes dão uma definição mais precisa.

Um exemplo mais teológico: A maioria dos protestantes são concordes a respeito do dogma da Santíssima Trindade e a respeito da dupla natureza de Nosso Senhor, a humana e a divina.

Pois bem, o dogma da Santíssima Trindade não está claramente definido na Bíblia. Ele só foi definido claramente como dogma no Primeiro Concílio de Constantinopla, em 381 D.C., que foi convocado para combater os seguidores de Macedonius, que negavam a Divindade do Espirito Santo.

O Dogma da dupla natureza de Nosso Senhor Jesus Cristo foi claramente definido no Concílio de Calcedônia em 451 D.C., em resposta à heresia do Monofisismo, que proclamava que Nosso Senhor possui apenas uma natureza.

Vê-se, a partir dos exemplos, que a Igreja sempre proclama os dogmas para combater erros e heresias. E que mesmo decorrido bastante tempo desde que Cristo nos revelou essas verdades, não se pode rejeitar a Trindade nem a dupla natureza de Cristo como dogmas “romanistas”

Nada mais lógico!

A senhora proclama que os protestantes são “conservadores da Palavra” querendo dizer que com isto eles mantiveram a palavra, que em seu pobre entender significa somente a Bíblia.

Quando os protestantes mantiveram melhor a palavra?

Quando mutilaram a Bíblia arrancando os livros deuterocanônicos porque alguns deles continham referência clara à doutrinas que os protestantes rejeitam?

Ou quando Martinho Lutero, o heresiarca deflagrador do protestantismo, chamou a Epístola de São Tiago de “carta de palha” (Erl. LXIII, 115).? Ou quando Lutero diz que o Apocalipse, do qual você cita um trecho, “não é nem apostólico nem profético.” (Erl. LXIII, 169). ?

Dona Maristela, o veneno é tanto mais perigoso quanto mais sutil, e a senhora às vezes sutilmente, às vezes não, esconde seu veneno em meio a palavras adocicadas.

Eis suas palavras venenosas, numa clara alusão ao combate apologético que o site faz:

“Diante das escrituras é fácil perceber como é simples agradar a Deus, não é necessário ser teólogo, doutor, ter título, fazer apologias, agir com hostilidade e prepotência”

É verdade que para conseguirmos a salvação não precisamos ser teólogos, doutores, ter títulos ou fazer apologias para agradar a Deus. Basta-nos cumprir fielmente as leis de Deus acreditando em todas as verdades reveladas – boas obras e fé. Contudo, se fazemos apologética, não o fazemos em interesse próprio, mas por caridade, pela salvação das almas, e em defesa da Santa Igreja Católica, a única fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo. A propósito, nenhum de nós é teólogo, ou tem títulos pomposos como “Doutor em Divindade” ou em “religião comparada”, como muitos falsos pastores protestantes gostam de exibir, somos simplesmente leigos católicos que fazem apologética por amor. Amor sim, pois o maior amor que podemos ter pelo próximo é querer que ele se salve. E às vezes o fazemos com dureza, o que você chama de hostilidade. São Paulo orientava a Tito que repreendesse duramente: repreende-os severamente“, para que se mantenham sãos na fé.”(Tito, 1:13).

Depois desta afirmação nada caridosa, a senhora adoça suas afirmações dizendo uma verdade:

BASTA RETRIBUIR O SEU AMOR, COM AMOR, A MANEIRA DE DEMONSTRAR ESTE AMOR A ELE É CRENDO NAS SUA PALAVRA, FÉ NAS SUAS PROMESSAS, E CUMPRINDO SEUS MANDAMENTOS“.

A propósito, a senhora reconhece a obrigação de cumprir os mandamentos – fazer obras – indo contra a doutrina comum dos protestantes, que dizem que as obras são desnecessárias…

Dona Maristela, a senhora continua proferindo palavras venenosas, usando de sofisma e misturando calúnias a verdades ao dizer:

Agora se o desejo e agradar pessoas, igreja ou o ego, vale tudo, a começar pela inobservância à palavra de Deus, no tocante a sabedoria principalmente onde lemos em…

E faz uma citação da carta de São Tiago, aquela mesma que Lutero chamou de carta de palha por negar a Sola Fide, ou seja que a fé sem obras é morta.

Garanto-lhe, dona Maristela, que em nosso coração não há nem inveja, nem amargura, nem mesmo sentimento faccioso, pois o que queremos é que um dia todos possamos nos encontrar no céu, junto com Deus. Também não nos gloriamos de nossas opiniões, mas regozijamos com a Verdadeira Fé, da qual a Santa Igreja Católica Apostólica Romana tem o depósito. Também, Deus nos livre, não mentimos contra a verdade, pois seguimos o que ensina a Igreja, verdadeira guardiã da Verdade, seja escrita ou oral.

Estando concordes com o que sabiamente nos recomenda São Tiago, agora propomos outros trechos da Bíblia para que a senhora fale a respeito da mansidão, e sobre combate, do Novo Testamento:

“Aquele que não tiver uma espada, venda sua capa para comprar uma.” (Evangelho segundo São Lucas, 22: 36)

“O Reino dos céus é arrebatado à força e são os violentos que o conquistam.” (Evangelho segundo são Mateus, 11: 12).

“Quem matar à espada, importa que seja morto à espada” (Apocalipse 13: 10)

Realmente Deus quer a paz e nos dá a paz, mas com relação à paz ele diz:

“Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá.” (Evangelho segundo São João, 14: 27).

Como ficamos então dona Maristela, vendemos a capa e compramos a espada, e combatemos por Cristo, ou deixemos de combater o bom combate, para que o inimigo possa roubar mais ovelhas do aprisco?

Percebe que só a Bíblia não basta para explicar estas contradições aparentes?

É e por isso que existem dezenas de milhares de denominações protestantes diferentes. A Sola Scriptura, que defende que só a Bíblia vale e todos podem interpretá-la livremente causa isto. Já causava no tempo de Lutero, que numa carta a Zwinglio disse estar disposto a: receber de novo os decretos dos concílios (católicos) a fim de conservar a unidade da fé contra as diversas interpretações da Escritura que por aí correm (Carta de Lutero a Zwinglio, Le Christianisme temps present, Tomo IV (7), p. 289).

A senhora deve estar boquiaberta agora: Lutero, o pai do protestantismo querendo lançar mão de um concílio católico para resolver o problema da infinidade de denominações protestantes…

Lutero, pai da fé protestante, se fiava em concílios católicos… E os concílios católicos não estão descritos na Bíblia, dona Maristela? Estão sim, pois o concílio de Jerusalém, o primeiro concílio ecumênico, no qual foi decidido que os gentios não precisavam suportar o rigorismo da tradição judaica, está relatado no próprio Atos dos Apóstolos!

Não é difícil ver suas intenções em sua carta, pois logo após ter esperança de “ter contribuído para que os leitores possam glorificar o nome de Deus também”. A senhora está fazendo uma apologética ilegítima, a mesma coisa que critica em nós, mas no nosso caso legítimo, por defendermos a verdadeira fé, que é a fé católica.

E de repente, totalmente fora do contexto nos acusa de idolatria ao citar Êxodo 20:3. Acusações precisam ser provadas dona Maristela. E acusação de idolatria é a acusação mais grave, pois é pecado contra o primeiro mandamento. Mais uma vez, em meio a frases açucaradas, a senhora injeta palavras venenosas.

Não se preocupe se a chamaremos de herege ou não dona Maristela. Ao se colocar contra a Igreja a senhora mesmo se inscreve no rol deles, pois nega a mesma doutrina de Deus, que proclamou: “Tu es Pedro e sobre esta pedra erguerei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”. (Mt XVI, 18)

Cristo chamou os Apóstolos e confiou a eles o depósito da fé:

“Então Jesus se aproximou, e falou: «Toda a autoridade foi dada a mim no céu e sobre a terra. Portanto, vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês. Eis que eu estarei com vocês todos os dias, até o fim do mundo.» (Mt, 28,18-20)

E São Paulo também nos diz: “Eu recebi do Senhor o que vos transmiti (…)” (I Cor. 11,23).

Para realmente combater o bom combate importa estar do lado certo, do lado de São Paulo, do lado de São Pedro e dos Apóstolos, do lado de Nosso Senhor Jesus Cristo, do lado da Igreja Católica Apostólica Romana. O outro lado é o lado do inimigo, e a recompensa é “choro e ranger de dentes”.

Também desejamos a paz para a senhora, a verdadeira paz de Nosso Senhor Jesus Cristo que só é dada aos que O seguem fielmente e seguem fielmente os ensinamentos de sua Igreja, a Católica Apostólica Romana. Este é um desejo sem duplo sentido, nem com insinuações venenosas por detrás de palavras doces e verdadeiras, mas um desejo honesto daqueles que buscam sincera e retamente seguir a Jesus Cristo, fazendo de nosso sim, sim, e de nosso não, não.

Desejamos assim que Deus lhe de a graça da verdadeira conversão para Sua verdadeira Igreja, a Igreja Católica.

Paulo Sérgio R. Pedrosa

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Bíblias Protestantes - Orlando Fedeli

Notícias e Atualidades: À espera de Jeová, família se recusa a enterrar pastor evangélico

Cartas: Ex-pentecostal se converte a verdadeira Igreja de Nosso Senhor - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais