Montfort Associação Cultural

23 de janeiro de 2011

Download PDF

Proibição de palestra em Belém – PA

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Maria Lygia Pinho Franco
  • Localizaçao: Belém – PA – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Assistente Social
  • Religião: Católica

Caro professor Orlando, Salve Maria!

É lamentável que o Excelentíssimo e Reverendíssimo Arcebispo de Belém Dom Orani João Tempesta tenha recusado sua entrada em minha cidade natal.
Como católica apostólica romana, paraense e leitora do valioso site Montfort manifesto meu pesar por tal impedimento que o impossibilitou de ajudar tantas pessoas que como eu vivia na escuridão.
Graças ao Bom Deus, a Santíssima Virgem Maria e ao meu amigo Rodrigo Salesi conheci o site Montfort em Fevereiro deste ano.
Digo que vivia nas trevas por ter aprendido mais Modernismo do que o Catolicismo mesmo estando no seio da Santa Madre Igreja.
Então, erroneamente pensava que somente poderia ser uma católica de Verdade se estivesse “engajada” em algum “movimento”. Permanecendo insatisfeita, percorria e participava de vários deles na busca de encontrar um que me agradasse de fato.
Portanto, foi na Montfort que eu encontrei a Verdade que eu tanto procurei.
É na Montfort que eu encontro a Verdade que eu tanto busco.
Será na Montfor e com a Montfort que eu quero carregar a cruz e cantar. Rezar, estudar,
combater e lutar para consolar o Coração de Jesus e o Imaculado Coração da Virgem Maria que não param de sangrar pela Verdade omitida, ignorada e rejeitada.
Sim, professor… Não posso calar o que estou a constatar…
Vocês, ilustres senhores da Montfort, realmente não lutam para que a Montfort apareça mas para que brilhe a luz de Cristo, a qual dissipa as trevas da mentira e do erro.
Que nobre causa a dos senhores: a de fazer a Verdade proclamada, conhecida e seriamente vivida, sem relativismos, que ao abarcar a “tudo” e a “todos” torna o conhecimento da Verdade Católica inatingivel, pois “Deus quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da Verdade“.( 1Tm 2,4)
Gostaria muito de ter a honra de recebê-lo aqui em Belém e poder lhe agradecer pessoalmente por me ajudar a conhecer, amar e servir a Deus e a sua önica Igreja.
Não sendo assim possível, em breve estarei chegando em São Paulo e claro na Montfort para lhe conhecer e agradecer pessoalmente…
Saíba que o senhor e todos os membros da Montfort estão sempre em minhas orações.
Conte com meu apoio e amizade filial.
Não desita, meu estimado professor Orlando!
In Jesu et Mariae, semper.

Maria Lygia.

Data: 21 Junho 2007


 
Muito prezada  Maria Lygia,
Salve Maria.
 
     Nosso Senhor a recompense por suas palavras bem consoladoras. Não há cruz que Deus não faça acompanhar por algum Cirineu.
     Sua carta, tão caridosa, foi uma ajuda para minha alma a carregar o sofrimento trazido pela proibição absurda de Dom Orani Tempesta.
 
     Um amigo me convidara a ir a Belém e me disse que ia convidar o Arcebispo para minhas palestras. Eu o preveni de que isso poderia trazer problemas. Infelizmente, ele não compreendeu meu aviso e até pretendeu que eu desse palestra em um salão da Cúria. Resultado: lá caiu a “Tempesta”.
     O Bispo vetou minhas palestras. Claro que ele tinha direito de vetar o uso do salão da Cúria e nem eu pretendia falar lá. Sou obrigado acatar a ordem do Bispo no campo religioso.
Mas ele não pode me proibir de dar aulas de História em Belém em casas particulares e mesmo em locais públicos. Darei aulas de história, de arte, de filosofia e de história da Igreja onde eu quiser.
     Também como católico, tenho o direito e dever de ensinar o catecismo em qualquer lugar, embora, pela proibição dele, não possa ensinar o catecismo em paróquias de Belém, pois quero respeitar a autoridade religiosa do Arcebispo.
     
     Deus lhe pague suas palavras e sua bela e valente carta.
     Obrigado por suas orações.
     Estejamos unidos sempre na Fé e in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Defendendo Dom Rifan, leitor crítica "O Pastor que vai e vem" - Alberto Zucchi

Artigos Montfort: Células-tronco: Carta aberta ao Presidente da República - Orlando Fedeli

Cartas: Carta de uma alma fiel a um Sacerdote `ajeitador` - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais