Montfort Associação Cultural

24 de janeiro de 2010

Download PDF

Profanação eucarística cometida por Pe. Joãozinho

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Roberto Gomes
  • Localizaçao: São Paulo – SP – Brasil
  • Religião: Católica

Caro Professor:

Em evento carismático chamado “Alegrai-vos”, em 1996, diante de 10 mil pessoas no Ginásio do Ibirapuera, o padre Joãozinho celebrou a missa e disse, antes da comunhão. Se você está com pecado mortal, faça um ato de contrição perfeita e comungue“, passando por cima das orientações da Igreja, que determina a confissão individual para retornar ao estado de graça e, só depois, comungar.

Muito prezado Roberto,
Salve Maria.

     Que coisa horrível você me conta! Mas isso é o que se podia esperar de um padre que mostra pelas suas palavras que, de fato, não crê na presença real de Cristo na Eucaristia. 

     O incrível é que tenha sido isso diante de uma multidão e ninguém denunciou e nenhuma autoridade eclesiástica tomou providências para fazer esse sacerdote não dizer coisas tão más.

     O caso desse pade ilustra bem o desastre que foi a reforma da Missa e o mal produzido pelo Concílio Vaticano II: a deformação do clero pela má doutrina que se dá nos seminários.

     Rezemos pelo papa que tem que lidar com tais sacerdotes.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Carta ao Gabinete da Presidência sobre a aprovação da Lei de Biossegurança - Marcelo Fedeli

Artigos Montfort: Missa Nova e a hermenêutica da ruptura - Eder Silva

Cartas: “Tempo de Paz” - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais