Montfort Associação Cultural

11 de outubro de 2004

Download PDF

Presidente venezuelano apóia seitas do Brasil, diz cardeal

Publicidade
da France Presse, em Madri (Espanha)

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, apóia seitas procedentes do Brasil ao mesmo tempo em que tenta silenciar a Igreja Católica na Venezuela, disse o presidente da Conferência Episcopal venezuelana, cardeal Baltazar Porras.

Desde o início do chavismo sempre houve tentativas para silenciar a Igreja e domesticá-la“, afirmou monsenhor Porras em uma entrevista telefônica publicada hoje pelo jornal conservador espanhol “La Razón“.

Quiseram levar a cabo vários programas –um dos últimos foi a ‘Missão Cristo’– para a erradicação da pobreza e o uso de símbolos religiosos para distorcer o sentido que têm e colocá-los a serviço da revolução, ao afirmar que se Cristo viesse agora seria bolivariano“, acrescentou o presidente da Conferência Episcopal.

O Cardeal venezuelano afirmou que o regime chavistaapóia sistematicamente seitas procedentes do Brasil que têm todas as facilidades do mundo” e apontou “um ataque sistemático a todos os símbolos católicos“. O cardeal não disse quais seriam essas seitas.

O Cardeal, que é também Presidente da Conferência de Bispos venezuelanos, pediu uma mobilização através de “uma série de protestos pastorais da Igreja“, comparou o regime chavista ao nazismo, dizendo que “há muitos elementos de coincidência“.

Existe uma aparência de legalidade, mas é falsa“, disse o cardeal, para quem na sociedade venezuelana “há um processo de exclusão que trouxe um crescente empobrecimento e a deterioração dos serviços públicos, o que provocou a situação atual“.

Insistimos na convocação do plebiscito revogatório como saída pacífica“, disse o monsenhor Porras. 

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais