Montfort Associação Cultural

12 de janeiro de 2005

Download PDF

Por que vocês querem sempre impor as suas opiniões?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Greicy
  • Localizaçao: – Brasil

Por que vocês querem sempre impor as suas opiniões? Por que sempre acham que o falam são verdades incontestáveis?

É absurdo a maneira como tratam quem discorda daquilo que vocês dizem. “Ateísmo mostra seu ódio contra a Igreja”, isso é o mais completo absurdo, expor uma opinião, ainda que contrária à sua, não é uma demonstração de ódio.

Demonstração maior de ódio foi a da Igreja, ao matar milhões de pessoas, embora ainda queiram discordar. Pra mim não há maior demonstração de intolerância, de ignorância e de desrespeito.

Greicy

Irritada dona Greicy, saudações…civis.

Nós não queremos impor nossas opiniões. Em primeiro lugar, porque não temos opiniões: temos verdades católicas. A Igreja Católica é a única dona da verdade. E calculo que esta minha afirmação a deixe raivosíssima. Paciência…Mas sua raiva não mudará esta realidade: Cristo é a Verdade e Ele a deu à Igreja.

Em segundo lugar, não impomos isso nem à Sra., nem a ninguém. Fique à vontade com a sua opinião, ainda que ela seja absurda.

Se a Sra não gosta de nosso site, não o consulte. Para que ler o que escrevemos, e se irritar tanto?

Vá ler Marx, gibi, ou o que bem entender.

Mas a Sra. jamais nos esquecerá. Pode pensar que é por considerar que escrevemos absurdos. No fundo, as idéias que a Sra chama de absurdos a perturbaram sobremaneira porque a Sra. compreendeu que dissemos a verdade.

Passe bem, mas com saudades da Montfort. E que a verdade a converta. Um dia…

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Notícias e Atualidades: Dalai Lama diz admirar “energia” do Papa

Cartas: Infeliz posicionamento de Dom Morelli - Orlando Fedeli

Cartas: Bispo Dom Roque Paloschi dá a sagrada Eucaristia para um herege luterano - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais