Montfort Associação Cultural

7 de outubro de 2007

Download PDF

Para onde caminha Bento XVI ?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Rogério de Medeiros Leão Tavares
  • Localizaçao: Goiânia – GO – Brasil
  • Escolaridade: Superior concluído
  • Profissão: Administrador
  • Religião: Católica

Muito Prezado Prof. Orlado Fedeli, paz de Cristo.
O Santo Padre tem feito esforços no sentido de preservar e restaurar a ortodoxia doutrinal e liturgica da da Santa Igreja. Ocorre que em certas ocasiões, suas declarações dão guinadas modernistas. É o que parece esta acontecendo atualmentente na visita a Austria, quando declarou que a igreja se arrepende do holocausto de judeus na 2° guerra. Em outra ocasião, teria afirmado em um emcontro ecumênico, que o que nos une as protestantes é maior que o que nos separa.
Pergunto: afinal, para onde caminha Bento XVI ?

Muiti grato,

Rogério de Medeiros Leão Tavares

Muito prezado  Rogério,
Salve Maria.
 
     Você me pergunta o que todo mundo se pergunta :

 ”Para onde caminha Bento XVI?”
 
     Sua pergunta provém da oposição — para não dizer contradição — entre a condenação do relativismo e os discursos e visitas ecumênicas de Bento XVI.
     Ainda agora, o teólogo do Papa, Padre Bux, certamente com a anuência do Papa Bento XVI, condenou o diálogo inter religioso. Mas, logo depois, Bentio XVI disse algo favorecendo esse diálogo.
     Afinal para onde caminha o Papa?
     Ele caminha, evidentemente, cambaleante e vacilante… Tal qual mostrou a visão do Terceiro Segredo de Fátima que descreve o caminhar do papa que sai da cidade arruinada, vacilante, e sobe com dificuladade a montanha onde será martirizado…
     O que é certo — pois são fatos já realizados — é que Bento XVI condenou o “espírito do Vaticano II”, que ele reduziu o subsistit a é. Certo é que ele negou o título de igreja para as seitas protestantes, quando o Concílio as chamou de igrejas mesmo. Certo é que Bento XVI negou que nas religiões pagãs houvesse sementes do Verbo, coisa que o Concílio Vaticano II garantiu que havia. Certíssimo é que agora Bento XVI liberou a Missa de sempre, dizendo que ela nunca foi revogada. Com o Motu Proprio Summorum Pontificum, ele liberou a celebração da Missa por qualquer padre que queira rezá-la. Desse modo, Bento XVI amarrou a nau da Igreja na coluna da Hóstia, como se contou na profecia de Dom Bosco.
     Para onde caminha Bento XVI?
     Creio que apesar dos passos vacilantes, ele caminha para amarrar a nau da Igreja na coluna de Nossa Senhora.
     E rezemos para que Deus o conduza até o fim nessa direção. Mesmo que isso custe seu martírio.
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais