Montfort Associação Cultural

13 de dezembro de 2012

Download PDF

Padre de Comunhão e Libertação demitido do estado clerical

Atuação cirúrgica da Santa Sé sobre um tumor instalado no clero! Famoso, um dos líderes de Comunhão e Libertação na Itália, promotor do ultramidiático Banco Alimentar – coleta de alimentos que envolvia milhares de pessoas anualmente em toda a Italia – mas chamado também de “padre de Mercedes” por seu amor a carros de luxo. Monsenhor Mauro Inzoli, 62 anos,  foi demitido do estado clerical pela Congregação da Doutrina da Fé  por “motivos gravíssimos”, não declarados, após um processo que correu em absoluto segredo: os rumores falam de abusos sobre menores. A pena está suspensa por 60 dias permitir interposição de eventual recurso.

Fonte: Vatican Insider

Tradução e comentários: Lucia Zucchi

Publicações relacionadas

Notícias e Atualidades: Papa Francisco afasta da Escócia o Cardeal O’Brien

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais