Montfort Associação Cultural

5 de novembro de 2011

Download PDF

Padre Aulagnier: Quarenta anos de sacerdócio

Padre Paul Aulagnier, um marco de coragem e determinação em defesa da Missa e da doutrina de sempre, completa seus quarenta anos de sacerdócio.

Quarenta anos de fidelidade e determinação!

São quarenta anos de uma história que começara ainda antes, com a partida do seminarista Paul Aulagnier do Seminário Francês de Roma, para acompanhar Dom Lefebvre, que fundava a Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

São décadas de trabalho intenso na expansão da obra de resistência católica desse grande confessor da Fé, com a criação de três quartos das casas da FSSPX na França.

São outras tantas décadas de fidelidade, como no apoio decisivo a Dom Lefebvre na sagração dos Bispos da Fraternidade em 1988, contra o parecer dos próprios implicados.

É a determinação e sinceridade absoluta na defesa do que julgava ser o melhor diante de Deus, que culminou com a passagem dolorosa de sua injusta exclusão da Fraternidade, por sua defesa constante da reaproximação com Roma.

É a “paróquia virtual” que alimentou seu trabalho nos anos de ostracismo.

É a criação do Instituto do Bom Pastor, obra sua em grande parte, ainda em “estado embrionário”, com ele mesmo a definiu, mas que implica certamente o Brasil, pelo número de vocações que lhe tem sido enviado anualmente.

Parabéns de seus fiéis do grupo Montfort, que aguardam ansiosamente seu retorno.

Que Deus Nosso Senhor o recompense e lhe dê forças para novas proezas em defesa da Fé!

(Extratos da Missa comemorativa dos quarenta anos de sacerdócio)

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: Comentando o decreto de levantamento das excomunhões dos bispos da FSSPX - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: Bento XVI e a Esperança - Alberto Zucchi

Artigos Montfort: Mais provas de que o Vaticano II é discutível e criticável

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais