Montfort Associação Cultural

24 de janeiro de 2005

Download PDF

O significado do Sangue

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Aloísio
  • Idade: 28
  • Localizaçao: Garça – SP – Brasil
  • Escolaridade: Pós-graduação concluída
  • Religião: Católica

O sangue está em todas as épocas e religiões, como instrumento de ligação dos homens com Deus.

e assim considerado sagrado, tendo o próprio Cristo nos oferecido o seu corpo e Sangue para redenção e presença no nosso meio.

Por que ele é tão importante ? Há um significado oculto nele que escapa aos olhos mais desatentos ?

Muito prezado Aloísio, salve Maria!

Não há significado oculto nenhum no sangue.

Há, sim, um significado patente.

É óbvio que logo se notou a relação entre sangue e vida. Perder sangue por um ferimento pode ser mortal.

Daí a perda de sangue simbolizar a perda da vida.

Ora, a religião exige necessariamente o reconhecimento de Deus como senhor de tudo. Disso nasce a noção de sacrifício, que é a de dar algo a Deus, como reconhecimento de seu absoluto domínio. Ora, o que temos de maior valor, do ponto de vista natural, é a vida. Daí a oferta de sacrifícios sangrentos de animais no Antigo Testamento, e o sacrifício de Cristo no Calvário.

A Missa é a renovação do sacrifício de Cristo na cruz. Na Missa, Cristo morre de modo incruento, atualizando-se o sacrifício de sua vida, em pagamento de nossos pecados. Por essa razão é um absurdo e uma profanação, tocar músicas festivas profanas na Missa.

Esperando tê-lo atendido, subscrevo-me atenciosamente

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: Eucaristia na mão ou na boca? - Orlando Fedeli

Cartas: O que é ser Católico? - Orlando Fedeli

Artigos Montfort: A pseudo oração da paz que São Francisco nunca escreveu - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais