Montfort Associação Cultural

12 de abril de 2006

Download PDF

O que podem fazer os leigos diante dos atuais abusos litúrgicos?

Autor: Marcelo Fedeli

  • Consulente: Antonio Carlos De Sena
  • Idade: 27
  • Localizaçao: Governador Valadares – MG – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Profissão: Vendedor
  • Religião: Católica

Com esta revolução eminente que esta acontecendo em nossa igreja, onde o sacerdote faz oq quer, como quer, sem muitas vz respeitar oq é liturgico,oq é tradição, oq é ensinamento da igreja.Oq nós como leigos podemos fazer?

Prezado Antonio Carlos, salve Maria!
 
Agradeço a confiança de nos enviar a sua delicada questão que muitos nos apresentam: o que podem fazer os leigos diante de abusos litúrgicos?”
 
O capítulo 6 – “Queixas por abusos em matéria litúrgica” –  itens 183 e 184 da Instrução Redemptionem Sacramentum, promulgado pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos,  25 de março de 2004,nos dá a devida orientação, conforme segue: 


http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccdds/documents/rc_con_ccdds_doc_20040423_redemptionis-sacramentum_po.html
 
6. QUEIXAS POR ABUSOS EM MATÉRIA LITöRGICA

[183.] De forma muito especial, todos procurem, de acordo com seus meios, que o santíssimo sacramento da Eucaristia seja defendido de toda irreverência e deformação, e todos os abusos sejam completamente corrigidos. Isto, portanto, é uma tarefa gravíssima para todos e cada um, excluída toda acepção de pessoas, todos estão obrigados a cumprir esta trabalho.

[184.] Qualquer católico, seja sacerdote, seja diácono, seja fiel leigo, tem direito a expor uma queixa por um abuso litúrgico, ante ao Bispo diocesano e ao Ordinário competente que se lhe equipara em direito, ante à Sé apostólica, em virtude do primado do Romano Pontífice.[290] Convém, sem dúvida, que, na medida do possível, a reclamação ou queixa seja exposta primeiro ao Bispo diocesano. Para isso se faça sempre com veracidade e caridade”. 



Além disso, temos certeza de que, com a eventual  liberação total da celebração da Missa Tridentina (de S. Pio V), a ser determinada pelo Papa nos próximos dias, conforme noticiado recentemente pela imprensa, os tristes e até blasfemos abusos litúgicos que vimos netas últimas década, cheguem ao fim.
 
Rezemos pelo Papa para que Deus lhe dê a coragem de “enfrentar os lobos” comforme ele mesmo pediu sa todos os fiéis na sua primeira homilia pontifícia.
 
In corde Iesu semper
Marcelo Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Artigos Montfort: São Francisco de Sales e o Latim na Missa - Padre Daniel Pinheiro

Cartas: Missa, re-crucificação de Cristo??? - Orlando Fedeli

Oração e Vida Espiritual: Nono Domingo depois de Pentecostes

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais