Montfort Associação Cultural

15 de julho de 2008

Download PDF

O que fazer quando se quer mudar?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Aline Portela Santos
  • Localizaçao: Campo Grande – MS – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau incompleto
  • Profissão: Estudante
  • Religião: Católica

Salve Maria!

Boa noite, meu nome é Aline e por muito tempo fui praticante da igreja católica a qual por voces considerada a errada (Carismática). De fato, até entao não havia percebido este problema quando ainda pensava que as coisas não deveriam ser julgadas tao rispidamente. Mas enfim, escrevo na verdade, para pedir dois conselhos. Um deles é que gostaria realmente de participar da Igreja Tradicional que uma vez uma amiga me levou, mas sinto entretanto como se algo quisesse me afastar disso. Deixe-me explicar melhor. É muito dificil pensar nessa severidade toda, quando, falamos na seriedade da religiao, mas não somente gostaria de respeitar como tambem entender, confesso que sei o mínimo. O ruim é como tratar meus colegas que agora me chamam de preconceituosa por nao mais aceitar certas atitudes que somente Deus para perdoar. Quando li a carta do pofessor de história Orlando Fideli respondendo a pergunta de um garoto como é a Igreja e o sentido dela, fiquei com algumas dúvidas pendentes, por que tanta rigorosidade? E o que afinal a alegria para Deus?

Desde já muito obrigada e parabenizo o site nao somente pela competencia como pela serieda deste trabalho com Deus. Fiquem todos com Ele!

Muito prezada Aline,
Salve Maria.

      Muito obrigado por seus elogios à seriedade de nosso trabalho.Peço-lhe orações para que continuemos assim.
      Realmente, servir a Deus é algo bem sério, pois Deus é infinitamente bom e misericordioso. Por isso mesmo, Ele é também exigente, pois quer que o amemos sobre todas as coisas.
      Você faz uma distinção entre Igreja tradicional e outra que talvez você chamasse de igreja carismática.
      A Igreja Católica Apostólica Romana é uma. Não existe igreja tradicional. A palavra tradicionalista traz muita confusão. Somos Católicos Apostólicos Romanos e nada mais. Qualquer outro adjetivo acrescentado é supérfluo. A Igreja católica defende a Tradição e a Sagrada Escritura como as duas fontes da Revelação.
       O Concílio Vaticano II trouxe tanta confusão que muitos católicos começaram a se dividir pois começaram admitir costumes protestantes, como faz a RCC. E isso não é católico.
     
Depois do Vaticano II penetraram entre os católicos muitos erros. Mesmo em matéria moral, muitos começaram a aceitar o que a lei de Deus sempre proibiu. Muitos se tornaram liberais em costumes.
    
Deus é severo, sim. Ele é tão misericordioso quanto é severo.
    
Hoje, para aderir a costumes mundanos, se adotam princípios liberais que tudo permitem e nada condenam. Só condenam o ser católico seriamente. Somente se é severo contra quem quer praticar a religião seriamente.
     Há
que escolher entre deus e o mundo. Entre praticar a religião seriamente e com lógica, ou fingir que tudo é permitido. Há que enfrentar o mundo. Só com exemplo de religião lógica e seriamente praticada se conseguirá converter o mundo. Para o mundo, o cristianismo é loucura e escândalo.
     É preciso ser coerente. O que é bem, é bem. O que é mal, é mal. Ter atitudes duplas nada resolve.
    
Deus lhe dê forças para ser simplesmente Católica Apostólica Romana. Mas seriamente.
     Escreva-me quando precisar de algo.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Documentos da Igreja: Bento XVI: Mensagem para a Quaresma

Oração e Vida Espiritual: Oração da Confiança

Oração e Vida Espiritual: Oração pelo Bispo da Diocese

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais