Montfort Associação Cultural

8 de fevereiro de 2007

Download PDF

O que é o cristianismo para vocês?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Alexandre
  • Localizaçao: Vitória da Conquista – BA – Brasil
  • Religião: Católica

Conheci o site da Montfort através de uma conversa com um grupo de amigos; a principio não imaginava ser possivel aquilo que eles comentavam a cerca de determinados assuntos que continham neste site, até o dia em que visitei e tive a vontade de manifestar meu repudio a essa facção dentro da Igreja.
Queria iniciar com a pergunta: o que é ser cristão para vocês? O que é ser católico? Eu não aceito o fato de vocês propagarem essa doutrina e revelá-la em nome de Deus, ou de Cristo; gostaria de receber esta resposta de um grupo que sustenta que Jesus declarou a pena de morte, uma vez que ele mandou amar a todos e que na hora de sua morte pede perdão a Deus por aqueles que o matou; propagam o anti-semitismo, declarando estes como assassinos de Cristo, e que foi esclarecido por Joao Paulo II que culpá-los foi o maior erro da Igreja naquela época; deturpam conceitos religiosos, com argumentos tendenciosos, longe de serem evangelicos; praticam uma inquisição verbal contra outras religiões, e até mesmo dentro da propria religiao catolica, perseguindo a teologia da libetração juntamente com seus militantes, padres como Frei Betto, D. Pedro Casaldaliga, e leigos, como Leonardo Boff que, diferente de vocês, estão em busca da vivencia do evangelho, do lado dos que sofrem. Somos pessoas que acreditamos caminhar rumo a um estado de dignidade humana, esclarecendo ao povo de Deus a sua posição de cristãos dentro de uma sociedade a qual todos fazem parte… Se vocês não desejam mover uma palha para uma mudança, permita que outros possam fazer isso!
Eu só desejo que respondam a minha carta, minha indignação, e quero que saibam que estou responsavel em divulgar a minha nota de repudio contra vocês na mesma medida, pela internet (orkut, msn, e-mail, blog, etc) e quero que saiba que eu não estou sozinho, uma vez que acreditamos que estamos na era dos falsos profetas.
Atenciosamente,
Frei Alexandre, OFM cap.

Frei Alexandre, OFM, cap.
Salve Maria.

 
    Que surpresas me deu sua carta!
    O senhor não se apresentou como Frade. Só percebi que era um frade capuchinho quem me atacava, por sua assinatura, no final de sua mensagem.
    Lendo sua carta, pensei inicialmente que se tratava de um jovem qualquer — universitário, claro! —, por causa dos erros de redação e pela ilogicidade de suas frases
    Surpresa, também, me deu sua carta, porque o senhor termina sua missiva me dizendo – por má redação — um absurdo.
    Veja o que o senhor, sem querer, escreveu, e sem querer confessou:

quero que saiba que eu não estou sozinho, uma vez que acreditamos que estamos na era dos falsos profetas”.

    Claro que sei que estamos numa era de falsos profetas. Mas não sabia que o senhor se incluía, feliz, entre eles.
Que surpresa!
    É o primeiro caso que conheço de alguém se rejubilar de não estar só e — pelo menos, por péssima redação — , confessa que se coloca entre os falsos profetas.
    Saia rápido desse grupo, Frei, porque é melhor estar sozinho do que tão mal acompanhado! 
    
    Suas perguntas: “O que é ser cristão para vocês?O que é ser católico?” , revelam sua mentalidade subjetivista.
    Frei, ser católico não depende do que a pessoa acha. Ser católico exige ser batizado, crer em tudo quanto Jesus nos revelou e que a Igreja ensina, aceitar os sacramentos que Ele instituiu, aceitar o Papa como Vigário de Cristo.
    O senhor se declara da Teologia da Libertação, portanto favorável ao chamado “espírito do Concílio Vaticano II”, e se diz anti inquisitorial. Suponho então que o senhor seja um frade ecumênico, defensor da liberdade de religião.
    Entretanto, como todo herege ecumênico e anti inquisitorial, o senhor, Frei, contraditoriamente pratica uma “inquisição verbal” contra a Montfort ao me dizer:

Eu não aceito o fato de vocês propagarem essa doutrina e revelá-la em nome de Deus, ou de Cristo”.
    
    Mas, com essa frase, o senhor assumiu o princípio fundamental da Inquisição e do anti ecumenismo!
    Parabéns, Frei!
    O senhor está começando a se converter ao catolicismo medieval e inquisitorial.
    O senhor não tolera o que o senhor julga ser heresia.
    Parabéns de novo, embora o senhor se engane sobre quem é o herege, e sobre qual é a heresia pregada, hoje.
    E o senhor nos desafia dizendo-nos, em mau português:

gostaria de receber esta resposta de um grupo que sustenta que Jesus declarou a pena de morte, uma vez que ele mandou amar a todos e que na hora de sua morte pede perdão a Deus por aqueles que o matou”.
   
    Pois com gosto lhe respondo, Frei:
    Cristo disse: 

Aquele que matar à espada, importa que seja morto à espada” (Apoc. XIII, 10).

   
    E, na hora da morte, ele aprovou o bom ladrão que havia dito:

Nós recebemos o castigo que merecem as nossas ações, — a morte — enquanto este não fez nenhum mal” (Luc. XXIII, 41).
   
    Agora, Frei, o senhor terá que se contorcer acrobaticamente para negar o que está no Evangelho e no Apocalipse.
    E gostaria de lhe perguntar se o senhor é contra os fuzilamentos no paredón, ordenados por Fidel Castro.
    Frei, o senhor condena a pena de morte em Cuba? Ou em Cuba a pena de morte é evangélica?
    E o senhor é a favor ao aborto, Frei? O senhor admite a pena de morte herodiana dos que estão para nascer?
   
    Seu verbo, Frei, não concorda nem com o Evangelho, nem com o Catecismo, nem com São Tomás, nem com o Direito natural, nem com a lógica, e nem mesmo com a gramática.  O senhor está contra o Verbo.

    Quanto a seu propósito de divulgar seu repúdio pela Internet, Orkut, etc, esteja à vontade. Sua argumentação vazia como bolsa franciscana e suas contradições só nos darão prestígio. 
    E é uma alegria — mais ainda! – é uma honra ser atacado por alguém que se declara estar acompanhado por falsos profetas.
    Que Deus lhe abra os olhos, Frei.

In Corde Jesu, semper, 
Orlando Fedeli


PS. Frei Betto não é padre, e Leonardo Boff é frade que largou a batina. O senhor nem conhece bem os falsos profetas que o acompnham na Teologia da Escravidão!…OF

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais