Montfort Associação Cultural

9 de setembro de 2013

Download PDF

Nova carta, depois de uma década

Autor: Alberto Zucchi

  • Consulente: Rodrigo Virtuoso
  • Enviada em: 08 de agosto de 2013
  • Religião: Católica

Prezados

Creio, já faz uma década desde meu primeiro e-mail enviado ao site Monfort. Na ocasião eu estava ligado ao movimento da RCC e fiquei escandalizado (bem como seduzido) pelas inúmeras cartas apologéticas do prof. Orlando. Mas lembro-me como se fosse hoje, que ao ler o primeiro texto do prof Orlando Fideli logo senti-me seduzido por ele tratava justamente da minha insatisfação diante a teologia da libertação. Quando, porém, percebi que suas investidas e análises se estendiam a RCC e ao CVII fiquei sem compreender que tão bom católico fosse hostil a tal graça para Igreja. De lá para cá foram inúmeras cartas até o prof. se recusar a me responder: e foi justamente quando comecei a criticar a várias posturas da Igreja (inclusive sua mentalidade monárquica, sua ruptura com a tradição ainda salvaguardada pelo oriente etc).

Bem, desde então – vez e outra – entro no site e dou uma olhadinha aqui e ali. E, hoje, encontrei um conteúdo que me trouxe satisfação do começo ao fim: o vídeo sobre a meditação e oração mental. Em minha modesta opinião vocês amadureceram. Acredito que ir nessa direção é um grande caminho. Se eu fosse próximo de vocês (sou do interior de MG) desejaria fazer parte dessa tão fecunda caminha (que encontrou um sentido de ser para além dos debates e discussões que por vezes são formas falaciosas e vazias de colocar a fé em questão).

Quereria muito encontrar uma paróquia ligada a “missa antiga”.

Queria, por fim, fazer uma pergunta bem prática: é lícito e santificador participar de uma missa como dos lefvrevistas aqui no Brasil? Faz uns dois anos venho acompanhando pela internet a FSSPX, mas de um tempo para cá eles tem vivido uma forte ruptura, onde se exalta a ortodoxia de uma ortodoxia. Essas dissidências, por vezes, me parecem perigosas por seu germe divisor insaciável.

Desde já agradeço a atenção.

fraternalmente

Prezado Rodrigo,
Salve Maria!

Apesar de não poder deixar de agradecer os elogios que você nos faz, tenho que reconhecer que sua carta é confusa.

Você afirma que uma década atrás estava ligado à RCC. Usou o verbo no passado. Se você deixou a RCC, foi uma excelente atitude. Mas, ao menos tempo diz que por causa das críticas à RCC você discordou de diversas posições do Professor Orlando e não concluiu se você terminou convencido ou se permaneceu em seus enganos.

Por outro lado você elogia um “amadurecimento” de nossa parte. É claro que esperamos ter progredido em uma década mas, se você supõe que fizemos qualquer concessão à RCC, está muito enganado. Apenas para citar um caso, a primeira palestra do congresso realizado neste mês tinha muitas críticas ao pensamento e doutrina românticos e sentimentais da RCC. Se Deus quiser, em breve a palestra será divulgada.

Em todo o caso, parece-me que você se afastou da RCC, pois não é possível querer ao mesmo tempo a Missa Gregoriana e as Missas como são rezadas na RCC. De fato, são dois cultos e duas teologias diferentes.

Sobre a assistência à Missa na FSSPX, todo católico têm o direito de assistir à Missa Gregoriana. O Papa Bento XVI foi muito claro ao afirmar que ela jamais foi proibida. Negar a Missa é, portanto, um ato ilegal. Desta forma, se no local onde você está só há a Missa Tradicional celebrada por um padre da FSSPX, você tem direito de assisti-la.

Sobre a divisão da FSSPX, não conheço detalhes. Mas, sem dúvida, aqueles que se separaram – ou foram expulsos – têm uma grande simpatia, pelo menos, pela tendência sedevancantista, a qual defende que não há um Papa reinante e que tanto Bento XVI como Francisco seriam papas usurpadores. É claro que de maneira nenhuma concordamos com esta corrente e você tem razão em considerá-la como um germe divisor insaciável.

Se você realmente deseja a Missa Antiga, o melhor a fazer é organizar um pequeno grupo de amigos e solicitar ao Bispo a sua celebração. Caso você se interesse posso lhe dar mais detalhes de como proceder. Pode contar com a ajuda da Montfort neste trabalho.

Esteja certo de nossas orações nesse sentido.

Alberto Zucchi

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais