Montfort Associação Cultural

14 de junho de 2006

Download PDF

Monoteístas crêem no mesmo Deus?

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: Carlos Alberto
  • Localizaçao: Niterói – RJ – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Profissão: Estudante
  • Religião: Católica

Caro Professor Orlando fedeli, admiro muito sua coragem e seu site, ele é muito esclarecedor. Tenho certeza quea fidelidade à Igreja e ao Magistério da mesma lhe conferirão umaeterna recompensa no céu. É esta recompensa que busco também. estar com Cristo para sempre. Porém, não sei até que ponto o conhecimento que tenho sobre a Religião e sobre Deus têm a ortodoxia necessária para que eu seja um bom evangelizador, visto que eu mesmo fui catequizado na mentalidade de Vaticano II. Julgo-me como alguém que tem ótimas intenções, mas que não têm o conhecimento necessário para a minha missão de “soldado de Cristo”, em defesa da fé, da Igreja, do Evangelho. 

Tenho uma dúvida que está me perturbando ultimamente. O sacerdote que assumiu minha paróquia é um santo, piedoso, fiel, um homem de oração, que busca ser fieil à Igreja. Porém , o mesmo também foi formado na mentalidade de Vaticano II. Ele afirmou no curso bíblico da paróquia, que as grandes religiões monoteístas adoram o mesmo Deus. Quando eu o questionei baseando-me nos artigos de seu site, ele argumentou que mesmo estando os judeus condenados por não terem aceito Cristo, eles louvam o mesmo Deus, pois o seu Deus é IAHWEH, o Deus que se revelou a Abraão, a Moisés, aos patriarcas e profetas. mesmo sem saberem que Deus é trino, eles inevitavelmente, adorando o Deus uno, mesmo sem querer acreditar que Deus é trino, adoram o Deus Uno e Trino . Deus é um só, disse o padre. Além disso, o mesmo afirmou que o Islamismo é uma religião que pretende ser revelada, mas que na verdade é sincrética, é a fusão de judaísmo, cristianismo ariano e loucuras deo epilético-lunático Maomé (palavras do padre). E se é assim, continua o padre, o Deus que eles adoram, é o mesmo Deus cristão, o mesmo Deus do judaísmo, embora não tenham a consciência de que Deus é Trino, por preconceito e ignorância. Até aqui o padre. O que pensar disso tudo? Esse padre , meu pároco, é herege? Há documentos da Igreja que provem que ele está errado? Ele me apresentou o “credo do povo de Deus” – Solene profissão de Fé do Papa Paulo VI(No ano da fé de 1968), como prova de que o que ele disse é certo . Que devo pensar disso? Nesta solene profissão de fé o Papa diz: “Entretanto, rendemos graças à Bondade divina pelo fato de numerosíssimos crentes poderem dar testemunho conosco, diante dos homens, da Unidade de Deus, embora não conheçam o Mistério da Santíssima Trindade.”. Estou confuso. Não sei o que pensar.

Muito prezado Carlos Alberto,
Salve Maria.
 
    Muito obrigado por suas boas palavras. Deus lhe pague. Peço-lhe que reze por mim, pois ninguém tem o céu garantido, já que ninguém está imune de problemas e de quedas, e não sou nem inerrante e nem impecável.
    Esse seu piedoso pároco, formado nas idéias pastorais do Concílio Vaticano II, só podia errar dando uma idéia falsa sobre Deus nas religiões monoteístas.
    A afirmação de que os judeus, mesmo repelindo a revelação trinitária, continuam adorando o mesmo Deus que nós católicos é um erro grosseiro. Os Judeus, ao recusarem admiitr que Jesus Cristo é o Filho de Deus, ao recusarem aceitar o que Yawé revelou ao dizer através do salmista: “Disse o Senhor ao Meu Senhor“, isto é, que há trindade de pessoas no único Deus, deixaram de crer no Deus que criou o céu e a terra.
    Quanto aos maometanos, eles negam que Jesus seja o Filho de Deus, o Verbo encarnado. Como os judeus, os maometanos consideram Jesus um mero profeta.
    Quando esse padre diz tais erros, ele adere à posição de judeus e maometanos, pois, no fundo, diz que é secundário crer na Trindade e no Verbo de Deus feito carne. Materialmente, ele defende teses com sabor de heresia. A culpa ou inocência dele é Deus quem julga.
    E que Paulo VI tenha dito o que você cita não me surpeende, pois esse Papa declarou:

Humanistas do século XX, reconhecei pelo menos isso: nós também somos cultuadores do homem“.

    Eu não sou e não quero ser nunca um cultuador do homem.
    Só ao Deus Uno e Trino é que devemos cultuar.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

TAGS

Publicações relacionadas

Cartas: RCC, TL e demais simpatizantes - Orlando Fedeli

Cartas: Matéria sobre aborto

Cartas: Leitor ´católico` é contra o trono de São Pedro - Orlando Fedeli

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais