Montfort Associação Cultural

4 de novembro de 2012

Download PDF

Missa em São Pedro, no encerramento da Peregrinação Summorum Pontificum

A procissão caminha pelas ruas de Roma

 

 

Alberto Luiz Zucchi

Encerrou-se hoje, com procissão e missa na Basílica de São Pedro, em Roma, a peregrinação comemorativa dos cinco anos do Motu Proprio Summorum Pontificum, promulgado pelo Papa Bento XVI em 7 de julho de 2007. Esse Motu Proprio reafirmou que a Missa segundo o Missal de 1962 jamais fora proibida e dá instruções para a celebração por esse rito.

A procissão, que durou aproximadamente uma hora, iniciou-se na Igreja de San Salvatore in Lauro .Cruzado o Rio Tibre, os peregrinos seguiram pela Via della Conciliazone, chegando à Praça de São Pedro e subindo até a Basílica. Para a entrada foi aberta a porta principal e a procissão caminhou pelo meio da nave até o altar da Cátedra de São Pedro, no qual foi celebrada a Missa.

Dessa forma, os fiéis da Missa tridentina foram recebidos pelo Bispo de Roma de portas e coração abertos, servindo de exemplo para os Bispos do mundo inteiro que, se desejam estar em comunhão com o Santo Padre, devem igualmente receber, de coração aberto, aqueles que solicitam a aplicação do Motu Proprio.

Na Missa, que foi celebrada pelo Cardeal Cañizares, tendo como cerimoniário o brasileiro Padre Almir de Andrade, estiveram presentes cerca de dois mil fiéis e centenas de clérigos, do mais diversos locais e institutos, muitos dos quais ligados à Comissão Ecclesia Dei.

Foi uma graça para nós, da Montfort, juntamente com alguns amigos, sermos os representantes do Brasil nessa abençoada Missa.

Agradecemos a Nossa Senhora por esse privilégio e renovamos nossa fidelidade e nosso apoio ao trabalho realizado pelo Papa Bento XVI na restauração da Missa gregoriana.

 

Atravessando a ponte sobre o Tibre

Chegando à Praça de São Pedro

Subindo à Basílica

No altar da Cátedra de São Pedro

A Santa Missa celebrada pelo Cardeal Cañizares, Prefeito da Congregação para a Liturgia

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais