Montfort Associação Cultural

13 de maio de 2007

Download PDF

Métodos naturais de contracepção

Autor: Lucia Zucchi

  • Consulente: Rafael Carrera
  • Localizaçao: Riacho Fundo I – DF – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau concluído
  • Religião: Católica

Boa noite a todos os colaboradores da Montfort.
Oi amigos, meu nome é Rafael e recorro novamente ao site Montfort para esclarecer uma dúvida que há algum tempo me intriga. Agora com a visita do Papa essa dúvida tomou conta da mídia.
A minha dúvida, caríssimos, é sobre o uso do preservativo e dos anticoncepcionais.
Não quero aqui fazer uma crítica a Igreja, mas gostaria de saber o porquê que a ela permite que os casais católicos evitem filhos por meios naturais, como por exemplo, a tabelinha, e não deixa que eles usem a camisinha.
Eu “acho” que já que a Igreja permite que os casais utilizem os meios naturais ela deveria permitir os artificiais.
Espero que não me entendam mal. Eu sou católico e amo a Santa Igreja, mas é que estou com essa dúvida.
Um forte abraço e que deus abençoe a todos.

Prezado Rafael,
Salve Maria!
 
     Quando Nosso Senhor Jesus Cristo pregou a indissolubilidade do matrimônio perante os judeus, estes Lhe perguntaram porque então Moisés tinha-lhes permitido o divórcio. A resposta de Nosso Senhor foi clara: “Por causa da dureza de vossos corações” (S.Mateus 19, 8).
 
     Pois bem, a Igreja permitiu a limitação de filhos pelos chamados métodos naturais “por causa da dureza de vossos corações“. Mas, como continuou Nosso Senhor, na lição sobre o divórcio, “no princípio não foi assim“!
 
     Deus fez o casamento para que os homens crescessem e se multiplicassem e não para que tivessem o mínimo de filhos possível!  
 
     Ele permitiu que os homens pudessem ser chamados “pai”, assim como Ele mesmo é chamado, como uma benção, a ser recebida com gratidão, e não como um castigo, a ser evitado!!! 
 
     Os tais “métodos naturais” às vezes, ou muitas vezes, falham. Pois é! Ao menos nessas ocasiões, Deus pode dar a graça de um filho para um católico que não o desejava, “por causa da dureza de seu coração”!
 
     Já que a vinda do Santo Padre ao Brasil voltou a por em evidência termos tão esquecidos como “prática dos mandamentos”, “virgindade” e “fidelidade” (veja o discurso aos jovens no dia 10.05.07 em São Paulo), que ele pregue mais vezes aos católicos o magnífico ideal da “família numerosa”, como fez no início do seu pontificado (vide notícia no site Montfort).
 
In Corde Jesu, 
Lucia Zucchi

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais