Montfort Associação Cultural

24 de outubro de 2005

Download PDF

Mascarado pretende desmascarar o Prof. Orlando Fedeli

Autor: Orlando Fedeli

  • Consulente: psul
  • Localizaçao: Brasília – DF – Brasil
  • Escolaridade: 1.o grau concluído
  • Religião: Católica

A paz !

Eu percebi que vocês do site da montfort usam a mesma estratégia dos protestantes, ou seja, pegam textos da Bíblia, dos livros da Igreja, e de cartas do papa, para provarem o ponto de vista vocês. Nesse caso ai, o Papa esta certo em tudo que ele fala, mesmo que a carta dele não seja ex-cátedra .

Ex-cátedra: É que vocês gostam de usar esse argumento pra atacar a rcc, o neocatecumenato etc.Porque o senhor fedeli não aceita esses movimentos, ai sim, as cartas e o apoio do Papa em favor da rcc para o Sr. Orlando Fedel não tem valor algum, ou seja, quem da a autenticidade à palavra do Papa e o senhor Fedeli, é ele quem decide se o Papa esta certo ou não.se o Papa for falar da rcc agora vai ter que ser sempre ex-cátedra senão o senhor Fedeli não vai aceitar e vai fazer uma enrolação e arrumar mil argumentos para atacar.

Já vi documentos do Papa JP2° a favor , e a uns 2 meses atrás do Bento XVI totalmente à favor da rcc, incentivando eles a continuarem assim nessa luta pela evangelização. A carta foi dirigida à canção nova e o Bispo Dom Alberto Taveira leu ao vivo depois da Missa pra todo mundo ver. O Papa deu total apoio a canção nova. Imagine que a rcc já passou por vários Papas, se tivesse algo errado com certeza eles ja teriam proibido. Agora é claro, o demonio não fica quieto e com certeza não vai querer deixar de semear o joio no meio do trigo, como sempre aconteceu desde os primórdios da Igreja. E vai querer lançar gente ruim no meio da rcc pra confundir as pessoas, isso é óbvio.

Agora temos um tal de Dr. Orlando Fedeli ,que se passa por humilde ,mas no final quem da a validade à palavra do Papa é ele. Se não for do jeito que o Fedeli quer ele não aceita, dai ele vai catar textos aqui e acolá do jeitinho dos protestantes, no vão intúito de querer provar a vontade dele, e não a vontade da Igreja.
Só porque ele é Doutor em história se acha o dono da verdade, finge que obedece à Igreja mas no fundo quer estar acima do Papa. Esqueceu também das palavras :
Deus esconde as coisas aos sábios e entendidos e revela aos pequeninos.

E outra também, o senhor não chega nem no dedão do pé do Papa , se for comparar em sabedoria.

Eu tenho a impressão que voçê usa das coisas de Deus para querer ganhar dinheiro, esperando que os leitores depositem uma quantia la na conta da montfort.

Desafio o senhor publicar essa carta ai no seu site, porque em poucas palavras eu tirei as suas máscaras, e muitas pessoas precisam ver isto, porque ai terão seus olhos abertos.

E outra coisa, cristão votar a favor de armas, essa foi o fim da picada. Eu li os seus argumentos em defesa do não, e confesso, tem que ser muito cego pra cair naquela embromação. Usar as palavras de Jesus venda a sua capa e compre uma espada ..ai ai ai , fala sério, todo mundo ta vendo que o sentido dessa frase não tem nada a ver com o que o senhor quis induzir as pessoas a acreditarem.

O cristão tem que ser imitador de Cristo, morrer mesmo que esteja com a razão, porque ele sabe que o prêmio dele vai ser a vida eterna. Paulo, Pedro etc… tinham poder para acabar com a vida daqueles que os mataram, mas no entanto, não levantaram um dedo contra seus assassinos, se deixaram matar para mostrar que a religião do cristão é demonstrada pelo amor.

Um conselho : ” Vai pedir perdão a Deus e começar uma nova vida a partir de agora, aproveita enquanto é tempo “.

” Meus irmãos, não haja muitos entre vós a se arvorar em mestres; sabeis que seremos julgados mais severamente,porque todos nós caímos em muitos pontos.”

Muito “valente” e bem incógnito PSUL,
salve Maria!
 
    Você pretende me desmascarar e se apresenta “mascarado” numa sigla?
    Já não bastava termos um PSOL? Agora você se me anuncia valentemente escondido num PSUL?
    Só por isso, você ganharia, sem dúvida, direito a ter sua carta publicada no Quadro de Honra da Montfort.
    Para lá vão as cartas estúpidas, as covardes e as contraditórias. Assim como as ridículas.
    A sua parece que vai para lá por vários títulos, ao mesmo tempo.
    Examinêmo-la.
    Meu caro, o critério para julgar se uma coisa é verdadeira ou não, não é o meu pobre palpite, — que sou inacertante — , mas o ensinamento de sempre da Igreja Católica. Um Papa só erra quando, no Magistério Ordinário, se afasta daquilo que a Igreja sempre ensinou, não com o que Fedeli ensina. Por isso, — repare, arguto PSUL — que  comparo sempre o que foi dito por qualquer pessoa, com o que está na Revelação, e com as citações de documentos papais anteriores. Jamais citei um evangelho segundo Fedeli, e nem uma epístola de Fedeli aos habitantes do planeta Mongo.
    Seu erro, ó valente e confuso PSUL, consiste em julgar que um elogio de um Papa à RCC a faz santa, e que todo discurso do Papa é um pronunciamento ex-cathedra, e tudo o que ele disser, um dogma.
    Meu caro, você anda bem iludido.
    E nunca me fiz passar por humilde. Não sou tão trouxa que não perceba que ninguém é mais orgulhoso do que aquele que se julga humilde. A humildade é a virtude que é desconhecida por aquele que a tem.
    Comprendeu, ó sabio PSUL?
    Você, que é bem humilde — e que não se diz orgulhoso — compreendeu que só um inepto se diz humilde?
    Prova de sua humildade esplendorosa você a dá ao me escrever humilissimamente:
 
    “Desafio o senhor publicar essa carta ai no seu site, porque em poucas palavras eu tirei as suas máscaras, e muitas pessoas precisam ver isto, porque ai terão seus olhos abertos”.
 
    Fantástico!
    Sem dúvida, devo reconhecer: sua humildade rivaliza com a sua sabedoria!
    Você bem que merece ir para o Quadro de Honra da Montfort!
    “Tu l´as bien merité…”
    Você bem o mereceu.
 
    Outro erro seu é pensar que por ter obtido um título universitário, me tenho como dono da verdade. O que me deu a posse da verdade foi a Fé Católica, não um título universitário que eu nunca antecipo a meu nome. Sua crítica me faz entender que você não se considera possuidor da verdade…
    Mas então o que você é? Seria você escravo da mentira? Ou julgar-se -ia você dono da mentira?
    Meu caro, esta seria uma nova ilusão sua.
    Quem não é possuidor da verdade, — Cristo Deus — é dominado pela mentira e pelo pai da mentira, que é o diabo. 
    Você me diz:
   
    ”Esqueceu também das palavras: Deus esconde as coisas aos sábios e entendidos e revela aos pequeninos”.
 
    Não esqueci, não. Essa é uma verdade que me faz conhecer minha ignorância e minha maldade.
    Reconheço sinceramente que você tem completa razão em dizer algo, embora o diga com uma comparação bem grosseira: que não tenho sabedoria comparável com a do Papa. Escreveu-me, aí, você uma verdade certa numa comparação nada elegante:
 
   “E outra também, o senhor não chega nem no dedão do pé do Papa , se for comparar em sabedoria”.
 
    Dedão…e Sabedoria são termos que não se harmonizam convenientemente…
    É uma pena!
    Tão grande sabedoria a sua expressar-se em termo tão grosseiro.
    Finalmente você me acusa de ser um mercenário que escrevo para ganhar dinheiro.
   
    “Eu tenho a impressão que voçê usa das coisas de Deus para querer ganhar dinheiro, esperando que os leitores depositem uma quantia la na conta da montfort”.
 
    Pois saiba que, excetuados meus livros, que deixarei para minha esposa e para a Montfort, vou lhe deixar toda a minha “herança“.
    Previno-o, porém, que sou professor secundário aposentado, e que meu salário é em “irreais”, que é a moeda com que se pagam os salários dos professores secundários, no Brasil. E a conta da Montfort é bem fraca. Dever-se-ia chamá-la “mon faible” -Minha fraqueza — e não Montfort. Ela não paga nem um ajudante, que me auxilie a responder cartas divertidas como a sua.
    Tenho que me divertir sozinho. E de graça.
    Paciência…
    Quanto ao seu SIM ao desarmamento, devo dar-lhe meus pêsames por sua derrota no referendo de ontem. Dois terços do eleitorado brasileiro ficaram cegos como eu. Só os humildes como você votaram SIM.…Com a CNBB, os sábios artistas da Globo, alguns padres “tradicionalistas” de Campos, os mensalistas do PT, os bandidos de certas favelas do Rio, e quejandos…
    Em que companhia você está!
    Agradeço-lhe muito o seu muito bom conselho final, ao dizer-me:
    
    ”Vai pedir perdão a Deus e começar uma nova vida a partir de agora, aproveita enquanto é tempo “.
   
    Por isso mesmo, tenho que me despedir de você agora mesmo, para ir rezar, fazer um bom exame de consciência e pedir a Deus perdão de meus pecados, que são muitos. Rogando-lhe as virtudes que não tenho, e que leve em conta, para perdoar meus pecados, as horas que passei lendo cartas caridosas e justas como a sua.
    Que Deus lhe pague. O que posso dar-lhe, eu lhe dou: o Quadro de Honra da Montfort.
 
In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.
 
PS. Se não lhe der trabalho, escreva-me de vez em quando, porque uma carta como a sua é um “sorriso” em meio a meu trabalho estafante. E garanto que você divertirá bastante os leitores do site Montfort.OF.

TAGS

Para comentar esta publicação

O site Montfort não permite a inclusão de comentarios diretamente em suas publicacões.

Para enviar comentários, sanar dúvidas, obter informações, ou entrar em debate conosco, envie-nos sua carta.

Saiba mais